História Angels and Demons - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ao no Exorcist, Originais
Personagens Kuro, Personagens Originais, Rin Okumura
Tags Anjos, Demonios, Estudantes
Visualizações 21
Palavras 974
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Luta, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


HEY GUYS! Sem enrrolações, espero que gostem e divirtam-se lendo.

Capítulo 39 - Invasão


Fanfic / Fanfiction Angels and Demons - Capítulo 39 - Invasão

Luiz: Só aconteceu isso? -O ruivo questionou arqueando a sobrancelha.

Leticia: Sim...talvez Dani tenha razão...ele não é tão maligno assim...

Tyler: Tirando pelo fato que ele me ameaçou, ele é até amigável.  -Disse sarcasticamente.

Luke: Agora, precisamos de um plano para entrar naquele lugar. 

Leticia: Sim, vamos ver. -A anjo abriu o mapa que Satan havia lhe dado em cima da mesa. -Aqui. -Apontou para um local. -É a parte subterrânea, onde ficam os prisioneiros mais perigosos, provavelmente onde Rin e Dani estão. 

Yui: Mas não vai ser fácil, deve ter guardas por todo o lugar, já que eles estão com os dois filhos de Satan. -A demônio deduziu. 

Yuno: Eu conheço túneis subterrâneos que dão acesso às celas e salas de lá,  podemos entrar utilizando-os...

Luiz: Certo, temos um plano para invadir, mas e um plano de luta? -Arqueou a sobrancelha. -Não temos ideia do que são capazes.

Gih: Improvisamos.  -A demônio respondeu.

Tyler: Não sei se improvisar é a melhor das nossas opções. 

Leticia: Mas é a única que temos. Vamos nos distribuir em grupos. Jimin, Giovanna e Luiz irão cuidar dos guardas de nível mais baixo. Luke e Yui das quimeras. Enquanto, eu, Tyler e Yuno vamos atrás dos nossos Okumura's.

Todos assentiram e começaram a se preparar para lutar, não seria nada fácil, a luta contra Jackson era fichinha comparada com essa. Eles prepararam suas armas, prontas para serem sacadas e usadas em combate. Leticia carregava também a espada de Rin, e Tyler a da amada.

Utilizaram as asas dos anjos como meio de transporte, Luiz levou a namorada, Luke a amada, Yuno carregou Jimin e Tyler a amiga Leticia. Chegando perto do local, foram andando, com medo de serem avistados. 

Yuno: É por aqui. -A garota disse apontando para um buraco no chão e pulando dentro dele, caindo em pé lá embaixo e acendendo sua lanterna. -Vamos? -Os adolescentes fizeram os mesmos passos da quimera.

Leticia: Tem certeza?  -A anjo arqueou a sobrancelha. 

Yuno: Sim...

Do lado de dentro, os Okumura's permaneciam em suas celas, não precisavam de provas, sabiam que seus amigos estavam a caminho. Ouviram passos se aproximando, os pulmões de Dani se encheram de expectativas, mas elas se perderam quando avistou um garoto e alguns guardas.

Tobi: Quero que preparem os dois para execução. -Ele deu a ordem e logo em seguida um dos guardas estava prestes a abrir a porta da cela, mas um outro entrou correndo no local, despertando a atenção de todos.

Guarda: Senhor Yamaro! Trago más notícias. -O homem disse ofegante.

Tobi: Diga!

Guarda: Fomos invadidos! 

Tobi: O-o que?! E o que estão fazendo parados? Peguem os invasores!  -Ordenou novamente e o grupo de guardas saíram apressados. -Meus parabéns,  parece que seus amigos vieram mesmo. -Disse encarando os Okumura's. 

Dani: Diga-me algo que eu não sei. -A demônio sorriu orgulhosa. 

□□□□□□□□□□□□□□□□□□□□□□□□□

Após invadirem o local, a família de adolescentes começou a colocar seus planos em ação. O primeiro grupo já havia ficado para trás cuidando dos guardas, enquanto o segundo e o primeiro corriam por aqueles extensos corredores, procurando a cela de seus amigos. Iriam continuar prosseguindo com suas buscas, mas uma pequena explosão no centro do corredor fez com que todos parassem sua trajetória e desviassem da armadilha.

Charl: Olha só, Kira. Temos visitas, finalmente algo para nos tirar do tédio. -O garoto disse com um sorriso no rosto, pulando de uma pilastra e caindo em pé em frente ao grupo.

Kira: Não gosto de visitas, são insignificantes e atrapalham minha leitura.  -A quimera disse séria, se aproximando deles.

Yui: Leticia, vá em frente com seu grupo, cuidamos deles. -A anjo assentou e saiu correndo junto com Tyler e Yuno.

Charl: Kira, por que a Yuno-chan ainda está com esses caras? -Ele questionou pensativo. 

Yui: Ainda...? -Não levou muito tempo para a demônio ligar os pontos.

Luke: O que...? Temos que avisar a Leticia e os outros!  -O anjo correu tentando passar pelas duas quimeras. 

Kira: Você não vai a lugar algum, anjo. -O garoto acertou um golpe nas costas de Luke, o fazendo cair. -Não nos subestimem. 

Yui: L-luke...

□□□□□□□□□□□□□□□□□□□□□□□□□

Leticia: Eles estão perto, sinto isso. -A anjo disse enquanto corria.

Tyler: Eu também sinto.

Yuno: Vejam! -A garota gritou apontando para uma cela. -Estão ali!

Aumentaram a velocidade para conseguir chegar mais rápido até eles, mas antes que pudessem se aproximar mais, Tobi apareceu, entrando na frente do trio.

Tobi: Onde pensam que vão? -O garoto riu.

Tyler: Viemos salvar nossos amigos, seu idiota! -O anjo respondeu irritado.

Dani: Minna? Minna, estamos aqui! -A demônio gritou ao ouvir a voz do namorado. Os dois anjos sorriram aliviados, os gêmeos estavam bem.

Tobi: Vocês acham que podem? Pobres adolescentes.  -Riu. -Yuno, já fez seus trabalho. Pode parar de fingir...irmãzinha.

Leticia: O-o que...? -A garota olhou confusa para as duas quimeras.

Yuno: E-eu não queria...sinto muito...- Caminhou até o lado do irmão.

Leticia: Como pode?! Confiamos em você! Achei que poderia ser uma boa pessoa...-A olhou decepcionada. 

Tobi: Pare de drama. Agora, Yuno, mate-os. -Ordenou.

O silêncio se instalou no local, o olhar de Tyler era de raiva, assim como o de Leticia. Estavam dispostos a dar suas vidas para salvar seus amados. Yuno sacou sua espada, olhando para a lâmina por alguns segundos, onde viu o reflexo de seus olhos. Se olhassem bem, poderia ver dor neles, uma dor e frustração aprisionada dentro dela. Lembrou-se de Jimin, aquele que sempre acreditou em sua bondade, que a protegeu, que a cuidou e que, também,  a amou.

Yuno: Não. -Foi sua resposta,  apontou a espada para o pescoço do irmão. -Eu não vou seguir suas ordens, irmão. 

Tobi: O que está fazendo?! -O garoto se irritou. -Pare com essa piada agora, Yamaro Yuno!

Yuno: Não é uma piada. -Mesmo sem perceber, Leticia abriu um pequeno sorriso.

Tobi: Vocês acham que isso é uma brincadeira? -A quimera riu. -Pois não é. Nem sabem o que está por trás de tudo isso, não é?

Tyler: E o que está por trás disso tudo, baka? -O anjo questionou irritado. 

Tobi: Uma profecia...


Notas Finais


BOOOOMM!! hahahaha joguei.
Bom, foi isso, minna. Deixem o que acharam desse capítulo, é muito importante para mim saber o que estão achando, e até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...