História Anatomia Musical - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Life Is Strange
Personagens Chloe Price, Kate Marsh, Maxine Caulfield, Personagens Originais
Tags Life Is Strange
Exibições 26
Palavras 370
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Famí­lia, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hey Ghosts! Bem vindos.

Capítulo 1 - Por qual razão?


Meus dedos estavam dando o primeiro sinal de sangramento, eu deveria ir devagar como a minha professora me instruiu, mas eu sou afobada demais pra apender logo. Em menos de uma semana de aula aprendendo, na verdade... Tentando, eu já fiz a artimanha de sangrá-los. 

Estava sentada na cama em meu quarto pouco iluminado.

"Por que vocês querem aprender a tocar violão?" Ela perguntou no primeiro dia de aula. 

Muitos ali não tinham uma razão para estarem ali  foram esses os primeiros a desistirem. Eu ainda não tinha também a resposta, mas eu continuei, mas só depois de alguns dias eu comecei a perceber o quanto seria bom eu aprender, principalmente para impressionar nas paqueras.

Eu sou independente, tenho um apartamento e trabalho como farmacêutica. Tenho um hobbie aqui e outro ali, mas nada de interessante, o que me tem despertado a atenção ultimamente é tocar violão, porque... Eu sempre vejo uma garota pegando ônibus na parada, ela sempre está com uma guitarra nas costas e eu já queria chegar mostrando algo.

Ouvi dizer que rockeiros não prestam atenção nas palavras e se importam muito mais com as atitudes, e a minha atitude rock'n'roll ao chegar nela tinha que ser perfeita e convercer.

Minhas aulas são a tarde, duas horas, duas vezes por semama. De manhã eu trabalho e de noite é o tempo mais livre que eu tenho. Geralmente fico jogada pelos cantos, lendo mangá e assistindo o que mais der. 

As vezes meus amigos vem aqui, ou eu até eles. Mas geralmente todos os dias são bem normais.

Ainda vou continuar aprendendo, porque não é uma corda estúpida que vai me cortar o dedo e eu vou deixar por assim mesmo.

 

- Eu falei pra você não continuar quando for assim! - A professora me bronqueava depois de examinar meus dedos.

Todos já tinham saído da sala e só eu levava sermão por não ter tocado nada, está insuportável...

- Desculpe! - Tirei minha mão da sua vista e saí da sala.

- Maxine, você acha que consegue continuar até o final do ano? - Ela esperava que eu desistisse logo, porque sabia o quanto eu estava regredindo em vez de progredir.

- É o que vamos ver.


Notas Finais


Se tiver uma sugestão de categoria pra mim escrever eu agradeço. ^^

Siga-me no twitter: @HamilitK

Recomendações?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...