História Angel - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol
Tags Baekyeol, Chanbaek
Exibições 10
Palavras 560
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello Hello pessoas, isso é só um prólogo, então, os próximos capítulos serão maiores, eu juro kk
espero que gostem <3
só uma observação, o Baek tem 11 anos, apenas nesse capitulo.

Capítulo 1 - Lembranças


Fanfic / Fanfiction Angel - Capítulo 1 - Lembranças

 

 

  6 anos atrás"

"Á quem possa negar a existência de seres tão belos e delicados, suas asas que fascinam Com um brilho radiante, hipnotizando mais e mais quem tem o privilégio de vê-los.
São raras as vezes que esses seres descem a terra para conviver com humanos, a pessoa que o receberá terá momentos de sorte e felicidade "

 

 Em um sitio um tanto afastado da cidade morava um jovem, Byun Baekhyun, excelente em tudo, acreditava que as estrelas eram suas únicas amigas, byun continha uma curiosidade enorme sobre o céu, acreditava em tudo que era sobrenatural, e foi em uma dessas noites que observava suas tão amáveis companheiras que viu um brilho cair do céu, de começo achou que era apenas uma estrela, sorriu fazendo um pedido, queria ser livre.

 Baekhyun não sabia ao certo o significado dessa palavra, mas era o que ouvia sua mãe sussurrar sempre para o céu, desde então o mesmo deseja isso, o menor voltara seu olhar para o local que antes observava, vendo que ali havia um brilho um tanto peculiar, morava em um sitio, iluminação era algo raro ali, desceu do sofá que estava sentado observando tudo aquilo da janelo do seu quarto, abriu então a gaveta de sua cômoda pegando sua lanterna velha, que antes usava para adentrar por entre as arvores para ir até seu esconderijo, desceu as escadas de sua casa temendo ser escutado por seu pai, a última coisa que queria no momento era escutar um sermão de seu pai, conseguiu sair do local sem fazer barulho, o que era bem difícil já que o pequeno era bem desastrado, ligou sua lanterna andando até o local que observara antes sentindo cada vez mais que sua lanterna era desnecessária para ocasião, começou a sentir um frio na barriga quando já estava bem perto do brilho, se escondeu atrás de um arbusto que havia ali, arregalo os olhos ao ver aquilo, era um menino ali?    , acabo por franzir o cenho, mesmo que a distância não fosse muita, reparar o rosto do mesmo foi difícil, até o maior virar em minha direção e me encarar, eu havia ficado encantado, não só pela sua aparência, mas sim por algo que apesar do tamanho era pouco perceptível, dava para saber que eram asas, mas, não como elas eram, vejo seus lábios se curvarem e um sorriso aparecer pra mim, não sabia porque mas saíra de trás dos arbustos, o garoto se aproximava de mim em passos lentos e cuidadosos como se tivesse com receio que eu corresse dali, que era exatamente oque eu estava pensando até sentir sua mão tocar delicadamente meu rosto, sua estatura era bem maior que a minha, vejo seus lábios se moverem mas não escuto oque ele diz, só acordando do meu transe ao escutar sua risada baixa, era como melodia, até sua risada me encantava.

-Olá Baekhyun- Escuto o mesmo falar ficando surpreso, como pode ele saber meu nome? Sinto meu corpo tremer de leve, eu era literalmente um louco, porque eu não consigo fugir? Porque parece que não comando minhas próprias pernas?

-Quem é v..você? –pergunto baixo, sabendo que ele escutaria pela proximidade que estávamos, vejo outro sorriso brotar em seu rosto

- Me chamo chanyeol, Park Chanyeol, prazer, sou sua liberdade.

 

 

 So hold on

                                                                                                                                            hold on to what we are

hold on to your heart

                                                                                                                                            
 


Notas Finais


Ta muitooo curtinho, eu sei, mas foi só para saber se irão gostar, se gostarem irei continuar
bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...