História Angels - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Anjos
Exibições 17
Palavras 1.319
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Ui Eu voltei
Demorei pra postar porque tava com preguiça mesmo e.e
O cap tava todo escrito e não postei porque sou retardada mesmo :v

Capítulo 7 - Estranho


Ainda estavamos na segunda aula do dia.Química.E que matéria chata,quem diabos inventou isso?Qual a necessidade dessa matéria na escola?De qualquer maneira,eu não estava prestando atenção na aula .Ainda estava tentando entender,por mais difícil que seja,o motivo de eu ter dormido tanto .Se é que eu dormi .E ainda me lembro daquele homem no meu quarto,se é que ele realmente estava lá.

Estava tão concentrada nos meus pensamentos que nem percebi quando a diretora Sônia entrou acompanhada de um garoto,provavelmente um novo aluno .Pedro que me tirou dos meus devaneios me cutucando,coisa que eu odeio.Tirei rapidamente o dedo dele do meu ombro e o olhei repreendedora.

-Tem um aluno novo.-Ele disse baixinho e apontou para o garoto ao lado da diretora.

Rapidamente me lembrei do garoto .Era o garoto da lanchonete.Tentava me lembrar seu nome enquanto ele caminhava lentamente na minha direção,o garoto loiro passou por mim e  se sentou na cadeira vazia atrás de mim.

Ja era de se esperar alunos novos na escola nesse período,mas somente um?Geralmente vem uns 5 ou 6,de qualquer forma,era melhor assim,menos pessoas para aturar.

O tal garoto novo,devia ser só mais um para se tornar um dos Top Line da escola .Não posso negar que ele é bonito,chama muita atenção.Assim que ele se sentou,todas as garotas da sala viraram-se de costas secando o garoto novo.

A aula seguiu normal...eu disse que a aula seguiu normal,eu e Pedro não.

Enquanto ele fazia a lição que o professor passou,eu tomei o lápis dele de suas mãos e comecei a rir baixo .Ele me olhava como se não estivesse entendendo nada e eu só ria da cara dele.Ele se esquivou para pegar o lápis de volta,mas eu me esquivei para o lado então ele pegou o meu lápis de cima da mesa e voltou a escrever e eu escrevi com o dele .

Arranquei uma folha do meu caderno e fiz uma bolinha de papel .Todos estavam vidrados nos cadernos,o professor Carlos estava de costas para nós e de frente para a lousa copiando algo .Cutuquei Pedro de lado,lhe entreguei a bolinha de papel e apontei com a cabeça para o professor e ele somente assentiu com a cabeça.Por que eu entreguei a bolinha para ele sendo que eu mesma poderia jogar?Porque alguém tem que fazer o trabalho sujo por mim.

Pedro arremessou a bolinha de papel e tacou bem na nuca do Carlos,ele virou para nós rapidamente e Pedro voltou a olhar para o caderno na tentativa de parecer que não foi ele,eu fiz o mesmo.

-Quem fez isto?-O professor disse enquanto apanhava a bolinha de papel do chão e mostrando para todos.

Ninguém se pronunciou.

-Se eu descobrir quem foi o responsável.-Ele fez uma pausa,provavelmente pensando qual seria o castigo.-ele irá para a diretoria.

Como se eu tivesse medo da Sônia.Voltei a olhar o caderno,resolvi fazer um desenho .Pedro diz que eu tenho um dom na arte de desenhar,então eu acredito,mesmo que seja uma afirmação muito sem logica pois meus desenhos são somente rabiscos.

               POVs JEON

Eu tinha me matriculado naquela escola somente para poder vijiar Amy,para conhecer ela melhor já que ela é uma de nós.

De repente, no meio da aula,Amy pega o lápis de um garoto que está sentado á sua direita e fica o empedindo de pegá-lo de volta .O garoto aparentemente irritado pega o lápis de Amy que está em cima da mesa dela e eles voltam a escrever como se nada tivesse acontecido .Talvez eles sejam bons amigos .O garoto era bem mais alto que ela mesmo estando sentado,tinha cabelos castanhos meio loiros e os olhos verdes,talvez eles fossem namorados .Será?

.............................X.............................

O sinal tocou  e eu rapidamente coloquei as maos no ouvido e pude ver que Amy fez o mesmo.É talvez ela seja um de nós,pois nós odiamos sons estridentes.

Amy se levantou e junto com ela levantou o garoto que estava ao seu lado,a possibilidade  de  que eles fossem namorados estava cada vez maior.

Segui ela com olhar até ela chegar na porta da sala.

-Amy!-Gritei seu nome e ela virou-se para mim surpresa.

-Se lembra de meu nome?-Ela perguntou enquanto vinha andando devagar em minha direção e o garoto que estava com ela apenas observava de lonje.

-Lembro-Disse quando ela parou do lado da minha cadeira.

-Eu não lembro o seu.-Ela disse seca.

-Jeon-Disse me levantando e estendendo a mão em forma de cumprimento e ela retribuiu.

-Quer vir com a gente?-Ela disse  apontando para a porta com a cabeça.

-Claro!

Saimos da sala e começamos a caminhar pelo corredor até chegar no pátio.Ele era enorme e tinha várias mesas.

Nós três nos sentamos numa mesa no centro e comecei a observar que algumas meninas olhavam para mim.

-Esse daqui é o  Pedro-Amy disse virando para o moreno sentado ao lado dela.

-Oi-Ele disse secamente enquanto me encarava.-De onde vocês dois se conhecem?-Pude sentir um cheiro de ciúmes e tinha quase certeza que vinha de Pedro

-Esbarrei com Jeon em uma lanchonete uma vez-Amy se pronunciou.-Mas então Jeon,por que você veio pra essa escola?Tem outras muito melhores por aí.

Fiquei mudo,não sabia o que dizer.Estava pensando em algo quando sinto uma mão tocar em meu ombro.

-Oi bonitinho-Uma garota morena dos olhos cor de mel disse.

-Olá-Me virei,ainda sentado,para ela.

-Quer passar o intervalo comigo e com minhas amigas?Seria muito melhor do que ficar aqui com esses dois idiotas-Ela disse e soutou uma risadinha.

-Dois idiotas?-Amy se levantou e colocou as duas mãos na mesa.

-Sim,dois idiotas.-A garota disse apontando para Amy e para Pedro.

-Você que é burra e não sabe contar...-Pedro que antes só observava se pronunciou.

-Eu só estou vendo uma idiota aqui...-Amy disse e pude ver os seus olhos mudarem levemente de cor.

-Você!-Completei a frase de Amy e a garota morena rapidamente virou para mim e arregalou os olhos.

-Tão bonito-Ela disse-Mas tão estupido!

A garota saiu e pude ver que os olhos de Amy voltaram ao normal.

-Essa garota é insuportável!-Amy disse enquanto colocava as mãos no rosto.

-Não liga pra ela Amy!É só mais uma idiota desse colegio-Pedro disse enquanto tentava acalmar Amy.

-Quem era ela?-Perguntei

-Lola,a garota mais patricinha que essa escola já teve.-Amy disse enquanto tirava as mãos do rosto.

-Ela implica  com a Amy desde a terceira série,quando a Amy derrubou o suco dela.

-Só por isso ela implica com você?Que ridícula!-Estava impaciente com essa história.

-Deixando esse assunto pra lá...-Pedro disse calmamente-De onde você vem mesmo em Jeon?-Ele disse enquanto apertava os olhos.

Eu sabia que não poderia fazer isso,mas eu tinha que mentir,eu não iria revelar toda a verdade,ainda mais na frente de Pedro .

-Tabom então,vocês querem saber de tudo-Fiz uma pausa pensando sobre como começar a mentir-Meu nome é Jeon Yang Cho ,tenho 17 anos,moro com meu pai Kyusu e minha mãe Jisoo,meu irmão Groove e minha irma mais nova June-Assim que terminei de falar senti uma dor dentro de mim,como se eu tivesse sido perfurado por uma espada,tentei não demonstrar a dor que sentia.

-Uau,nomes diferentes-Pedro disse.

-Espera aí-Amy disse como se estivesse tentando se recordar de algo-Você disse Groove?

-Sim-Eu disse,a parte que eu disse sobre Groove e June não era mentira,então a dor sumiu.

Amy fez uma cara de espanto e pude sentir o cheiro de medo vindo dela.

Ela levantou-se da cadeira rapidamente e correu para os corredores.

-Amy!-Pedro gritou-O que deu nela?

Nós saimos á procura de Amy e equanto andávamos pelos corredores,me lembrei da noite que Groove estava de olho em Amy,talvez ele já saiba que ela é uma de nós e está só tentando ajudar,mas por que ele iria querer assustar ela?

Entramos na nossa sala de aula e vimos Amy sentada na sua cadeira com as mãos entre seus cabelos de cabeça baixa.

-Amy?-A chamei e ela levantou a cabeça.

-Por que você correu?-Pedro perguntou se aproximando dela e ainda pude sentir o cheiro de medo vindo dela.

-Não foi nada-Ela disse.....


Notas Finais


Acho q tá maior que o normal e.e

Bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...