História Angel of Death - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Death Note, Jeff The Killer, Lendas Urbanas
Personagens L Lawliet, Light Yagami, Matt, Mihael "Mello" Keehl, Misa Amane, Nate "Near" River, Personagens Originais, Rem, Ryuuku, Watari
Tags Revelaçoes
Exibições 55
Palavras 568
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Harem, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Eu tive essa ideia pro cap tipo agora então ele tá fresquinho!Vou tentar não demorar no próximo!CORRE CAPITULO!

Capítulo 18 - Nascida para fugir!


Fanfic / Fanfiction Angel of Death - Capítulo 18 - Nascida para fugir!

-Cheguei.-disse Purple entrando no apartamento não encontrando L.

-Olá Purple.-disse L sério aparecendo do nada.

-Algum problema?-perguntou Purple estranhando a atitude do outro.

-Nada demais,é só que a garota que eu amo e mais confio conta sua história para um posivel assassino e não para mim,a pessoa que a salvou.-respondeu L raivoso vendo os olhos de Purple se arregalarem.Ele havia decidido cuidar os dois sem ela saber e acertou em cheio em escolher começar naquele dia,tinha pego Purple e Light no flagra.Não conseguia aceitar o fato dela contar para o outro e não para ele! Ciúmes? Com certeza!Orgulho ferido? Mais que qualquer coisa. Medo de perder aquela que foi a primeira a roubar seu coração? Essa era 100% maior que as outras duas.

-Deixa eu explicar!-disse Purple desesperada.

-Como você ousa me trair dessa maneira,eu confiava em você.-começou L se aproximando dela.

-Se você não me deixar falar eu vou embora.-ameaçou Purple recuando conforme ele se aproximava.

-Acha que eu me importo?Vivi minha vida toda sem você,vou sobreviver.Não preciso de uma pirralha me tratando como um qualquer,esqueçeu quem eu sou?-dizia L presando-a na parede falando com irônia.

-Acho que você se esqueçeu quem eu sou,mero humano.-rebateu Purple rispida.L deu um soco na parede do lado da cabeça de Purple,mas ela não recuou-Achou que isso iria me intimida?Já sofri coisa pior detetive.-disse debochada.

-Você é ridicula.Teria sido melhor que nunca tivesse saido daquela masmorra.-disse L descendo as mãos na parede arranhando-as.

-Acontece que não é você quem decide.-disse Purple enrraivecida escapando dele e indo para seu quarto o trancando.

"Seu idiota!Porque você sempre deixa a porcaria do seu orgulho te guiar?Agora você disse coisas inrreverciveis e ela nunca mais vai querer olhar pra sua cara,provávelmente vai embora.....burro,burro,burro,BURRO!" Pensou L se sentando de forma normal no chão,estava atordoado demais para focar em fazer suas manias.

"Eu vou embora!Preciso ir embora!Mas o problema é pra onde?Porque sempre que eu arranjo um lugar onde me sinto a vontade algo acontece e tenho que partir?" Se perguntava Purple se trocando.

*Quebra no tempo*

L estava sentado do seu jeito habitual na frente da porta do quarto de Purple,estava tentando capitar tudo que acontecia lá dentro com os ouvidos para ter certeza de que ela não tentaria nada,seja lá oque for.

Enquanto isso Purple estava no banheiro de seu quarto terminando de pintar o cabelo com a tinta roxa que pediu para Watari comprar para si em segredo alguns dias atrás,fazia tempo que queria pintar o cabelo,afinal,sempre achou seu cabelo marron com a mecha roxa chata então pintou todo de roxo e acredite ficou lindo.

"Agora preciso arrumar um jeito de sair daqui sem L descobrir.Sei que esta na frente da porta do quarto,mas sei que não pode me ouvir aqui no banheiro." Pensou Purple mechando no seu cabelo se olhando no espelho "Acho melhor fugir pela janela do quarto mesmo,vou voando até parece que ele vai conseguir me impedir." Pensou convencida indo bem de boa até o seu guarda-roupa e pegando suas duas mudas de roupa preferidas e colocando-as em uma simples sacola.

Logo ela andou normalmente até perto da cama colocando a sacola em cima com força como se fosse alguém se jogando na cama,logo tirando-a de leve sem fazer barulho.Foi silenciosamente até a janela que havia deixado aberta saltando de lá abrindo suas asas saindo voando de lá o mais rápido posivel indo cada vez mais auto para não ser vista.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...