História Âncora - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens D.O, Kai
Tags Chanbaek, Exo, Hunhan, Kaisoo, Seventeen, Sulay, Taoris, Xiuchen
Exibições 30
Palavras 1.102
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Fluffy, Hentai, Lemon, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Obsessão


Acordo com o barulho do despertador, acordar 6h não é a minha praia, me julgue sou preguiçoso mesmo. Levanto e vou fazer minha higiene pessoal.


 -Bom dia corujinha. - Baekhyun entra no meu quarto sentando na beirada da cama.


 -Bacon eu ja falei para você bater na porta antes de entrar, eu poderia estar tentando me suicidar e você teria me impedido.


-Até parece que você se suicidaria no primeiro dia de aula, iria perder a chance de ver o crush depois de tanto tempo? Kai, havia me esquecido dele- na verdade não mas vamos fingir que eu não penso 24 horas nele- eu sou apaixonado por ele à 5 anos e o cara simplesmente não sabe que eu existo. Acho que ninguém sabe que eu existo.


~~~~~


 Baek e eu fomos em uma cafeteria, engraçado como todos nos olham estranho por usarmos moletons pretos e calça jeans preta rasgada. Eu rezo pelo dia que a sociedade deixe de ser hipócrita. Não sei porque sempre venho a essa cafeteria se não gosto nem do cheiro de café, fazer oque se é a cafeteria dos Kim.


-Kyung será que ele mora aqui perto?


-Os pais moram em uma casa nos fundos daqui, ele deve morar junto.


-Como você consegue gostar de alguém mais novo e que ainda mora com os pais.


-Ele é só um ano mais novo, e eu não moro com meus pais por um motivo. Se ele se sente bem com os dele que sorte.


 -Desculpa, eu esqueço de seus motivos. -Ele fala fazendo bico e olhando pra baixo.


-Se você não desfazer essa cara não vou andar com você mais.


 -Aigoo!


Chegamos na escola enquanto o sino tocava, mais um ano tendo que fazer coisas inúteis, pelo menos agora posso fazer o curso de música que eu tanto queria.


 ~~~~~~~~~


 Me sento no canto da sala e logo Baekhyun senta ao meu lado. Não que eu tenha percebido, mas onde está o Jongin? Falando no demônio- lindo, exótico e sensual- ele entra na sala correndo e põe seu cabelo rosa para trás- é hoje que eu morro, sangue de Jesus tem poder, amém. PERA ELE PINTO A PORRA DO FUCKING CABELO DELE DE ROSA ISSO É UM ATENTANDO UM ABSURDO -Kyungsoo para de babar por favor, obrigado. -Eu não vou sair vivo dessa escola.


 ~~~~~~~~


No segundo período alguém entra na sala e conversa com o professor.


-Turma, esses são seus novos colegas: Park Chanyeol e LuHan. Vocês podem se sentar onde quiserem.


Luhan se senta logo a frente de mim e Baekhyun, já o Park senta no outro canto da sala.


-Oi, meu nome é Do Kyungsoo e esse é meu amigo Byun Baekhyun, prazer.


 -Meu nome é Luhan, prazer em conhece-los.


No intervalo convidamos Luhan para almoçar conosco, ele é chinês e logo virou amigo de Baekhyun como se fossem amigos de anos. Sai para deixar eles mais a vontade. Eu tava no corredor indo ao banheiro e quem eu encontro vindo em minha direção com seu melhor amigo Oh Sehun? Isso mesmo Kim Jongin. Eu sempre bugo porque penso "Vou agir naturalmente, pera oque é agir naturalmente QUE BELO CHÃO", e dessa vez não foi diferente, a não ser pelo fato de alguém vir ao meu encontro e cair no chão.


-Desculpa quer ajuda.- Digo levantando a mão.


 -Não tudo bem, Park Chanyeol, prazer.


-Do Kyungsoo.


-Eu não vi você vindo, me desculpe.


-Tudo bem. Até mais.


-Não, espera. Você é amigo do Byun?


-Sou.


 -Você poderia dizer para ele que eu acho ele o ser mais lindo do mundo?


QUERIDO SÓ EU POSSO IDOLATRAR OS CRUSH AQUI.


-Ta...- Ele saiu do banheiro, ele poder ser estranho mas convenhamos que se Kai não existisse ele seria meu senpai. O cara é alto, se veste bem, ta em uma das melhores escolas da Coréia, alunos novo e tem um sorriso infantil lindo.


-BAEKHYUN!


-Kyungsoo oque foi? Mataram alguém na sua frente ou você viu o Kai sorrir?


-Nenhuma das opções. Sabe aquele cara alto que entrou na nossa sala junto com o Luhan? Falando nisso onde ele ta?


-Ele foi falar com o Sehun. Mas me diz logo oque o projeto de Yoda fez. PERA O LUHAN ESTA NO MESMO AMBIENTE QUE KIM CRUSH JONGIN??? -Então voltando ao Chanyeol, ele disse que você era o ser mais lindo que ele já havia visto.


-MEU DEUS DO CÉU, AFRODITE OUVIU MINHAS PRECES.


-Nem parece que estava chamando ele de "projeto de Yoda" à 1 minuto atrás.


-Ele é lindo e suas orelhas também, muita coisa muda em 1 minuto ok?


-Ok.


-Pessoal, esses são Jongin e seu amigo Sehun, convidei eles para almoçar com a gente.


VOCÊ TA DE BRINCADEIRA COMIGO ARES CARALHO, EU SÓ FALEI MAL DE VOCÊ EM FÚRIA DE TITÃS PORQUE VOCÊ FOI UM CUZAO, PRECISAVA DISSO?


 -Olá.- Disse Sehun enquanto os três se sentavam.


-Oi posso me juntar também?


-O que Chanyeol faz aqui?. -Claro.- Baekhyun sua puta.


Eu, Luhan e Baekhyun setamos de um lado. Kai, Sehun e Chanyeol do outro, seria um almoço de casais pena que só haviam dois ali. Oque importa é que eu vou poder presenciar Jongin comendo e respirando, sentir seu perfume naturalmente doce. Sou totalmente maluco mil desculpas, tento segurar meus pensamentos mas quando se trata dele, perco até a virilidade.


Quem me olha diz que sou hétero, até conhecer Baekhyun.

Ele é um ser humano adorável quando quer, trabalha em uma boate como barman a noite e estuda em período integral de dia. Ele não precisa trabalhar pois seus pais tem dinheiro mas ele não gosta de seus pais e não quer ser sustentado por eles. Eu até entendo pois fiz praticamente isso, eu disse "praticamente".


Em quanto almoçava sentia alguém olhar fixamente para mim e quando olhei para cima vi Kai, ele deu um sorriso de lado ou é impressão minha? Certeza isso não aconteceu, posso ser tudo menos trouxa de acreditar na minha mente louca. Terminamos o almoço e fomos para a aula. Assim que acabou fui direto para meu apartamento, deixei a mochila pendurada na parede e fui tomar banho. Fiquei só de cueca box e uma moletom cinza. Não estou com fome então fui direto dormir.


Eram 3h e meu primo Tao me chamou no kakao talk, avisando que se mudaria para meu prédio amanhã junto com seu namorado, para minha sorte os dois morariam ao meu lado.


Tao é meu amigo de infância que eu chamo de primo por sua mãe ter me batizado, aos nossos 7 anos ela se mudou para china.


Finalmente poderei dormir, amanhã será um dia longo.
 


Notas Finais


Obrigado por lerem <3
meu tt: @etcarat


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...