História Angel Coffe - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Amor, Bts, Fantasia, Jikook, Jimin, Jungkook, Lemon, Magia, Namjin, Yaoi, Yoonseok
Exibições 42
Palavras 2.267
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIEEE

Não me matem please! 😓

Eu voltei galera, e agora acho que vai o negócio, eu tive um bloqueio criativo bem mas férias, que estão acabando, mas nem tanto, vou voltar a trabalhar, mas colégio e Senai só em fevereiro!

Desculpa a demora, sério juro que ja estou escrevendo o próximo, e agora a história vai desenrolar e está acarretando pro final, terão saltos temporais grandes depois do próximo episódio. 😌

Primeiro capito que começo com mistério e já resolvi nele mesmo! 😮
Não quis deixar vocês sofrendo, mas vão do mesmo jeito desculpa ❤

COMENTA PARA QUE EU SAIBA QUANTAS PESSOAS AINDA ESTAO ACOMPANHANDO! 😘😌
Amo vocês! 😍

Se quiser ficar me cobrando: 😂 @Iza_Calais - Rain ☔ - Twitter

Capítulo 22 - Dream


Fanfic / Fanfiction Angel Coffe - Capítulo 22 - Dream

JB - Você disse que queria correr o risco, pelo J-Hope, está disposto a aquentar o prejuízo, por seu amado mortal, este era meu medo, meu medo era que acontecesse isto que aconteceu e não pode ser revertido, eu sei o que sente, como está uma confusão dentro de sua cabeça, eu sei como é porque foi assim que perdi sua Omma, foi exatamente assim que Choi Youngjae morreu! 

 Então essa era a verdade, a realidade nunca dita para mim e meu irmão, a história nunca contada, o segredo por baixo dos panos do qual meu pai nunca queria falar.

 Agora entendo o porquê. 

 Suga - Que bom que compreende. Sabe, eu tive muito odio do Taehyung mas o estranho que agora não quero bater nele, nao quero nem mesmo um arranhão.

 JB - É normal aos Anjos, somos imortais claro, mas não somos desumanos, sentimos muitas coisas que os mortais também sentem, algumas mais outras menos, a diferença maior é que Cupidos perdoam não importa o que tenha ocorrido, nos anjos vamos redimir o erro dos outros.

Suga - E com Taehyung? O que vai acontecer com ele?

JB - Se ele for mesmo um Furoren, teremos de esperar e temo que não terá outra opção se não tentar restaurar a paz e o Amor.

Suga - Certo... - Engoli em seco.

 JB - Este julgamento está encerrado! Casos julgados.

 •~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~• 

Eu nunca vi o Palácio tão caótico como quando Jeon colocou os pés lá.

 O moreno estava a duas semanas frequentando aulas no palácio e estava indo bem para um iniciante, mas realmente seus poderes são extremamente fortes, até mesmo aquele mais simples feitiço acaba por destruir as coisas. Não era só isso que me intrigava no palácio; eu sinto falta da Terra e por incrível que parece do meu simples café no meio daquela avenida, porém não posso ir até lá, tudo me lembra Hoseok, desde o Café até a pedrinha do meio fio, o banco da praça próxima de Angel Coffe que me lembra nosso primeiro encontro. Exatamente tudo. 

 Meu pai tem tido uns comportamentos estranhos ultimamente e quase não sai do quarto ou do escritório, ele está ficando mais fraco e cada vez que o vejo parece que seu poder está deixando de existir.

 NB Estou preocupado com sua saúde, mas ele não deixa eu entrar no quarto e nem chegar perto do corredor de seu escritório. Desconfio que ele e Park Jimin escondem algo, depois de Jimin começou a trabalhar com meu pai ficamos muito mais próximos e como estou ajudando Jin a ensinar Jungkook tenho falado bastante com ele.

 Jin foi promovido a Mestre, assim pode ensinar a outros Cupidos iniciantes como utilizar seu poder para o bem. Ele fico tão feliz quando foi promovido, nos anjos temos duas colocações perante a ensinamentos, Aprendizes e Mestres

 Ao se tornar mestre iremos ensinar aos outros anjos como portar de maneira segura sua magia, essa função só é dada a um anjo de confiança.

 Jin é o Príncipe da Magia do Palácio, sua lealdade aos ensinamentos é excepcional. 

      •~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~• 

 Acordei cedo naquela manhã, preciso conversar com o intendente do Palácio, minha mente andava cansada ultimamente, as coisas estavam confusas e tudo parecia uma grande bola de neve.

 Levantei fui até o banheiro despi minhas roupas e entrei no chuveiro, a água não estava quente estava Morna quase para o frio, precisava daquilo para acordar e pensar nas coisas... Especialmente Hoseok. Fazia um tempo que não falava dele para ninguém, mas é por esse motivo que vou ver o intendente Suho, preciso conversar.

 Logo que sai do banho busquei me trocar e sair do quarto, desci as escadarias para a cozinha e não havia ninguém além de Jungkook sentado a mesa, estranhei, normalmente Jimin comia junto a ele nas manhãs. 

 - Oi... Porque está só? - Falei sentando em seu lado e me servindo. 

 Jeon - Bem Jimin foi arrastado por seu pai novamente para o escritório.

 - A claro. - Suspirei.

 Jeon - Não te encomoda o fato de seu pai estar muito apegado a Jimin e não deixar você saber o que eles fazem?

 - Bem, meu pai é uma pessoa muito inteligente, então sabe o que faz... Se esta me ocultando algo é para o bem. Afinal olha só o que minha curiosidade custou. - Levantei da mesa coloquei minha louça suja na pia e me retirei da cozinha. 

Deixei Jeon estagnado, ele abriu a boca provavelmente para me consolar, mas não queria escutar, na realidade não quero escutar nada desde o incidente. 

 As paredes do castelo pareciam se comunicar comigo, como se me pedisse para fazer algo, e quando vi já estava no corredor do escritório, mas assim que me aproximei da porta meu pai saiu. Ele estava soado e um pouco ofegante, me perguntava o que ele estaria fazendo para se encontrar daquela forma.

 - O senhor esta bem? Parece fraco. 

 JB - Estou... Só fazendo alguns feitiços, apenas para treinar, Jimin está aprendendo sabe.

 - Não acha que deveria descansar? Sua magia está sumindo de tanto que a usa. 

 JB - Você acha? Sente que estou mais fraco?

 - Mas é claro Appa, sou um anjo sensitivo esqueceu?

 JB - Isso é ótimo filho, bem tenho muito o que fazer ainda.

 Ao dizer isto ele bateu a porta e não me deixou nem chance de contesta-ló. Prossegui meu caminho. 

 Já na torre do intendente, me pegava olhando pela janela, a visão era ampla e como a torre era alta dava pra ter uma bela visão das coisas de cima.

 - Bonito não? É uma visão dos deuses! - Ele riu ao fazer o trocadilho irônico.

 Esta pessoa é a melhor, sempre aconselhando o que parece não ter mais jeito e solucionando o que parece já ter fim. 

 - Oh... Suho - Me curvei diante do intendente. 

 - Não precisa disto meu jovem, vamos fique de pé, e venha tomar um chá. 



 Segui Suho até sua acomodação, um lugar aconchegante com cheiro de incenso de Canela e Cravo e almofadas perto da mesa de centro para que possamos sentar de forma mais relaxada e solta. 

 Suho - Você demorou a vir, achei que te receberia mais cedo. 

 - Minha mente é teimosa, a muito tempo quero vir aqui, mas ela continuava dizendo não! 

 Suho - Você é muito teimoso, se falamos não você diz sim, se falamos sim você diz não! - Ele colocou o bule de chá na mesa e se sentou na minha frente.

 - Talvez você tenha razão sou mesmo teimoso!

 Suho - Mas é claro que tenho razão garoto... Agora me escute, você não é o único teimoso aqui, seu pai me visitou a uns dias atrás, ele é tão cabeça de pedra quanto você! - Ele serviu chá para dois.

 - Ele esteve aqui? Como assim "Cabeça de Pedra"? 

 Suho - Ora, eu digo sim, ele diz não, eu digo não ele diz sim, assim como você, tal pai tal filho.

 - O que ele veio pedir a você, digo como conselho, eu estou preocupado com ele. 

Suho - Seu pai tem o coração bom Yoongi, um coração tão grande que não cabe nele, de uma forma tão estupenda que não daria pra juntar todos os cuidados para fazer um dele, mas... Ele não me escuta! - Ele descansou a xícara de chá no pires e encarou o vapor que saia da porcelana. 

 - O que ele não escutou? 

 Suho - Ele não pensa nele, só pensa nos outros, isso faz mal, investe demais nos sentimentos dos outros não percebendo o quanto isso envenena... Ele dá a água boa para o próximo e bebe a ruim. 

 - Como assim? Me explique Senhor. - Beberiquei de minha xícara quente de chá.

Suho - Presumo que estamos aqui para falar de você, e não de seu pai caro Min Yoongi.

 - Ah sim... Claro! - Sorri envergonhado pela curiosidade é engoli o chá quente de uma vez só. 

 Suho - Você sente falta de uma pessoa não é?

 - Sim... - Coloquei a xícara sofre a mesa. 

 Suho - O que menos esperava acontecer aconteceu não é? - Ele sorria de uma forma tão branda falando sobre algo tão cruel.

 - Sim... - Eu engoli seco com a garganta ainda doendo pelo chá quente. 

Suho - Sei que você guarda tudo aí dentro Yoongi, você é forte, porém até os fortes choram e eu sei que você também transborda como um jarro cheio.

 - Sim... Mas não tive tempo para ter esse momento, foi tudo muito rápido, tudo aconteceu de uma forma inesperada e tão rápido que meus olhos não conseguiam captar, e meus neurônios muito menos processar o que estava acontecendo. 

 Suho - Há males que vêm para o bem, e males que tem de ser alterados para o bem. 

 - Eu não entendo, ele era meu mortal, e ainda estou vivo... 

 Suho - Muito da magia você ainda não sabe, você é muito jovem ainda, mal completou seus 23 anos. 

 - Você tem razão, mas... São coisas pré destinadas, coisas que não se encaixam de forma alguma. 

 Suho - Vou repetir menino e preste atenção... "Há males que tem de ser alterados para o bem".

- Eu deveria falar com meu pai. 

 Suho - Você deveria ir até seu pai, não espere por ele, ajude ele... 

 - Acho que ele ficou tão magoado quando eu... Sabe pelo que aconteceu a Hoseok, afinal... Foi o mesmo que aconteceu com a Omma. 

 Suho - Suponho que sim, mas você deveria ir falar com ele. - Ele se levantou, arrumou suas vestes e foi observar a janela.

 - Quando? - Falei ficando de pé.

 Suho - Agora! De preferência. - Ele sorriu e fez um gesto com que fez a porta abrir. 

 - Certo, Obrigado Suho, me ajudou muito! - Reverenciei e sai correndo escadas abaixo. 

•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•

                      • Jimin • 

 Entrei na cozinha e me deparei com meu Noivo sentado cabisbaixo na mesa, mexendo lentamente uma xícara de chá quente. 

 - Amor? Tudo bem? 

 Jeon - Sim... E você? - Ele disse em um tom monótono e com o olhar fixado na xícara.

 - Estou bem... Está bem mesmo? 

 Jeon - Que diferença faz? - Seu olhar era meio de pena é súplica ao mesmo tempo.    

- Faz toda a diferença! O que há? Que foi dessa vez? 

 Jeon - Já percebeu que estamos perto, mas ao mesmo tempo tão longe! 

 Pensei em falar algo antes dele continuar, mas preferi que não. 

 Jeon - Troquei algumas palavras com Yoongi hoje mais cedo, ele sente falta de Hoseok... Muita falta, e eu sinto sua falta... Estamos tão perto e ao mesmo tempo tão longe Jimin!

 - ... 

 Jeon - Sei que é importante pra você trabalhar com JaeBum, sei que é interessante saber novas coisas sobre seu verdadeiro eu, eu também estou adorando, mas... Não nos vemos, nem conversamos, fora um Olá, oi, Como vai? Estou sentindo sua falta, não tanto quanto Yoongi sente a Hope, mas sinto muito sua falta Park.

 - Me desculpe! Me desculpe meu amor. - Eu o abracei muito forte. 

 Jeon - Eu te Desculpo, porém vai ter de planejar tirar um tempo para nos dois, um tempo só eu e você.

 - Eu prometo! Jeon me deu um beijo doce, algo que sentia falta todos os dias que estava longe, ele não sabia, mas pensava a todo instante nele, a cada suspiro dentro daquele escritório queria estar ao seu lado, queria passear de mãos dadas no jardim, queria desfrutar de momentos com ele, mas não podia, tudo dependia de minha ajuda a JaeBum. 

 •~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•

                    • Yoongi •

 Corri para a porta do escritório, meu pai querendo ou não iria ter que deixar eu entrar.

 Parei analizei a porta e escutei a voz se Suho gritando novamente pelas escadas "Volte a ser o curioso que era antes Suga"

 A chave do segredo é ser eu; O eu curioso, o eu que busca aventura, que não se importa com a opinião das pessoas, eu percebo agora que o medo barra a todos, e comigo não seria diferente, eu estou com medo de fracassar novamente, então fico no banal, mas se eu desistir antes mesmo de começar, já posso dizer que sou um fracassado.

 Respirei fundo e girei o tricô da porta, abri devagar e vi meu pai de costas para a porta, em pé. Perto de algo que parecia uma cama. 

 JB - Jimin, você não vai acreditar, ele acordou denovo e comeu dessa vez, conversou e voltou para o coma.

 - Ele falou com uma empolgação e felicidade que não cabia nele, contudo, assim que percebeu que não era Jimin que estava no escritório e sim eu, ele ficou estático

 Meu coração acelerou, não compreendi, sua euforia era espantadora, sua magia estava muito fraca, e ele mal conseguia ficar em pé. 

 Meu cérebro mandava ajudar meu pai, mas meu coração me guiava para outro lugar. Até que vi... Que a pessoa que estava em um certo coma, era Jung Hoseok.

  •~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•~•

                      • Seokjin •

 - PARKKKK! PARKKKK??? CADE VOCÊ?   

Eu gritei com todas as forças que tinha, com tudo que conseguia, de todas as maneiras possíveis, andei o castelo todo e logo encontrei ele na cozinha junto a Jungkook.

 - Pelo amor garoto, não escutou eu me esguelar pelo palácio todo?

 Jimin - Realmente não! 

 - Presta atenção, foco no foco aqui, más notícias... Precisa vir agora comigo. 

Jimin olhou para Jeon com uma cara de perdão e logo olhou para mim denovo. 

 Jin - Garoto anda logo! TAEHYUNG FOI VISTO NA ENTRADA NORTE DO CASTELO!


Notas Finais


Heyyy Então galera, acho que é o primeiro capítulo que começa com mistério e é apresentado no mesmo capito o que é esse mistério... 😂

Mais uma vez desculpa pela demora! ❤
E se você ainda ta acompanhando essa Fanfic comenta aqui em baixo pra mim saber quem ainda ta ai 😶

COMENTA TABEM O QUE ACHOU ❤😌

Beijos pra vocês! 😘 Vou tentar não sumir prometo, tem muito ainda pra acontecer!

Twitter: @Iza_Calais - Rain ☔


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...