História And if it's love, LOVE? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Bickslow, Cana Alberona, Evergreen, Freed Justine, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel
Tags Fraxus, Freed Justine, Laxus Dreyar, Laxus X Freed
Exibições 114
Palavras 391
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Lemon, Magia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Ola pessoinhas é a primeira fic que posto (uau!) Nada demais garota.
Essa é uma fic dos meus fofos e eu tava normalmente sem nada pra fazer e de repente me deu uma vontade de escrever sobre os dois... Entt decidi postar tbm dessa vez. Se gostarem me avisem ok e qualquer dica ou critica que valha a pena são bem vindas. Agora podem comentar que eu sei q já leram hehe.

Capítulo 1 - Confissão


Fanfic / Fanfiction And if it's love, LOVE? - Capítulo 1 - Confissão

Era isso.

Eu estava apaixonado por ele.

Cheguei a essa conclusão suspirando, o peito apertado enquanto me virava na cama deitando de costas. Encarei o teto por um longo tempo pensando no tamanho do problema que eu me enfiei.

Eu estava ferrado. Muito mesmo.

Quem era ele? Bem, outro cara, mas isso não era o pior. Ele também era meu melhor amigo e a pessoa que eu mais admirava e amava nesse mundo. E esse amor eu sempre julguei que fosse por que eu o admirava, um apenas ligava o outro. Apenas isso, ou era para ser. O nome do meu problema?

Laxus Dreyar

Apenas esse nome automaticamente fazia meus pelos se eriçarem como se até seu nome conte-se eletricidade. Ele era assim, provocava essas reações e eu duvido que fosse somente a mim, não era possível! Ou eu era muito apaixonado ou aquele loiro mais sedutor que um pecado tinha nascido para despertar o delírio em quem estivesse por perto. Talvez eu só fosse cego. Já ouvir falar que quem está apaixonado não ver os defeitos, só podia ser isso por que para mim ele era perfeito. Tudo que eu queria... Era tudo o que eu não podia ter.

Eu não era tão cego assim.

Então está ai o meu desanimo essa manhã quando acordei pensando sem pausa nele, nele e somente nele, como se meu mundo fosse apenas aqueles cabelos loiros, como se meu corpo fosse responder somente a ele, como se, como se eu não tivesse escolha se não passar minha vida o amando sem poder parar na sua frente e dizer com todas as palavras o que eu sentia e que queria que ele me visse como um amante, que me amasse também. Mesmo eu sendo um homem, mesmo eu sendo do seu grupo de amigos, mesmo, droga, que ele nunca sequer chegou a pensar em mim assim. Eu também não pensava tá legal! Eu não sou um pervertido, não quero apenas uma transa para experimentar o seu porte de macho alfa, eu não sou apaixonado somente pelo seu corpo ou seu poder assustador!

Mas se eu brincasse mais com essa carga eu me queimaria.

Por que não importa como eu tentasse explicar esse meu sentimento, todos no final incluindo ele veriam isso de maneira errada, eu era o errado. Mesmo que estivesse apenas amando outra pessoa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...