História Angel of darkness - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Tartarugas Ninja
Personagens Personagens Originais
Tags Angel Of Darkness
Visualizações 38
Palavras 942
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - Você tirou tudo de mim !


( narrador: Leo)

Eu acordei em cima de uma cama em uma sala estranha, parecia uma prisão, as minhas mãos e pés estavam acorrentados e pra melhorar a situação eu estava com uma dor de cabeça dos infernos.

Eu vejo alguem entrar naquela sala e para minha surpresa era o destruidor, não melhor era o anjo das trevas, ele andava até a cela em que eu estava.

- Pelo visto já esta acordado - O Anjo diz e abre a cela e caminha até mim, eu estava sentado na cama e ele se sentou ao meu lado- Como passou a noite ? 

Eu não respondi e apenas desviei o meu olhar, eu não queria olhar pra cara dele, eu o odiava mas ao mesmo tempo ele se parecia com um amigo em que eu podia confiar.

- Que foi em ? Ta me dando um gelo ?.

O anjo disse e tentou olhar a minha cara mas eu não deixava e ficava a virando.

- Você vai falar comigo por bem ou por mal ?

Ele pergunta e eu continuei o ignorando.

- Ta bom, foi você que quiz assim.

Ele diz e se levanta, na hora que eu achei que ele ia embora ele voltou e pulou praticamente encima de mim, eu cai deitado na cama, ele ficou deitado encima de mim, eu tentei bater nele mas o anjo segurou as minhas mãos contra a cama.

- Então vai continuar me dando um gelo? - Ele perguntou e eu não respondi nada -  Mas que muleke teimoso. Depois o garra de tigre fala que eu que sou teimoso.

Eu não disse uma única palavra e eu apenas senti o anjo bufar já impaciente.

- Se você continuar me dando um gelo eu vou ter que apelar - Ele diz me olhando e eu não disse nada - Ta bom foi você que quiz assim.

Ele saiu de cima de mim e ficou me olhando com um olhar tenebroso, ele riu e pegou uma especie de controle remoto com um botão e apertou.

Eu senti uma descarga elétrica passando pelo meu corpo.

- Ahh isso dói inferno - Eu disse e ele soltou o botão e a descar elétrica sumiu.

- Bem melhor - O anjo das trevas disse com um sorriso sarcástico no rosto - Então agora vai responder a minha pergunta ?

- Não ! Eu não passei bem durante a noite ! - Eu disse bravo.

- Jura ? Mas você durmiu que nem um anjinho - O anjo diz tirando sarro de mim.

- O que você quer de mim !? - Eu pergunto bravo.

- Nada de interessante, eu apenas quero me divertir um pouco e talvez fazer a Karai vim atrás de você - Ele diz andando pela cela - Ai eu e ela podemos ter uma conversinha de irmãos, quem sabe ela não volta para o clã.

- Ela nunca vai fazer isso ! Nunca - Eu digo bravo - Ela é minha irmã e ela é esperta o suficiente para não cair na sua laia !

- Então é assim ? - Ele diz parando de andar - Então vai ser assim ! Agora isso virou uma disputa para ver quem é o irmão da Karai ?

- Eu não disse isso - Eu digo bravo ainda - Eu disse que ela não vai cair na sua laia ! Ela nunca vai voltar ! Nem mesmo por você ! 

- Cala a boca ! - O anjo diz bravo.

- Você acha que ela vai voltar depois de tudo ? O clã do pé matou o splinter o pai dela ! E quase matou ela ! - Eu digo em um tom alto.

- CALA A BOCA ! - O anjo diz gritando e eu me calei.

Ele estava me olhando mortalmente.

- Você sabe o que é viver longe da sua familia ! Você sabe o que é passar dois anos longe da pessoa que mais ama ! - O anjo estava realmente bravo pois ele dizia com a voz alterada - Você tirou a Karai de mim, você tirou a minha pequena irmãzinha de mim. Ela era o único motivo no qual eu retornei a Nova York, mas pra que ? Pra chegar aqui e ficar sabendo que o destruidor morreu, que o clã se des vez e que a minha irmã me traiu !?

- Eu não tirei a Karai de você ! - Digo em um tom de voz alterada.

- Vocês tiram tudo de mim ! Tudo ! Vocês tiram a minha irmã de mim ! Ela era tudo pra mim ela era a única razão te não ter desistido ainda ! - Ele diz com a voz alterada - Ela era a única que já me amou de verdade ! Ela foi a única que um dia me chamou de Raphael e de grande irmão.

Eu percebi que o anjo estava realmente chateado com o que aconteceu nesses últimos tempos.

Tudo o que ele queria era ter a Karai de volta.

- Não precisa ser assim - Eu digo com uma voz de eu te entendo - Você pode mudar, você pode mudar e ter a Karai de volta.

- Não eu não posso - Ele diz um pouco mais calmo - O caminho que escolhi seguir não tem volta, agora eu tenho que ir até o fundo do poço.

Ele diz e se vira para mim, mas ele vira a cabeça levemente para me olhar.

- Eu espero que você tenha cuidado muito bem da minha irmã, quaso ao contrario, irei fazer você sofre até o fim da sua patética e miserável vida.

O anjo diz e sai da cela e a tranca, eu pude perceber tristeza nas palavras dele.

Será que ele faz isso apenas por amor ?

Por amor a sua irmã ?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...