História And I'll Be Holding On To You - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Twenty One Pilots
Personagens Josh Dun, Personagens Originais, Tyler Joseph
Tags Josh Dun, Joshler, Twenty One Pilots, Tyler Joseph
Exibições 104
Palavras 937
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Acho que esse é o capítulo mais dramático da fic :v
Mas precisava ser assim mesmo. Leiam e vocês entenderão.

Capítulo 15 - Tempo


Pela primeira vez em um longo tempo, Tyler e Josh estavam em diferentes mesas no refeitório. Como eles haviam tido uma pequena briga depois do concurso de bandas, cada um estava dando um tempo para o outro poder se acalmar antes de voltarem a conversar. Patrick estava falando, mas Josh não conseguia prestar atenção, não enquanto todos pensentos sobre Tyler estavam em sua cabeça. 

- Olá? Terra chamando Josh.

- Ah, desculpe. Eu só estou meio distraído. - ele falou. 

- Eu percebi. Você e o Tyler brigaram, não é mesmo? - Patrick foi direto. 

- Sim. Brigamos. 

- Então, peça desculpas a ele. 

- Mas ele fez algo errado também!

- Josh, por favor...

- Tudo bem, tudo bem. Eu vou fazer isso. Porque, você está certo, eu errei também.

- Eu não sei o motivo pela briga de vocês, mas eu realmente quero que fique tudo bem entre vocês. Por isso estou falando para você fazer isso. 

- Eu entendo. Olha, hoje eu vou fazer isso, ok? Não precisa se preocupar. 

- Ok. 

 

Josh chegou em sua casa e sabia que tinha se comprometido em ligar para Tyler. Para não o surpreender com uma ligação, decidiu enviar uma mensagem para ele antes de ligar. 

Josh:

Oi, Ty... 

Eu posso te ligar? Queria falar com você sobre o que aconteceu...

Tyler vizualizou a mensagem em poucos instantes depois de Josh ter enviado, mas ele não obteve resposta. Após um tempo aguardando, Josh decidiu não insistir na mensagem e tentar esquecer aquilo por um tempo e descer as escadas para almoçar. Sua família percebeu que ele estava mais quieto que o comum. O medo de que Tyler ainda estivesse bravo com ele impedia que outras coisas ocupassem sua mente. 

- Você brigou com o Tyler, não é? - sua mãe perguntou.

- Como você e todo mundo sabe?

- Joshua William Dun, eu sei perceber quando você está chateado e o motivo disso. - ela falou. 

- Tudo bem, nós brigamos. Mas eu vou tentar fazer as pazes com ele. Você não precisa se preocupar comigo. 

- É claro que eu me preocupo. Você é meu filho. E Tyler é outra pessoa que eu adoro. Eu não gosto quando vocês dois brigam porque eu percebo que isso afeta vocês. 

- Podemos mudar de assunto ou simplesmente ficarmos quietos? Eu realmente não quero mais falar sobre isso. Já disse que eu vou resolver as coisas. 

- Você quem sabe... 
Eles não conversaram mais. 

Josh subiu as escadas e deitou em sua cama. Sentiu falta da noite em que Tyler esteve lá. Da noite em que os dois puderam demonstrar fisicamente o que sentiam um do outro. Josh sentiu falta de tudo de Tyler. Notou uma notificação não vista em seu celular. Tyler havia finalmente respondido sua mensagem. 

Tyler:

Com certeza, pode...

Eu também quero falar com você sobre isso.

 

Josh imediatamente ligou para ele. 

- Desculpa por não ter respondido sua mensagem.. - Tyler atendeu e foi direto em sua frase.

Isso é o de menos agora. Tyler, me desculpe, eu não deveria ter falado com você daquela forma. 

- Não, Josh, eu preciso te con-

- Eu me descontrolei por causa de um ciúmes idiota. - Josh não permitiu que Tyler terminasse a frase. - Eu sinto muito por isso.

- Você não está entendendo, é que-

- Sinto muito mesmo. - o interrompeu pela última vez.

- Me deixe falar agora.  - Tyler finalmente pode terminar uma frase. - Eu tenho que te contar algo. Não consigo esconder isso de você. Por favor, não brigue comigo.

- O que é? - Josh perguntou, prestando atenção nas palavras de Tyler. 

- Você estava certo. Depois que eu saí do restaurante, encontrei a Jenna na rua e nós saímos juntos. Josh, eu queria ser amigo dela, ela é gentil e ótima, mas eu preciso aceitar que uma grande parte minha fez isso por impulso como uma forma de vingança a você. Ela... Ela me beijou. 
Tudo que Tyler ouviu após isso foi apenas o barulho da chamada vazia.

Você ainda está na chamada? - ele perguntou. - Josh, você está bravo comigo?

- Tyler, eu... Eu estou bravo com você. E, sinceramente, a coisa que eu mais desejo agora é te odiar. Mas eu não consigo. Eu estou puto com você, mas eu não te odeio, mesmo que eu queira. Eu continuo te amando pra caralho, Ty, e isso, de todas as coisas, é o que está mais me fazendo ter raiva de você. - ele falou, depois de um longo momento de espera. Tyler sentiu seus olhos se encherem de lágrimas. Ele era emotivo e sabia disso. - E é exatamente por isso que eu acho que devemos dar um tempo.

- O que? Mas por que?

- Acredite, dói também para eu conseguir falar isso, mas precisamos dar um tempo. No nosso relacionamento e na banda. 

- Por que?! 

- Porque eu te amo. E, pelo menos agora, eu não sei como lidar com isso. Não depois do que aconteceu.

Tyler sentiu suas lágrimas escorrendo em suas bochechas. Josh podia ouvir ele chorando. Ele fechou os olhos enquanto procurava as palavras certas. 

- Por quanto tempo?  - perguntou. 

Não sei, Ty. O que for necessário.
Os dois continuaram em silêncio. 

Eu te amo, Ty.

- Eu te amo, Josh.
Ambos pressionaram o botão para encerar a chamada ao mesmo tempo. Josh trocou de lado, olhando para seu chão enquanto estava deitado na cama, lutando contra os sentimentos que corriam em seu peito, e Tyler fazia o mesmo, sem conseguir impedir sua dor. 


Notas Finais


Pra sorte de vocês, eu amo joshler com todo meu coração, então essa fic vai ter final feliz sim :v
Mesmo assim, queria fazer alguns capítulos tristes para a história ficar melhor u.u


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...