História Angel - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Visualizações 32
Palavras 2.206
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente..eu to jogada com essa foto do Jackson

Capítulo 16 - Ciúmes além dos limites


Fanfic / Fanfiction Angel - Capítulo 16 - Ciúmes além dos limites

ANTERIORMENTE

Eu: o que? chorar na minha frente?

JS: não, me declarar pra você

Ele me rouba um...

💎💎💎💎💎

Selinho e nós dois coramos

Eu: aish, você encostou a boca na daquela garota e agora tá encostando na minha

Falo limpando a minha boca e Jackson fica rindo

JS: você é muito dramática

Eu: não sou, é como se tu tivesse beijado o I.M

JS: nossa...eu beijei o I.M credo

Eu: falando em beijar o I.M acho que vou ficar com ele amanhã na festa

Jackson tenta se levantar mas eu seguro em seu braço e fico rindo

JS: tá rindo de que?

Eu: você faz pior comigo, mas quando é pra receber o troco fica com raiva

JS: aish..

Eu: mas e aí? o que acha? ele deve beijar bem

JS: fica com ele, dá pra ele, aproveita e casa com ele

Eu: se casar com ele vou ter uns 5 filhos, porque vai nascer tudo bonito

JS: só 5? 5 é pouco

Ele revira os olhos e fica olhando pro lado balançando a perna

Eu: tão fofo quando tá bravo

JS: o I.M? deve ser mesmo

Jackson cruza os braços e continua olhando pro lado

Eu: deve ter uma mina muito gostosa aí do lado pra você tá olhando

JS: nossa tem mesmo, olha aquela bunda, que bunda mano

Eu: já vai me trocar por ela

JS: lógico, fui trocado pelo I.M

Ele não olhava mais pra mim, então coloquei a mão na sua coxa. Ele olhou pra minha mão e voltou a olhar pro lado

Eu: que coxa meu Deus

JS: a do I.M?

Eu: ciumento

JS: não sou

Eu: não, imagina, nem um pouco

JS: não sou

Eu: se fosse, eu já tava presa em cativeiro

JS: ou morta

Eu: nossa você me mataria?

JS: pra ter você pra mim eu mataria

Ele olhou nos meus olhos e eu senti que ele estava com raiva. Aperto um pouco sua coxa e mordo o meu lábio inferior

JS: tira a mão da minha coxa

Eu: não

JS: vou ter que tirar a força?

Eu: vai

JS: se eu fizer isso, vou te machucar

Eu: I.M não me machucaria

JS: então por que você ainda tá aqui?

Eu: por que eu não quero o I.M

JS: se quisesse já tava estuprando ele né?

Eu: no caso, não seria estupro, porque provavelmente ele iria querer

Jackson tenta se levantar de novo, mas eu seguro forte em seu braço

JS: me solta

Eu: não

JS: anda

Eu: senta aqui agora

JS: não quero

Me levanto e abraço ele por trás

Eu: se você andar eu também ando

JS: aish

Ele senta de novo no chão e eu volto a me sentar do lado dele

Eu: para de besteira Jackson

JS: besteira?

Eu: é

JS: não é besteira

Eu: lógico que é, conheci o garoto hoje

JS: aquela garota eu conheci hoje também

Eu: e parece que você gostou dela né

JS: ela deve beijar bem

Eu: deve mesmo

JS: ela vai na festa amanhã, acho que vou ficar com ela

Eu: quero ficar de vela não, já basta a Jisoo e a garota, qual o nome dela?

JS: Somin

Eu: belo nome

JS: pois é, você não tem ciúmes de mim?

Eu: como eu já disse, a vida é sua, a gente não tem nada, não tenho motivos pra ter ciúmes

Ele pega minha mão e cruza com a dele.

JS: não vai tirar?

Balanço a cabeça negativamente

JS: por quê?

Eu: atoa

JS: e se eu fizer isso com a Somin?

Eu: dá pra parar de falar da Somin e do Changkyun? *falo brava*

JS: por quê?

Eu: tá chato já, a gente tá parecendo duas crianças que tá namorando e que tá brigado porque um comeu o chocolate do outro

JS: namorando?

Eu: foi só um exemplo

Ele faz bico e olha pro chão

Eu: sabe Jackson, eu tava falando pro Bambam, eu não te entendo, por qual motivo você fica tentando me passar ciúmes?

JS: sei lá, acho que minha cabeça pensa que se eu te passar ciúmes, você vai ficar insegura e vai vir pra mim, mas..não é desse jeito

Eu: não mesmo, ao invés de eu ficar insegura, eu fico com raiva, o que só piora

JS: desculpa

Eu: não precisa pedir desculpa, só precisa parar de fazer isso

O sinal bate e eu me levanto

Eu: vamos?

JS: não

Eu: vou sozinha então

JS: também não

Eu: então anda, o trabalho é agora

JS: nossa é mesmo, me carrega?

Eu: o máximo que consigo é te arrastar

JS: me puxa então

Seguro na mão dele e dou um puxão que faz ele levantar. Ele abraça minha cintura e a gente volta pra sala. Entramos e nos sentamos

BB: se resolveram?

Eu: uhum

JS: não completamente

YG: por quê?

JS: ela vai ficar com o I.M

Eu: eu não disse isso, e ele vai ficar com a Somin

JB: quando?

Eu: amanhã na festa

JY: é mais fácil o Jackson beber e ficar chorando por sua causa

JS: tá chega desse assunto

O professor chega e escolhe metade da sala, escreve os nomes da outra metade em um papel e corta. Parecia uma espécie de sorteio, nenhum dos meninos estavam lá na frente

Prof: essa metade por meio de sorteio vai escolher o seu par pro trabalho

Eu estava entre as pessoas que tirariam o papel, fui a terceira a pegar, quando abri meu papel, por pura coincidência estava escrito "Jackson"

Eu: não é possível

Volto pro meu lugar e me sento.

YG: quem?

Eu: adivinha

YG: sério?

JS: é o destino, cruzando eu e você

Eu: bobo

A sala é organizada e o professor entrega o roteiro do trabalho. Começamos a fazer

JS: sua letra é mais bonita, você copia

Eu: folgado

JS: gostosa

Ele fala baixo em meu ouvido e eu arrepio

Eu: pervertido

JS: na verdade, eu estou falando a verdade, essa frase bugou muito

Eu: estranho, mas tá o que é pra copiar?

JS: eu vou te falando e você vai copiando

Eu: tá

Assim fizemos, na metade do trabalho, sinto uma mão em minha coxa. Retiro mas Jackson a coloca de novo. Ele começa a alisar a mesma

Eu: você tá tirando minha concentração

JS: não tô fazendo nada demais

Eu: não, imagina

Ele sobe um pouco mais a mão empurrando um pouco minha saia do uniforme

JS: isso sim é fazer algo que tira sua concentração, mas o que eu estava fazendo antes não é nada demais

Ele desce a mão novamente e continua me falando o que copiar. A gente acaba

Eu: quem entrega?

JS: você

Eu: aish por quê?

JS: atoa

Me levanto e entrego e peço pro professor pra beber água, precisava respirar um pouco, Jackson me deixara tensa. Fui, bebi água e voltei pra sala, infelizmente tinha que ficar no mesmo lugar

JS: onde foi?

Eu: tava dando pro I.M

JS: é grande?

Eu: e grosso

JS: mais que o meu?

Eu: nunca vi o seu

JS: quer ver?

Eu: não, obrigada

JS: agora é sério onde foi?

Eu: beber água

JS: por quê?

Eu: porque..me deu..sede?

JS: tem água na minha boca, que eles chamam de saliva, se quiser é só pegar

Eu: você é estranho

JS: e gostoso

Eu: *rio* iludido

JS: eu tô com um fogo tão grande hoje

Eu: percebi

JS: não quer um pouco não?

Eu: você já me passou?

JS: posso passar mais?

Eu: melhor não

JS: só um pouquinho

Eu: não

Ele coloca a mão por dentro da minha blusa, nas minhas costas, sem que ninguém veja e começa a passar a mão me fazendo arrepiar

Eu: Jackson para

Falo baixo pra ninguém ouvir. Ele sobe a mão um pouco puxando a alça do meu sutiã e soltando

Eu: Jackson por favor para

JS: não, você gosta que eu sei

Eu: Jackson...se você não parar, eu vou ficar brava com você

JS: tá

Ele desce a mão lentamente e a tira das minhas costas

JS: a gente não passou remédio nos seus machucados hoje..

Eu: verdade

JS: depois que a gente for lá na loja, vou passar na sua casa e cuidar disso

Eu: não precisa

JS: você não quer minha presença lá né?

Eu: dramático

JS: não sou

Eu: é que vai gastar seu tempo, que você poderia tá fazendo coisa melhor

JS: tem algo melhor que passar o dia com você?

O sinal bate e eu me levanto

Eu: tem, comer por exemplo

JS: comer você

Eu: é hoje que vou ser estuprada...

JS: por mim? lógico que não

Eu: tô com um certo medo

JS: nem precisa

YG: melhor casal ever

Yugyeom fala bem perto de nós me assustando

Eu: que susto

YG: sou tão feio assim?

Eu: você não é feio, é porque você chegou do nada

YG: ata

Jackson estava me olhando com uma cara de pervertido

YG: credo, toma cuidado pra não ser estuprada

Eu: o fogo dele subiu do nada

YG: melhor apagar

Eu: pois é

Começamos a andar pra ir embora.

YG: vai pra casa Jackson?

JS: não, agora não, só mais tarde

YG: você podia ir lá conhecer nossa casa né S/n

JS: conhecer meu quarto

Eu: a casa sim, seu quarto não Jackson

YG: meu Deus eu vou indo então tchau

Eu: tchau

JS: bye bye

Eu e Jackson seguimos até a loja, compramos o uniforme novo e depois eu pagaria. Fomos pra minha casa só eu e ele. Ainda era meio dia e Anny não havia chegado. Entramos e eu fui direto pro meu quarto, peguei a caixinha de remédio, tirei o uniforme e coloquei uma roupa confortável. Desci e Jackson estava sentado no sofá

JS: odeio o fato de você colocar roupas sexy e eu não poder fazer nada

Eu: nem é sexy

JS: é sim

Eu: vou trocar então

JS: não..fica com essa

Vou até ele e me sento do seu lado, nos viramos um de frente pro outro e ele começou a cuidar dos meus cortes. Rapidamente ele acabou.

JS: pronto, eu vou embora, pega lá minhas coisas por favor

Eu: não vai não

JS: eu tenho que ir

Eu: não tem não, eu vou ficar sozinha aqui

JS: eu tô com sono

Puxo a cabeça dele devagar e deito ela no meu colo.

Eu: pronto, pode dormir

JS: você vai me zoar

Eu: não vou

Começo a acariciar os cabelos de Jackson, e eles eram muito macios

Eu: nossa que cabelo macio

JS: nem são

Eu: você quer comer algo?

JS: o que eu quero comer eu não posso

Eu: tirando eu

JS: acho que não

Eu: tu só comeu cedo, eu busco pra você

JS: não precisa, não tô com fome, na hora que eu sentir fome te falo

Eu: tem certeza?

JS: absoluta

Sorrio e continuo acariciando os cabelos dele. Me ajeito e ligo a tv colocando em qualquer coisa. Em poucos minutos, Jackson dormiu. Tirei uma foto e mandei pro Yugy

📱Eu: olha que fofinho

📱YG: que gracinhaa

📱Eu: pois é, vou cochilar também, beijos

📱YG: beeijo

Me ajeito e cochilo também. Não durmo e sinto fome. Me levanto com cuidado deixando Jackson deitado e vou até a cozinha, faço um sanduíche e como. Olho as horas e vejo que eram 12:40. Minha tia chegaria 13:00. Começo a fazer o almoço. Faço e dá 13:00, minha tia chega e vê Jackson dormindo. Ela entra devagar e vai até a cozinha devagar

Anny: ele tá bem?

Eu: tá por quê?

Anny: tá dormindo feito um anjinho, estranho

Eu: é só sono mesmo

Anny: ah, o almoço tá cheirando

Sorrio pra ela

Eu: tá quase pronto, e aí como foi no trabalho?

Anny: normal, nada demais e na escola?

Eu: ah, me roubaram um selinho, roubaram um selinho do Jackson, ficamos um revoltado com o outro, ele pervertido como sempre *rindo*

Anny: espera..quem te roubou um selinho

Eu: I.M, inclusive tem uma festa dele pra ir amanhã

Jackson aparece na cozinha bagunçando o cabelo

JS: ooi, eu vou junto, quero ver ele roubar selinho dela comigo junto

Eu: você tava junto quando ele roubou

JS: mas eu tava conversando com a Somin

Anny: meu Deus

JS: eu acho que já vou embora

Anny: fica pro almoço

Eu: se você não ficar, vou me revoltar com você

JS: aish chantagista

Eu: não sou

JS: Anny ela pode ir lá pra casa depois do almoço?

Eu: não

Anny: você não tirando a inocência dela, pode sim

Eu: ele tá mais pervertido que o normal hoje tia

JS: relaxa, eu não vou te estuprar ou algo do tipo

Eu: promete?

JS: prometo

Anny: tá agora se beijem

JS: ela não quer

Eu: hoje não, tá pronto

Anny: amém

Rio e fico vendo eles almoçarem

JS: não vai almoçar não?

Eu: comi sanduíche..

JS: ata

Eles terminam de comer rapidamente, Anny vai dormir e eu e Jackson fomos pegar as coisas dele. Troco de roupa e fomos pra casa dele

JS: vamos andando pode ser?

Eu: sim, por que ai dá pra conversar mais

JS: e dá pra fazer isso também

Jackson me empurra devagar e me prende contra a parede

Eu: o que você vai fazer?

Ele gruda nossos corpos e fica olhando pra minha boca. Ele desce as mãos pra minha cintura apertando a mesma

JS: eu não vou te forçar a nada já te disse

Continuo olhando pra ele e ele me dá um selinho

JS: aish desculpa

Ele se separa de mim e me olha nos olhos

JS: não consigo me controlar quando se trata de você

Ele continua andando, sem nem me esperar

Eu: Jackson...me espera

JS: anda logo

Alcanço ele e ele segura em minha mão cruzando nossos dedos. Ele ergue nossas mãos e dá um beijo na minha. Andamos mais um pouco até que chegamos em uma casa bonita

Eu: que casa bonita

JS: meu quarto fica lá dentro, acho que vai gostar

Eu: você é muito pervertido meu Deus

Entramos e os meninos estavam jogando video game na sala.

YG: ooi

Eu: ooi

BB: ahhh toma essa americano do caralho

MK: aish

BB: ah oi S/n, senta aqui

JS: primeiro eu vou te mostrar meu quarto

Olho pro Jackson e me sento do lado de Bambam

Eu: por que eu iria querer conhecer o seu quarto?

JS: você só ia descobrir lá

Eu: vou ficar sem saber então

Jackson faz bico e se senta no chão

BB: ganheeeeei uhuuuu quer jogar S/a?

Eu: quero não, posso ir no banheiro?

JS: sobe as escadas, terceira porta a direita

Assim faço, quando chego é o quarto do Jackson, e ele estava bem atrás de mim

Eu: aish, eu falei banheiro, não quarto

JS: tem banheiro no meu quarto

Entro no quarto e vou no banheiro, quando saio a porta estava trancada e Jackson estava deitado na cama com um sorriso malicioso

Eu: tá abre..


Notas Finais


O que será que vai acontecer agora? Descubra no próximo capítulo de "Angel"


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...