História Angels (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Angeologia, Anjos, Anjos Caídos, Drama, Pecados, Romance
Exibições 392
Palavras 1.462
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Hentai, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oi xuxus, perdoem a demora e me amem de novo (se alguma vez cês amaram djshfd)
tava doente e tinha viajado essas semanas e tava sem wifi pra ajudar então n deu pra postar antes
espero que compense a demora com o finalzinho do cap :)
se vocês ainda tão lendo aqui, podiam dar uma olhadinha na minha fic nova com o jimin? (vou colocar o link nas notas finais)
espero que gostem <3

Capítulo 9 - Inveja?


Fanfic / Fanfiction Angels (Imagine Jeon Jungkook) - Capítulo 9 - Inveja?

Abri a porta e abracei o Kook com força, ele colocou a mão na minha nuca e ficou fazendo carinho nos meus cabelos enquanto eu estava deitada no ombro dele. 

Entrelacei meus braços me mantendo presa à ele, sentia sua respiração em meu pescoço e sorri.  

-Tá melhor? -perguntou em um sussurro. 

-Não tem como ficar mal perto de você -falei e me afastei, encarando seu olhar brilhante acompanhado de seu sorriso meigo. 

-Quem era aquele homem? -abaixei a cabeça ao ouvir a pergunta e o puxei até o sofá. 

Contei a mesma história que tinha falado pro Yoongi, Kook ficou com uma expressão péssima durante a conversa. 

-Como alguém tem coragem de fazer mal pra você? -disse passando a mão em minha bochecha e eu sorri envergonhada. 

-Sempre foi assim, nem me surpreende mais, quando conheço alguém novo já imagino que algum dia essa pessoa possa me tratar mal. 

-Você acha que eu teria coragem de fazer mal pra você? 

-Depois que eu conheci um demônio que mais parece um anjo, nem sei mais no que pensar –sorri fraco. 

-Ah, o Yoongi –sorriu –Faz muito tempo que não vejo o hyung, ele faz muita falta lá em casa. 

-Me mata uma curiosidade –perguntei e ele balançou a cabeça afirmando –Como o Yoongi era? 

-Como assim? 

-Tipo, quando ele era vivo. 

-Ele era assim também, gostava de ajudar as pessoas mas dizia ter preguiça de ser bom o tempo todo, por isso boa parte do tempo ficava dormindo, pedia pros meninos fazerem as coisas por ele, não tinha nenhum amigo além de nós por se mostrar um cara extremamente frio. Eu gosto muito do hyung, ele se importa demais com a gente só que prefere não demonstrar com afeto e sim com ações.  

-Ele tem me protegido e ajudado muito. 

-Imagino, o hyung gosta muito de você, se sinta honrada, ele não gostava de garotas quando era vivo. 

-Ele é... -perguntei e Jungkook sorriu por causa da entonação. 

-Não, ele não é gay. As meninas eram meio babacas com ele, além de que eram muito fúteis, e futilidade é mais a cara do Jimin. Você foi a única menina que ele se sentiu confortável e demonstrou afeto. Ele nunca invadiria o quarto de uma pessoa só pra cuidar dela, acha mesmo que ele trocaria a cama quentinha pra passar a noite dormindo em uma poltrona do lado da cama de uma garota apenas pra ver se ela está dormindo em paz? Você mudou o hyung, pra melhor. 

-Ele merecia as asas de anjo de novo –falei segurando no colar. 

-O pessoal lá de cima- disse apontando pro céu pela janela- Eles são muito rigorosos, acho bem difícil voltarem atrás de uma decisão tão pesada, além de que foi escolha do hyung. 

-Exatamente por isso deveria ser mais fácil, o Yoongi escolheu ser um demônio e não foi pro inferno porque merecia. 

-Nós cometemos muitos pecados, a gente merece passar por tudo isso, infelizmente. 

-Você acha mesmo que merecem vagar pela Terra ao invés de ficarem em paz assim como o Tae? 

-O Tae sempre foi muito puro, inocente e doce, os hyungs o adoravam e eu ainda mais, ele é melhor meu amigo, ou bem, era. Ele merece as asas brancas que tem, mas pretende chegar nas douradas. 

-Vocês tem um tipo de ''ranking'' com a cor das asas? -perguntei confusa e ele riu baixinho. 

-É tipo isso, os demônios tem asas pretas e dependendo do seu nível de força controlam o fogo azul ou vermelho, depois vem os anjos caídos com as asas pretas e brancas, acima de nós tem os anjos da guarda que tem as asas brancas e acima desses tem os anjos puros que tem as asas douradas. 

-Entendi, mas como é aquele esquema do fogo dos demônios? 

-O Yoongi é um demônio extremamente forte por ter sugado o poder de todos nós ao mesmo tempo, ele carrega os seis pecados capitais com ele e pode usá-los do jeito que quiser, por isso controla o fogo azul ao invés do vermelho. 

-Esse negócio de anjo é bem mais complicado do que eu imaginava –sorri- Mas então um demônio e os anjos caídos não podem voltar a ser anjos? 

-O demônio é mais difícil, tem que ser perdoado por ''entidades'' superiores e ter se arrependido sinceramente, já os anjos caídos podem ser salvos apenas por um anjo puro. 

-Então vocês ainda podem sair daqui? Isso é uma boa notícia, né? -falei animada. 

-Seria, mas tenho pensado seriamente em fazer igual o Yoongi. 

-Quer virar um demônio? 

-É, talvez –lembrei do pedido que Yoongi tinha feito, não posso deixar que o Jungkook continue pensando nisso, eu prometi que o impediria de virar um demônio. 

-Para de pensar assim, você não pode me deixar aqui. 

-Eu faria como o hyung faz, viria te ver sempre. 

-Quero que você fique comigo, se virar um demônio prefiro que fique no inferno mesmo –medidas desesperadas, a gente vê por aqui. 

-Bom saber que gosta tanto assim de mim –disse irônico. 

-Não gosto de você, eu te amo –sorri e o puxei para um beijo calmo, não queria brigar por causa da decisão precipitada dele, só queria passar o maior tempo possível com ele, sem nenhum tipo de discussão. 

Jungkook é tão perfeito que seria perda de tempo brigar com ele, afinal, quem sairia perdendo seria eu mesma.  

-Eu queria passar o resto da minha vida com você, sabia? -falei assim que nos afastamos. 

-Pena que eu já morri –sorriu e eu dei um tapa em seu ombro. 

-Imbecil. 

-Mas isso é um bom sinal. 

-Ah é, por que? 

-Porque eu sou imortal agora, posso passar minha eternidade ao seu lado. 

O abracei e senti um beijo leve em meu pescoço. 

-Você percebe que sua vida tá uma merda quando o ápice dela é ficar com um garoto de 18 anos que inclusive já morreu. 

-Acabou com o clima, sua babaca –Jungkook disse rindo e então o beijei novamente. 

Não importa que você esteja morto, no meu coração vai continuar vivo para sempre. 

Taehyung P.O.V 

Passei na frente da casa da ______ para ver se estava tudo bem já que desde o dia do cemitério não conversamos mais, ela ficou muito chateada com a partida do Yoongi. Mesmo que eu soubesse que ela gostava mais da companhia dele, minha missão ainda é protegê-la. 

Afastei a cortina da pequena janela da cozinha e consegui ver Jungkook beijando ela no sofá. 

Sei que eles se gostam e tudo mais, mas ela parece me ignorar em todos os sentidos. Não quero obrigá-la a gostar de mim, mas fiquei sabendo que ontem ela preferiu chamar o Yoongi pra ajudar ela ao invés de mim. 

Desde o começo foi assim, fui me apresentar pra ela e o Jungkook conseguiu chamar mais a atenção dela apenas sentando do seu lado. O Yoongi conseguiu a confiança dela apenas por ter contado a verdade sobre nós antes de mim, ele é um demônio, ele quer me destruir, só pode. Agora tenho uma protegida que prefere confiar em um demônio e no anjo caído da luxúria, o Jungkook pode estar usando a merda do poder de sedução dele apenas pra fazer ela gostar dele, será que ela não percebe que eles não são bons? 

Eu sou seu anjo da guarda ______, você devia me amar. 

Senti uma dor muito forte nas costas, como se uma faca fincasse na minha coluna, logo também senti como se uma das penas das minhas asas tivesse sido arrancada a força. 

A pena branca saiu flutuando e caiu no chão em minha frente, logo ficou completamente preta e então começou a queimar em meio ao fogo azulado. 

-Yoongi –exclamei ainda observando a pena queimada. 

-Bom saber que você me reconhece só pelo fogo –sorriu irônico assim que levantei a cabeça. 

-Bem que eu escutei o barulho da naja se aproximando. 

-Nossa, quanta ousadia pra um anjinho –disse ainda sorrindo. 

-Por que você tá aqui? 

-Você mudou tanto Tae, pena que não acho que foi pra melhor. Eu gostava bem mais de você quando estava vivo, agora você se acha tão especial com as suas asinhas de algodão, se tornou tão sem graça. 

-Minha única missão é ser bom e não engraçado. 

-Que Deus te proteja então, se bem que é melhor eu não falar de Deus vai que ele me castiga né? Se bem que ele tá pouco se fodendo pra mim, assim como você. 

-O que você quer? Fala logo. 

-Eu vim te avisar que você tá indo pra um caminho sem volta, Taehyung, isso –disse apontando para a pena queimada –Vai acontecer com as suas asas se você continuar pensando assim. 

-Pensando como? 

-Você nem percebeu, não é mesmo? Está começando a ter inveja do Jungkook. 

Inveja?


Notas Finais


fic nova do jiminie: https://spiritfanfics.com/historia/we-dont-talk-anymore-imagine-park-jimin-7090344
taetae com inveja é isso mesmo produção?
cês são team Yoongi ou team Taehyung?
espero que tenham gostado <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...