História Angels and Demons - Capítulo 14


Escrita por: ~ e ~TiaSasah

Postado
Categorias Demi Lovato, Fifth Harmony, Justin Bieber, One Direction, Selena Gomez, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Normani Hamilton, Selena Gomez, Shawn Mendes
Tags Demi Lovato, Fifth Harmony, Harlena, Horror, Justemi, Justin Bieber, One Direction, Shawmi, Terror
Visualizações 88
Palavras 1.377
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiiiiiii Aqui é a TiaBeh!!! Vim com mais um capitulo quentinho para oceis!!! Estou amando essa nova eta, muito mais ação e romance, muito terror tambem e para não perder a essência. . . Bastante comedia!!! Degustem!!



Gostaria de agradecer a Addria (Dri_Styles_Hora) Que me emprestou um pouco da sua imaginação para mim! Valeu Dri você esta no meu caderninho de "Pessoas pro Resto Da Minha Life" T Amo!!

~TiaBeh :3


Boa Leitura!!!

Capítulo 14 - Etapa 2 Capítulo 4


Fanfic / Fanfiction Angels and Demons - Capítulo 14 - Etapa 2 Capítulo 4

Ponto de Vista Narradora

 

Selena brincava com seus dedos, por mais que o Harry tivesse assistindo futebol, ele sabia que sua noiva estava nervosa.

 

— Algum problema, Sely?. — Harry questionou, fazendo Selena olhar para ele assustada.

 

— Eu? Não... Nenhum... Nenhum problema, porque?. — Selena falou apressada.

 

— Selena, você nunca foi boa em mentir, não confia mais em mim?. — Harry desligou a tevê.

 

— Não é isso, amor! É que... que...

 

— Que?. — Incentivou sua noiva.

 

— Eu estou nervosa!. — Selena falou e desviou o olhar.

 

— Oras! Isso daí eu já notei, quero o motivo!. — Harry brincou.

 

— Casamento, festas, lua de mel....

 

— Você não quer mais casar?. — Harry perguntou temendo a resposta de sua amada.

 

— Não! Eu quero, é oque eu mais queria nesse mundo!. — Selena falou rápida.

 

— Então, qual é o problema?. — Harry puxou Selena mais pra si, fazendo ela ter pequenos arrepios.

 

— O problema é a lua de mel, Harry! Esse é o problema!. — Selena falou e depois escondeu seu rosto na curva do pescoço do seu noivo.

 

— Agora eu entendi!. — Harry riu pelo nariz, fazendo Selena ficar com mais vergonha. — Porque o medo?

 

Porque eu sou virgem v- i- r- g- e- m!. — Selena falou óbvia.

 

— Conversa com a Demi, ultimamente vocês andam tão grudadas!. — Harry roubou um beijo de Selena.

 

— E você acha que a Demi é oque? A Demi deve ser mais virgem do que eu!. — Selena rebateu brincalhona.

 

— Achei que ela tinha relações com o Justin dentro da escola!. — Harry supôs.

 

— De onde você tirou essa ideia? Acho que a Demi não seria capaz disso, deitar-se com um demônio!. — Selena suspirou.

 

— Mas quem disse que ela deitava com ele, porque queria! Pode perceber, ela não gosta de ter muito contato com o Justin, faz de tudo para não barrar com ele!. — Harry olhou para Selena e acariciou seu rosto.

 

— Será? Será que ela sofreu abuso?. — Selena continuo. — Não acho que o Justin seria capaz de fazer isso!

 

— Selena, ele era um demônio! Podia fazer oque quiser!. — Harry tentava convencer Selena.

 

— Você acha melhor eu falar com ela?. — Selena pediu. — Você acha que ela tem algum tipo de trauma?

 

— Você só vai descobrir se perguntar, certo?. — Selena assentiu. — Então, chega desses pensamentos! E em relação a nossa lua de mel, fala com a Amanda!

 

— É constrangedor falar com a minha mãe sobre isso!

 

— Quem te vê assim, acham que eu sou um cafetão, molhador de calcinhas, pegador de novinhas que tem DST!. — Harry falou e tirou altas risadas de Selena. — E quê vou tirar toda a sua pureza!

 

— Super concordo!. — Selena levantou.

 

— A Demi ainda está com aquele garoto?

 

— Deve estar!. — Harry deu de ombros e agarrou sua noiva a enchendo de beijos.

 

 

(.  .  .)

 

 

— Eu sou estranho!. — Shawn confessou.

 

— Oras, porque?. — Demi riu enquanto ajudava o Shawn a sentar.

 

— Como é possível eu me sentir tão seguro perto de você?!. — Demi arqueou a sobrancelha pensativa.

 

— É por isso que você se sente estranho?. — Demi riu.

 

— Eu não te conheço a muito tempo, você pode ser uma psicopata, fugitiva querendo usar meu belo corpo!. — Shawn falou e fez Demi sorrir com tal insinuação.

 

— Lembre-se que quem pediu cafuné foi você!. — Demi sorriu e viu Shawn abaixou a cabeça envergonhado. — Não queria te deixar com vergonha!

 

— Obrigado!. — Shawn falou do nada.

 

 — Como?

 

— Obrigado!. — Shawn afirmou sorridente.

 

— Pelo oque?. — Demi abaixou um pouco o seu vestido.

 

— Por estar aqui comigo!. — Shawn suspirou e olhou para a janela. — Por estar comigo em um momento que eu não tenho ninguém aqui!. — Shawn olhou nos olhos de Demi. — Acho que você é meu anjo da guarda!

 

— Será que sou?. — Demi brincou. — Não é possível que um homem tão bonito como você não tenha nenhum amigo, parente ou até mesmo uma namorada...

 

A pior coisa que a Demi poderia dizer agora para ele, era namorada, uma ferida na qual ainda não cicatrizou, afinal ela ainda sangrava, muito.

 

Merda... — Shawn apertou o cobertor do hospital.

 

— Algum problema, Shawn?. — Demi iria acariciar os pequenos cachos que o Shawn tinha, mas o mesmo desviou. — Falei alguma coisa de errado? Me desculpe!. — Demi pediu e logo ouviu Shawn bufar.

 

— Eu sou um idiota!. — Shawn dava pequenos socos na cama.

 

— Tenho certeza que você não é um idiota!. — Demi iria chegar mais perto dele, mas Shawn colocou sua mão na barriga do anjo, fazendo ela parar de andar.

 

— Você não iria entender!. — Shawn afastou sua mão da barriga da Demi.

 

— Eu posso tentar!

 

— Bom....

 

 

" Shawn chega em casa, a qual ele dividia com a namorada, entra correndo  assim que ouve um grito, o moreno corre escadaria acima, abre a porta e vê, vê seu mundo desmoronar, seu chão ser roubado.

 

— E-Ellie?. O-oque é isso?.

 

 — SHAWN!!. — A mulher nua se cobre com os lençóis.

 

O moreno deixa cair de suas mãos um buquê de rosas brancas que havia comprado para comemorar o aniversário de namoro dele e de Ellie. Shawn secou as pequenas lágrimas que insistiam em descer, o mesmo ignorou a garota nua a sua frente e desceu as escadas.

 

— SHAWN, EU POSSO EXPLICAR! EU JURO NÃO É OQUE PARECE SER!. — Ellie desce as escadas correndo e atropeçando no lençol. — Meu amor, por favor!. — Ellie pegou o buquê que Shawn daria para sua amada.

 

N-Não!. — Shawn parou Ellie. — E mais uma vez, eu me enganei ao seu respeito, espero que você esteja feliz, pois eu não estou!

 

— Eu posso explicar, por favor! Shawn, eu sinto muito... eu realmente quero formar uma família com você, por favor me perdoa, eu estou arrependida!. — Ellie segurou Shawn pelo braço, mas o mesmo se soltou.

 

— Continua oque você estava fazendo, tenho certeza que aquele cara que está na nossa cama, te dará uma família!. — Shawn bate a porta na cara da ex.

 

Shawn pegou o carro e dirigiu o mais rápido possível até a casa de seu melhor amigo, pelo menos até agora o Rafael era seu melhor amigo, essa farsa acabaria agora.

 

 

— RAFAEL, RAFAEL ABRE!!!. — Ele diz esmurrando a porta. — RAFAEL, ABRE A PORTA!

 

— Calma aí, brother!. — O ruivo diz gesticulando. — Que foi, para que essa gritaria toda?

 

— AQUELA, AQUELA....Aquela puta... — Shawn diz desabando em lágrimas. — Não acredito que ela fez isso DENOVO!. — Shawn deu um soco na parede. — Vadia!

 

— De quem você está falando, broo?. — Rafael colocou sua mão no ombro de Shawn, na tentativa de acalmar ele.

 

— De quem mais eu estaria falando?. — Shawn falou entre dentes. — Da Ellie!

 

 

O ruivo se afasta do garoto e o olha desconfortável.

 

— Você, vocês, vocês sabiam?!. — O moreno diz. — Fala Rafael!

 

— Olha, cara. Não é pessoal, é que nós somos mais amigos da Ell. — O ruivo diz. — Foi mal!

 

— Eu não acredito!. — Shawn falou com puro ódio. — Desde quando eles estão juntos? FALA!

 

— Faz tempo, broo!. — Rafael confessa.

 

— Não me chama de broo, seu filho da puta!. — Shawn empurra Rafael.

 

— Cara, você acha mesmo que você seria alguma coisa sem a Ellie, você não ia ser nada, deveria agradecer a ela!. — Shawn não ouviu mais nada e pegou o seu carro e saiu."

 

 

— Foi aí que nos conhecemos, aconteceu o acidente e nos encontramos!. — Demi limpou os pequenos vestígios de lágrimas do rosto de Shawn.  


 


— Não fica assim, Shawn!. — Demi beijou o topo da cabeça do moreno. — Agora você tem eu e eu tenho você! Sei que seremos grandes amigos!!

 

— Assim eu espero!. — Shawn suspirou e sentiu seu tronco ser esmagado pelo abraço de Demi. — Grandes Amigos!. — Sussurrou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...