História Angel's and Nephilin's - Capítulo 12


Escrita por: ~ e ~beaferx

Postado
Categorias Monsta X
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Min Hyuk, Show Nu, Won Ho
Tags 2won, Hyungwon, Jooheon, Kihyun, Minhyuk, Monsta X, Shownu, Wonho
Visualizações 117
Palavras 2.007
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Fantasia, Lemon, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoas do meu cori♡
Voltei ,com mais um Cap pra vcs.
Boa leitura ❤❤

Capítulo 12 - Nephilins


Fanfic / Fanfiction Angel's and Nephilin's - Capítulo 12 - Nephilins

Wonho ~

Depois que Hyungwon saiu de minha casa, eu e os garotos recebemos uma "visita" nada agradável. Alguém bate a nossa porta. Eu abro, pensando que talvez seriam nossos novos amigos Nephilins, porém quando vejo que são quatro anjos, sinto o ar faltar de meus pulmões. Eis que o assassino de meus pais está ali em minha frente. Cerro os punhos e o encaro com raiva, já não basta ele ter matado meus pais, ele tem que voltar para me importunar. Ele entra, sem ao menos pedir permissão, e me encara com um sorriso diabólico.

- Você cresceu, Wonho.

- O que você quer aqui, Seungjun?

- Só vim encontrar meus velhos amigos.

Seungjun aparentava ter 28 anos, mas todos sabíamos que ele era imortal, ou seja, sua verdadeira idade era, em torno, de 125 anos. Ele era um poderoso líder dos anjos caídos.

- Nós não somos seus amigos.

Shownu fala, saindo da cozinha.

- Ora, que falta de respeito tratar os convidados assim.

- Desculpe, mas acho que você não foi convidado a entrar nesta casa.

Changkyun fala.

- Não importa, eu preciso conversar com vocês.

- Nós não queremos falar com vocês. Agora saiam. -Jooheon fala, ficando ao lado de Chang.

Seungjun faz um sinal com a cabeça e quando Wonho percebe os outros anjos estão segurando seus amigos e Seungjun solta um sorriso macabro. Ele fala depois de um tempo.

- Vocês vão me escutar por bem ou por mal.

- Solte eles.

Wonho pede, com uma voz fria. Seungjun ordena que seus capangas os soltem e depois todos vão para a sala. Seungjun se senta em uma poltrona e os garotos são obrigados a se sentar de frente para ele. Ele começa a falar

- Como vocês devem ter ouvido por aí, eu venho roubando o comando de diversas regiões que eram controladas por Nephilins e nessa cidade não vai ser diferente, Fostter é uma cidade que carrega uma força mística grande. Isso nos ajudaria a ter mais poder aqui, por isso vim pedir a ajuda de vocês...

- Você quer que a gente te ajude a tomar o controle da cidade? -Wonho pergunta .

- Exatamente. E também vou precisar de ajudar para matar o líder deles e, claro, a família dele também.

Wonho engole em seco. Matar o pai de Chae? Matar o Chae? Não, ele nunca iria fazer isso.

- Matar Nephilins?

Shownu pergunta, claramente pensando em Minhyuk.

- Sim... por que vocês estão parecendo tão preocupados em relação a isso? Ao menos que... 

Neste momento, Wonho sabia que Seungjun juntou todas as peças.

- Então quer dizer que ele viraram seus amiguinhos ?

- Não é da sua conta. -Jooheon fala

- Não importa. Ou vocês me ajudam ou vão sofrer graves consequências.

Seungjun se levanta e, antes ir embora, fala.

- Amanhã eu estarei aqui e espero que vocês já tenham uma resposta.

Depois que ele e seus capangas saem, Shownu cai sentado no chão. Ele parecia realmente afetado pela ideia de matar Nephilins. Todos pareciam nervosos. Wonho resolve falar

- A gente devia contar para os garotos?

- Está doido? Nós só vamos deixar eles preocupados. -Chang fala. O mais novo parecia preocupado com seus novos amigos.

O outro dia foi péssimo. Wonho acordou com uma cara horrível, ele não conseguia dormir, pois as lembranças do que Seungjun falou ficavam ali. Quando Wonho viu Hyungwon chegar, ele conseguiu sorrir, pois esperava que o garoto lhe desse aquele  sorriso que tanto o fazia feliz, porém Hyungwon nem olhou para ele.

Wonho o encarava curioso e preocupado, depois de longos minutos ,Chae enfim o encara. Chae parecia péssimo, as olheiras eram nítidas e seu olhar carregava dor e segredos. Wonho ficou preocupado pois em nenhum momento do dia Chae sorriu para ele. No fim da aula Wonho resolveu esperar ele, observou o treino de lacrosse e todos os pontos que Chae marcava, quando, enfim, o treino acabou. Chae saiu do campo indo até o estacionamento, mas antes dele poder chegar ao seu carro, Wonho o puxa até o beco, o prende na parede e encara o garoto intensamente.

- Você está me evitando?

- Não.

- Então você simplesmente nem olha para minha cara, mas não está me evitando. - eu falo sarcástico.

- Eu só preciso de um tempo. - fala Chae, com uma voz embargada.

- Um tempo? O que aconteceu? O que você não está me contando? 

-Ainda não estou pronto pra falar disso .

- Achei que a gente confiasse um no outro.

Falo realmente sentindo um dor intensa no coração, começo a caminhar me afastando de Chae, mas ele me agarra pelo braço me abraça.

- Eu só preciso ter certeza de algo, mas logo irei te contar. Só, por favor, confie em mim.

suspiro.

- Okay, não me esconda nada.

Os dois permanecem abraçados por um tempo, mas o celular de Chae vibra. .

- Preciso ir, eu te amo.

Chae fala rápido, me dando um beijo. Eu vejo ele se afastar,como eu queria poder contar tudo para ele. Volto para casa abatido, quando chego encontro os meninos sentados na sala. Eles parecem discutir algo, quando me veem, param. E Shownu fala.

- Acho que a gente devia ir atrás do pai de Chae e contar para ele a história.

- Ficou maluco? Ele nunca vai acreditar na gente.

- Talvez se você falasse com o Wonnie, ele poderia nos ajudar.

- Talvez.

Os garotos discutem um pouco se devem ou não contar para os Nephilins. No fim, eles resolvem esperar mais alguns dias. Wonho vai até seu quarto e se surpreende quando vê Wonnie deitado em sua cama, logo abraça o Nephilim e se  questiona se deve ou não contar para Chae sobre Seungjun, prefere guardar isso por mais um tempo. O clima parece pesar entre os dois a cada segundo que passa. Eu falo depois de um tempo.

- Wonnie, o que tem acontecido com você ultimamente? Você parece relutante quanto à se aproximar de mim.

Falo com a dor nítida na voz, percebo que Chae força um sorriso ao falar

- Não aconteceu nada, só uns problemas com a ex do Kihyun.

Chae estava mentindo e Wonho sabia disso, ele finge acreditar. O tempo parece parar e o clima fica cada vez mais tenso, até que Chae se levanta da cama, alegando ter algumas coisas para resolver. Os dois se despedem rapidamente.

Wonho se deita na cama, ele sentia vontade de chorar. Ele queria que Chae confiasse nele, ele queria proteger Chae. Porém Chae parecia se afastar a cada dia e Wonho queria saber o por quê. Jooheon abre a porta de seu quarto anunciando que Seungjun estava ali, Wonho desceu as escadas decidido. Quando todos se reuniram na sala, Seungjun pergunta

- E ai, já se decidiram?

Wonho respira fundo e fala.

- Já, e quer saber Seungjun... nós não vamos fazer parte deste seu plano idiota.

Seungjun reprime seu maxilar e se levanta da poltrona.

- Como ousa chamar meu plano de idiota ?

- Eu realmente não tenho medo de você .

Wonho também se levanta, ficando frente a frente com o anjo caído a sua frente. Seungjun tenta acertar um soco em Wonho, ele desvia e acerta um soco certeiro no olho esquerdo de Seungjun. Seungjun se desequilibra um pouco, depois de se recuperar encara Wonho. A raiva nítida em seu olhar.

- É uma pena que você vá ter o mesmo fim que seus país.

Shownu se levanta e fala

- Seungjun, saía daqui .

Seugjun encara cada um dos garotos e antes de sair fala.

- Eu vou matar todas as pessoas que vocês tanto amam. E não pense que eu irei deixar vocês em paz, pois eu tenho vários olhos por esta cidade.

E logo depois de falar isso ele sai. Wonho corre para seu quarto, Naquele momento ele já não podia controlar suas lágrimas, ele estava com medo, medo de seus amigos se prejudicarem por ele, medo de perder a pessoa mais importante de sua vida, que era Chae. Pensamentos ruins rodeavam sua mente. Sua vida está se acabando ao poucos, quando ele pensou que, enfim, iria poder ser feliz com Wonnie, Seugjun aparece. Wonho nem percebe quando dorme e é acordado por Changkyun.

- Wonho, acorde.

- O que foi?

Wonho pergunta sonolento e se sentando na cama.

- Shownu foi falar com o pai do Wonnie.

- O QUE?

Wonho arregala os olhos, Shownu não podia ter feito isso.

- Minhyuk e ele saíram agora a pouco, Minhyuk o levou até onde o Senhor Chae está.

Wonho não estava acreditando nisso, mas que droga, tudo estava de cabeça para baixo. Ele se encontra com Jooheon que estava preocupado também. Os três se sentam à mesa. Esperando notícias, Shownu liga para Jooheon. Jooheon deixa no viva-voz.

- O pai do Wonnie me escutou pacientemente. Ele quer uma reunião com todos nós e com alguns Nephilins.

- Uma reunião?

- É, ele quer nossa ajuda para acabar com Seungjun.

Pelo menos algo de bom, pensa Wonho e se pudesse haver uma trégua? E se essa rivalidade acabasse? Era tudo o que Wonho mais queria. Como era sábado, eles não precisariam ir para à aula, levando isso em consideração o pai de Wonnie marcou a reunião às 17h30min.

Os anjos estavam nervosos e com medo de que algo desse errado. Assim que chegaram a o lugar onde  o Nephilins se encontravam, WonHo viu Wonnie, os dois se encaram por longos segundos. Wonho estava mais calmo por ver Wonnie ali. Porém seu coração ainda batia rápido, ele estava ansioso, ele só queria que tudo desse certo. Ele só queria poder abraçar e beijar Chae novamente, sem segredos, sem nada os separando. 

Minhyuk os guia até uma sala que aparenta ser de reuniões. Nela há uma mesa enorme com várias cadeiras. Wonho se senta de frente para Hyungwon. Wonho se permite encarar o Nephilim a sua frente. Chae parecia nervoso e mordia os lábios a todo hora, fazendo os mesmos ficarem vermelhos, seus cabelos estavam bagunçados e seus olhos fitavam Wonho. Wonho tinha que admitir, todos os Nephilins ali presente eram elegantes e pareciam esculturas de tão bonitos que eram. O pai de Wonnie logo começa a falar.

- Agradeço a presença de todos.

Todos concordam, depois de Shownu e o pai de Wonnie explicarem a situação, os Nephilins soltam várias exclamações de surpresa, inclusive Hyungwon. O pai de Wonnie fala, fazendo todos se calarem.

- Como é um momento delicado e como esses anjos traíram sua própria raça nós contando isso, eu aceitei à ajuda deles. Por um momento vamos esquecer essa rivalidade que nos divide e vamos lutar por nossa sobrevivência ao lado deles.

Wonho tinha que admitir:as palavras do Senhor Chae faziam qualquer um se inspirar. Os Nephilins concordam ao perceberem a gravidade do problema, pois eram sua vidas e as de suas famílias que estava em jogo.

- Vamos nos dividir e patrulhar cada canto da cidade, procurando informações, pistas e cuidando de nosso moradores. Irei dividir vocês em duplas para cuidarem de uma região, depois que o turno de outra dupla acabar.

O Chae mais velho começa a separar duplas e horários que cada um vai patrulhar a região. Shownu e Minhyuk ficam juntos e Wonho pensa que talvez não fiquei junto a Hyungwon. Até que o senhor Chae fala o nome de Hyungwon.

- Você vai ficar com a região da floresta no turno da noite. Sua dupla vai ser...

Analisa cada um dos Nephilins e anjos que estão ali, mas seu olhar para diretamente em Wonho.

- Qual é seu nome?

- Shin Hoseok, mas pode me chamar de Wonho.

- Bem, Wonho, você e Hyungwon serão uma dupla. Amanhã de noite vocês já podem começar o trabalho, está bem?

- Okay.

Respondem os dois juntos.

Wonho estava quase dando pulinhos, seria um ótima oportunidade para os dois se aproximarem novamente. Wonho dá  um sorriso discreto para Wonnie e se surpreende quando o Nephilim o corresponde.


Notas Finais


U.u. Até o próximo capítulo. Esperem ansiosamente.
Bye♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...