História Angels and Demons - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 8
Palavras 1.620
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Científica, Lemon, Mistério, Misticismo, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Yaoi
Avisos: Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE MAIS UMA FIC !

Desculpa gente, eu estava planejando uma fic antes de sair o álbum WINGS, porem felizmente, ele lançou e ele foi de acordo com a minha teoria/fic, então não deu pra resistir fjhbsafjlsdhb
Esse capítulo vai ser um pouco confuso, mas pra ajudar a entende-lo, proponho que leia as categorias, mas o nome da fic já diz tudo !

A partir daqui, essa é a minha teoria sobre isso tudo e tals
Boa leitura<3

Capítulo 1 - Kim Taehyung


Fanfic / Fanfiction Angels and Demons - Capítulo 1 - Kim Taehyung

KIM SEOKJIN ON 

—Oi ! Sou Kim Taehyung. — Disse o jovem se curvando á frente da turma.

— Oi Kim. —Disse a turma um pouco entediada. Os outros garotos já o conheciam, eu era o único que ainda não tinha tido nenhum tipo de contato com o mesmo.

—Pode se sentar ao lado do Kim Seokjin. —Disse a professora apontando para o lugar vazio ao meu lado, Taehyung assentiu e veio até mim preenchendo o local vazio.

—É um prazer conhece-lo, Seokjin. —Minhas bochechas coraram (?) Ao ouvir a voz grave do mais novo.

—I-igualmente.

[…]

O sinal anunciando o intervalo logo foi anunciado e nós (Namjoon, Yoongi, Hoseok, Jungkook, Jimin e Taehyung) fomos até o refeitório, nos sentando na ordem :Jungkook, Taehyung, Jimin, Hoseok, Namjoon, Yoongi e eu.

— Jin-Hyung sabe que horas nós vamos sair ? —Perguntou Jungkook.

—Vamos sair no horário normal.

—AAaaaan... Horário normal não... —Choramingou Taehyung.

—Fazer o que né. —Disse Namjoon. —Não podemos matar aula.

—…Será que não podemos mesmo ? —Disse Taehyung com malícia. 

 

O jeito de Taehyung me incomoda.

—Tae! —Bricou Jungkook, sorrindo.

—Eu estou falando sério ! Vocês não querem mais ter aula né ? Pelo menos hoje, vamos fazer isso ! Hoje é o dia mais chato da semana.(Segunda-feira)  —Disse Taehyung em voz baixa, para que ninguém além de nós escutassemos o plano.
 

Com certeza, Kim Taehyung é uma má influência. Se já está propondo essas coisas no primeiro dia, imagina o que ele pode fazer depois ? Eu fui enviado para proteger esses garotos, eu ainda não consegui detectar o que Kim Taehyung é exatamente, mas com certeza, boa coisa não é.

—Eu .. Realmente, não aguento mais a escola por hoje.   —Disse Yoongi com o olhar entediado de sempre.—Eu tô com ele.    —Todos começaram a se entreolhar depois disto.

Eu tenho que fazer algo!

—Y-Yoongi! Não podemos nem pensar em fazer algo desse tipo! I-isso é errado. —Disse com confiança.

—Ah Seokjin por favor. Não tente ser o Bonzinho, eu sei que quer isso. —Disse Taehyung me olhando profundamente.

Perigo.

—T-Taehyung, isso é  muito errado, eu não vou fazer isso.

—Ok então. Quem mais vem comigo ?   —Timidamente todos levantaram a mão, com a exessão de mim e Namjoon. Eu o olhei e ele fez o mesmo.

—Qual é Namjoon ? É só um dia, ninguém vai ver a gente.   —Namjoon continuou me encarando franzindo o cenho, ele cortou o nosso contato visual e levantou a mão olhando para o chão.

Decepção.

—Temos que pegar nossos materiais antes que alguém volte pra sala de aula.   —Todos se levantaram e eu continuei ali, surpreso com o quão influentes os humanos são.

—Jin você não vem mesmo?   —Disse Yoongi vindo em minha direção. Eu sinto que deveria ir, para ao menos protegê-los.

—… Ok. Eu vou.   —Yoongi abriu um sorriso e me levou junto com os meninos até a sala de aula vazia, pegando nossos materiais indo até os fundos da escola, onde tinha um muro que provavelmente iriamos pular.

—Tomem cuidado, NINGUÉM pode nos ver. Eu vou primeiro. —Disse Taehyung, indo até o muro o pulando rápidamente. —Andem logo! Venham!—Disse já do outro lado.

Foi um de cada vez até que eu fui o último, eu estava na dúvida se eu conseguiria pular o mesmo, com cuidado o escalei, e quando estava quase o pulando, escuto um grito.

—O QUE É ISSO SEOKJIN?! —Era a diretora.

—E-E-EU P-POSSO... —Antes que eu terminasse, alguém me puxa do outro lado do muro, eu caio no colo de alguém que logo me põe de pé no chão.

—CORRAM! —Gritou Taehyung, todos nós corremos muito, até que percebemos que já estávamos longe da escola. Taehyung parou e se apoiou em seus joelhos, tentando recuperar a respiração , ele começou a dar gargalhadas de repente apontando para mim.

—Você tinha que ter visto a sua cara!   —Então todos começaram a rir, eu não estava achando a mínima graça. Então decido mudar de assunto.

—Vocês estão bem? —Perguntei ofegante.

—Sim,sim.

—Pra onde vamos agora? —Perguntou Hoseok.

—Eu conheço um lugar legal pra irmos. Me sigam.

—É seguro? — Perguntou Jimin.Taehyung deu uma breve gargalhada.

—Jiminnie. Nada que me envolver será seguro. E eu  acho que vocês gostam disso. —Todos se entreolharam e deram breves sorrisos.

Não estou gostando nada disso.

 

[…]

 

—Tcha-ram!!! — Disse taehyung ao chegarmos num lugar que parecia ser emprovisado, o local estava abandonado. Tinha um sofá grande e outro pequeno, uma mesa no centro, e algumas garrafas de bebida alcólica vazias num canto. Taehyung tirou a mesa de centro dali e pegou uma garrafa e se sentou no chão.

—Venham! —Todos inclusive eu, nos sentamos no chão formando um círculo.

—Vamos jogar verdade ou desafio! —Disse colocando a garrafa no meio de nós.   —Eu começo.   —Disse girando a garrafa. Isso não vai resultar em coisa boa.

—Jimin! —A garrafa parou, apontando para Jimin.  —Verdade, ou desafio ?  —Perguntou olhando nos olhos de Jimin, que parecia receoso.

—Hm... Desafio.

—Gostei de você Jimin! —Disse Tae, dando um sorriso quadriculado.—Vou pegar leve com você. Te desafio a levar um peteleco de todos nós sem reclamar, se reclamar vai ter que levar todos os petelecos de novo.

—YAAA! Isso não vale! —Disse Jimin fazendo bico.

—Vale sim, bobão! —Disse Tae, mostrando a língua. Os membros fizeram uma fila indiana á frente de Jimin, que aguardava ajoelhado. Primeiro foi Hoseok, Yoongi, Jungkook e depois Namjoon, Jimin realmente fez uma expressão de dor na vez de Namjoon. Agora era a minha vez. Tenho pena de Jimin, vou faze-lo fraco.

—ANDA LOGO JIN!   —Exclamou Taehyung atrás de mim, a "platéia" ficou desapontada ao ver meu peteleco fraco na testa de Jimin. Todos se alegraram novamente quando chegou a vez de Taehyung, que parou e ficou acarariando o cabelo de Jimin enquanto os outros garotos diziam "Vai Taehyung!" .

—Desculpe Jiminnie. —Disse dando um sorriso, logo após dando um peteleco forte na testa de Jimin, que apenas a cobriu com as mãos segurando o grito de dor.

—Jimin, você tá bem? — Perguntei indo até o mesmo, tirando suas mãos, vento sua testa que estava vermelha.

—S-sim estou Jin-hyung.

—Blá, blá blá. —Disse Taehyung, levando os meninos para o círculo de novo. —Vão se pegar aí ou vão vir continuar o jogo? — Todos os meninos riram.

—Vem Jimin.   —Disse indo de má vontade de volta para o círculo.

—Sua vez Jimin. —Jimin pegou a garrafa e a girou, ela apontou para mim, enquanto o lado de quem desafiava/perguntava , apontava para Taehyung.

—Ora, ora.  —Disse sorrindo. —Verdade ou desafio, Seokjin?

—…Verdade.

—Hm, deixe-me pensar...Seokjin, você realmente é tão bonzinho assim ? —Disse Tae me encarando, pela primeira vez eu o havia visto sério.

Que pergunta é essa?

—Ahn, desculpe. Eu não entendi a sua pergunta... —Disse o encarando da mesma forma. O mesmo revirou os olhos .

—Você sua alma e mente são tão puras assim mesmo ?

—São sim. —Taehyung sorri maliciosamente.

—Veremos se isso é mesmo verdade. Sua vez Seokjin. —Receoso, girei a garrafa. A vítima foi Namjoon, e o outro foi Yoongi.

—Namjoon. Verdade, ou desafio ?

—Verdade.

— Por que você e Jin se olham tanto ? —Todos fizeram a famosa "Lenny face". Fiquei atento
a resposta de Namjoon.

—Por que nos damos bem. Por que ? Tem ciúmes ? — Disse sorrindo.

—CALA A BOCA NAMJOON ! —Disse Yoongi, com as bochechas vermelhas.

—Ta, tá. Continuem logo! Namjoon sua vez. —Namjoon pegou a garrafa e a girou, quase a quebrando. Dessa vez eu fui a vítima e Namjoon o perguntador/desafiador.

—Verdade ou desafio ?

—…Desafio.

—Eu te desafio a dar um selinho na bochecha do branquelo aí.

—Branquelo teu pai.

—Também te amo Yoongi.   —Disse Namjoon fazendo todos rirem. Suspirei e fui até Yoongi, com relutância vindo dos dois lados, selei rapidamente sua bochecha, o largando e indo até o meu lugar.

—Vai Jin. —Disse Hoseok animado, girei a garrafa e parou como Hoseok de vítima e Jungkook como perguntador/desafiador.

— Verdade ou desafio Hobi ?

—Hm... Verdade!

— O que você fez ontem de madrugada quando eu dormi lá? Eu escutei um barulho estranho vindo do banheiro e depois parecia que alguém estava sem ar... —Todos deram gargalhadas, eu não estava entendendo o por que de tanta graça.

—JUNGKOOK! —Gritou Hoseok dando um tapa no braço do mais novo. Quando todos pararam de rir Tae se levantou.

—Olhem o céu! —O céu estava cinzento, e trovejava.—Acho melhor irmos. —Disse Taehyung pegando sua mochila. Todos nós fizemos o mesmo e fomos cada um para sua casa, mas quando achei que irja ficar sozinho, surpreendentemente Taehyung morava na mesma rua que eu.

— Você desconfia de mim Jin? —Sua pergunta foi como um choque elétrico em meu corpo.

Eu não posso mentir. Eu sou puro.

—…Sim.

—Sente medo ?

—Não. —Decido questionar. — Por que faz essas perguntas ? —Taehyung me olha e dá um sorriso de lado. Seu olhar parecia estar diferente, a cor, a energia. De repente ele para de andar e quando me dou por mim mesmo, percebo que já estava na porta de casa.

—Tchau Seokjin.

—Espere, você...—me calei quando não o vi mais ali.

Ele não é um humano comum.

 

[…]

 

Depois de um dia cheio de emoções, me deito no sofá da sala, vendo qualquer coisa na televisão. De repente, uma luz muito forte começa a brilhar na pequena varanda de casa, eu apenas a sigo , mas quando chego no local, ela já não brilhava mais. No chão, encontro pétalas de alguma flor branca, junto com um papel, me abaixo no chão e o pego, tinha algo escrito no verso.

"PERIGO"

 O solto ao ver uma pena branca cair de mim, ela vinha de minhas asas.

 

Kim Taehyung...

O que você é ? 
 


Notas Finais


:3

Não tenho o que dizer não kkkkkkkkkjjjj
Bom, espero que tenha gostado, se tiver algo que você não esta achando legal na fic, por favor fale comigo!
Assim como elogios são muito bem vindos, críticas construtivas também são!
Obrigado por ler e até mais <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...