História Anemor e os senhores do tempo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Doctor Who
Tags Thedoctor
Exibições 10
Palavras 438
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que vocês gostem!

Capítulo 1 - O encontro


A Tardis finalmente parou. Estava ansiosa por mais um dia ao lado do Doutor, Rory ficou em casa cuidando da pequena Rose, eu não aguentava mais ficar trancada em casa, até porque já se passaram dois anos desde a última vez que o Doutor veio nos visitar. Rose já está com um ano e nunca vi criança mais decidida, só podia ser escocesa como a mãe. Tenho raiva de como o Doutor não percebe o tempo passar e eu fico sempre aqui, esperando por ele, olhando pras estrelas com Rory imaginando onde ele pode estar, mas finalmente ele voltou, agora ele está aqui, já tinha até esquecido como era tê-lo do meu lado.

Anjos. Assim que abri a porta os vi, estavam por todos os lados. Gritei pelo Doutor o mais alto que pude, mas ele só apareceu depois de um bom tempo, como sempre com aquele ar de “Não precisa temer, são só anjos que se você for tocada por eles pode voltar pra um passado distante.”. Ele calmamente ajeitou a gravata borboleta enquanto eu olhava para as estátuas, por mais que eu viajasse com o Doutor nunca ia me acostumar com o jeito dele de lidar com essas ocasiões.Ele sacou a chave de fenda do bolso e apontou para os anjos “Estão mortos, não são reais, são apenas estátuas normais, mas porque estariam exatamente aqui? Quem colocaria elas ao redor da Tardis e por quê? A não ser que alguém quisesse nos atrasar...”disse e olhei finalmente para ele, desviando-se das estátuas, ele olhava para uma placa acima de nós “ Reino de Anemor ” por trás dos anjos falsos havia um reino em ruínas e o que quer que tivesse destruído aquele planeta também tinha matado os anjos quando nós chegamos e como o Doutor disse queriam nos atrasar.

Começamos a adentrar as ruínas em busca de alguém que tivesse sobrevivido, até que ouvimos um choro, um choro de uma criança, e lá estava um pobre garotinho entre os entulhos. Ele estava assustado e começou a gritar quando chegamos perto, ele não parou de gritar até que ouvimos passos, pareciam cyborgues e se aproximavam rápido, tentei puxar o garoto mas ele não veio então corri atrás do Doutor, nós nos escondemos atrás de um monte de escombros não muito longe do garoto e para a nossa surpresa quando os cyborgues chegaram o menino se levantou naturalmente e pareceu comandar os cyborgues apontando para onde estávamos. Não tivemos tempo de sair dali, já tinha milhares de cyborgues ao nosso redor, nos colocaram em uma espécie de masmorra numa torre do único prédio que continuava de pé.

Continua...


Notas Finais


Primeiro texto da fanfic sobre o Doutor e que venham muitos outros, espero que vocês tenham gostado desse que é o meu personagem favorito (11° Doutor) e sejamos felizes.kkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...