História Angel - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Jikook, Namjin, V-hope
Exibições 21
Palavras 1.142
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Então povin, é o seguinte, todos os dias vai ter cap novo. Por que ?
Porque eu já terminei a fic e fico ansiosa para postar essa bagaça
Enfim, boa leitura e desculpa os erros orográfico

Capítulo 9 - Sem você...


*Namjoon ON*

Saí que nem um desesperado para entregar meu currículo em todas as escolas da cidade. Eu precisava ajudar mais com as despesas da casa e Jin já havia conseguido um emprego, se eu não correr com o futuro junto com ele, uma hora seu amor por mim vai acabar e eu estarei sozinho com minha moto novamente. Se passaram 2 meses e nenhuma escola entrou em contato comigo, fico triste diariamente ao ver Jin tendo que sustentar a casa.
- NAMJOON - estava viajando nos meus pensamentos quando minha atenção volta
- Desculpa, pode falar de novo ? -sorrio e brinco com a comida
- O chef Heechul me convidou para um jantar ... Ele sempre me ajuda, ele é muito carinhoso e bonito - o olho com um olhar de raiva
- Jin, por que dessas palavras ? Está me testando ? Testando o meu limite ? Por que não está jantando com ele então? Já que ele é tão maravilhoso e bonito - falo num tom de deboche e levanto da mesa indo direto para o banheiro
- O que deu em você ? Por acaso eu poderia estar lá agora, mas estou aqui, com você - ele me segue e eu o olho de lado
- Então por que não vai ? Com certeza eu não chego aos pés dele não é mesmo ?! - eu lavo o rosto e fico parado na frente dele sério, ambos sérios para ser sincero

*Jin ON*

Eu não acreditava no que eu estava ouvindo, meu coração acelera causando uma dor que eu nunca havia sentido antes
- Então... Seria o fim ? - falo baixo e fraco, não queria uma resposta, não mesmo
- Deveríamos ter começado ? - ele desvia o olhar eu ando com rapidez até o quarto, pego uma mala e jogo todas as minhas roupa vulgo bolo de tecido dentro, quando saio do quarto me deparo com Namjoon - Não vá, eu ...
- Eu volto para pegar minhas outras coisas, e o Angel tem veterinário amanhã, não ponha fogo na casa e ... Adeus! - eu passei do seu lado e ele segurou meu braço de cabeça abaixada
- Jin, para ... Me perdoa! - senti meus olhos se encherem de lágrimas e deixei elas virem a tona - P-por favor
- Namjoon... -puxo meu braço - Nos vemos por aí - saio dali e deixo a aliança encima da mesa e consigo ouvir o choro de Angel junto com os fungos pesados de Namjoon, meu coração se partiu!

* Escritora ON*
Jin entrou no carro e saiu varado, esperando sofrer um acidente e esquecer de tudo. Logo quando Jin saiu o telefone de Namjoon toca, ele anda lentamente na direção da ligação tão insignificante no momento, um número desconhecido
+++++++++++++++
Nam: Alô?
Fulanin: Senhor Kim Namjoon ? É da escola Superior City! Gostaríamos de lhe informar que queremos o senhor trabalhando conosco no próximo bimestre que será o início das aulas. Precisamos que o senhor venha até a escola para acertarmos o pagamento. Senhor ?!
Nam: Estou indo aí amanhã de manhã
++++++++++++++++++
Namjoon desligou sem esperar sequer uma outra resposta vinda do outro lado da linha. Ele se sentou no sofá olhando para o nada, olhando para as lágrimas que transbordavam dos seus olhos, Angel deve ter sentido a mesma dor, ele se deitou no colo de Namjoon e o tal continuou imóvel, não acreditando no que acabará de acontecer, não acreditando que o até o fim se desfez.

*3 meses depois*

*Namjoon ON*

- Angel, por favor, coma - ele começou a correr pela casa e eu bufei. Eu estava mais magro, usava com mais frequência meus óculos para tentar disfarçar minhas olheiras, choro todos os dias quando de repente fico parado no corredor lembrando de tudo. Ouço um barulho vindo do meu antigo quarto, o quarto que eu dividia com Jin, acabei indo para o quarto de visitas para não ter que lembrar  mais uma vez da dor. Vou até o quarto e vejo Angel deitado na cama com as patas escondendo o rosto - Não vou passear agora, tenho provas de 4 turmas para corrigir! - ele começou a chorar - Chantagem emocional a essa hora ? Olha aqui, eu só vou se você comer - ele continua deitado - Não quer passear ? O que houve amigão? - me sento ao seu lado e faço carinho na cabeça dele - Eu também sinto falta dele ... - nesse momento ele dá um latido e sai correndo de novo, ele sai pela porta de cachorro e sai correndo pelas ruas, corro atrás dele do jeito que estou,de moletom e descalço com os meus óculos quase caindo. Corri a cidade toda atrás dele, e o tal parou em frente ao apartamento de Jin e começou a latir, já eram 08:00 da manhã e talvez muita gente ia preferir continuar dormindo nessa merda de sábado. Jin aparece na portaria com uma expressão assustada, suas olheiras eram evidentes e suas mãos finas também, seus lábios continuavam os mesmos, mas eu e ele não éramos mais os mesmos. Ao ver Jin, Angel tomou uma atitude que eu queria tomar : Abraça-lo. Os dois ficaram brincando quando o olhar cansado de Jin me encontrou, suado e respirando ofegante.
- Namjoon, eu ... - ele começou a falar e eu deixei uma lágrima cair
- Me perdoa Jin, eu desaprendi a viver sem você, eu preciso de você para viver. O Angel não come faz 2 dias e eu não durmo faz 1 semana, eu aprendi a cozinhar e não jogo mais a toalha molhada encima da cama, eu lavo minhas cuecas no chuveiro e trabalho como uma pessoa digna. Eu fiz tudo isso por você mesmo você não estando comigo para me confortar. Eu não consigo mais sorrir e meus alunos só conhecem a parte séria do professor de matemática deles. Jin, por favor .... Eu lhe imploro, volta para casa. Ela sempre vai estar lá por você, SEMPRE - quando dei conta de mim minhas lágrimas pingavam no chão fazendo um barulho insignificante diante das minhas palavras tão doloridas
- Foi bom ver vocês dois. Estava com saudades - ele forçou um sorriso torto e subiu correndo e chorando para o seu apartamento. Peguei Angel e o levei de volta para casa, desta vez ele comeu, depois ficou brincando até pegar no sono. Eu peguei minha moto e fiquei o dia inteiro na rua, quase fui morto 3 vezes nesse dia, dois caminhões e um marginalzinho com uma arma.
Cheguei em casa e vi Jin batendo na porta incontrolavelmente, coloquei minha mão em seu ombro
- Jin ? - ele se virou e me abraçou
- Eu não sei viver sem você também! - sorri em meio a uma lagrima e apertei o abraço


Notas Finais


Eai, gostaram ? Espero que sim. Se gostou não esqueça de favoritar nem de comentar, é importante para mim, acreditem. Até a próxima crionças
Beijoks da Tia Dreams ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...