História Anjo da guarda (peybrina) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Peyton Meyer, Sabrina Carpenter
Personagens Personagens Originais, Peyton Meyer, Sabrina Carpenter
Visualizações 8
Palavras 799
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Josei, Lemon, Lírica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Sobrenatural, Steampunk, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero q gostem e boa leitura

Capítulo 2 - O ANJO DA GUARDA DELA


Fanfic / Fanfiction Anjo da guarda (peybrina) - Capítulo 2 - O ANJO DA GUARDA DELA

Contei a ele l q aconteceu
- wow , ok, podem entrar- assim fizemos, como sempre, todo aula é em dupla, ajudo a menina a se sentar, me sento ao lado dela
- posso ficar aki ?
- claro - fala ela sorrindo
- seu sorriso é lindo
- obrigada- responde ela avermelhada, sorrio
- até agora n perguntei seu nome...
- sou sabrina
- muito prazer sabrina, sou peyton- falo estendendo a mao, ela a segura e fala sorrindo
- o prazer é todo meu peyton
( autora)
Os dois conversaram por mais um tempo, 2 semana depois resolveram sair,(sabrina tinha a carreira musacal tb,mas n era taaoo famosa, mas é bem conhecida, peyton n a conhecia ate ela falar)(peyton tb era cantor, mas tb n esta taaoo famoso, mas tb bem conhecido)( sexta anoite)(peyton)
Terminei de me arrumar, (roupa da imagem d ambas as partes)mando mensagem para sabrina
@loirinha [email protected]
Eai loira, ta pronta ?
To
Entao to indo te buscar
Ok
Saio do celular e pego meu carro ( como em algumas outras fics minhas, pode dirigir com 16 anos) e vou até a casa dela, chegando na casa dela, bato buzina, depois d um tempo ela sai, saio do carro e vou ate ela, a dou um abraço, a mesma retribui, abro a porta para ela, ela sorri e fala
- olha elee, todo cavalheiro- enquanto entra
- eu sou cavaleiro mb- falo brincamdo, percebo q ela se envergonha, sorrio e fecho a porta, entro no carro, dirijo até um restaurante n tao conhecido, mas muito bonito, chegando la, saio do carro e a ajudo a sair, estendo o braço, a mesma segura, atravessamos a rua e entramos no restaurante, escolhemos uma mesa, algumas pessoas nos reconheceram, terninamos d comer, e ficamos la conversamdo ja era tarde da noite, mais ou menos 21:40 da noite, saimos andando, sabrina foi a dando na frente, ela se vira pra mim e sorri, um carro vai em direção a ela, n pensei muito, corri até ela, a abracei e me virei d costas para o carro
(Sabrina)
Estavamos saindo do restaurante, eu estava indo na frente até q me viro para tras e sorrio para peyton, ele sorri d volta, até q seu sorriso desaparece, ele corre em minha direção e me abraça, olho e vejo um carro vindo e acertando peyton, vejo um forte brilho, fecho os olhos, os abro novamente e vejo peyton e... ele estava com asas ?!
(Peyton)
Depois q o carro me acertou algumas lembranças voltaram a tona, como o fato d eu ter asas e saber controla-las, olho para k careo e vejo o mesmo kra q estava tentando estrupar sabrina no dia em q eu a conheci, ele sai do carro em desespero, e aponta a arma pra mim e começa a atirar, escuto sabrina gritar meu nome, coloco minhas asas na frente das balas fazendo uma especie d escudo, nd passa por elas, disso eu lembro, vou ate perto do kra e o agarro pelo pescoço, e falo
- va embora e nunca mais volte - o soltei, ele corre- pera ai- falei segurando ele- se caso pergutarem, fala q o anjo da guarda dela ta protegendo ela ok ?!
- si-im chefe
-bom mesmo- solto ele, ele entra no carro e sai d re, sinto alguem me abraçando, olho e vejo sabrina, retribuo o abraço, volto com minhas asas as fazendo sumir novamente
- vc ta bem ?pequena ? - ela me solta e me da um soco
- nunca mais me de um susto desses
- he hei, calma ai, aimda doi
- desculpa
- calma, tl brincando- fomos até o carro, ela ficou quieta a viagem inteira, chegando na porta d sua casa eu paro o carro, ela demora um pouco e fala
- oq... oq aconteceu la ? - respiro fundo e falo
- olha, até pouco tempo eu n fazia isso, é dificil d explicar, so sei te dizer q eu sou um ser bom, q foi enviado para o bem, para proteção
- como vc sabe disso  ?
- nao sei, eu sinto...acho q é isso, sinto q... des do momento q te protegi aquele dia, senti uma coisa, comecei a gostar d vc, senti q deveria te proteger,e agora q vc esteve em um perigo maior, isso aconteceu- falei apontando pra minhas costas- sinto q eu estou ligado a vc, mas é uma coisa seria,tipo sei q eu so posso ficar ligada a vc se vc permitir...eu te amo...sinto q sou seu anjo da guarda
- wow, é muita coisa pra raciocinar
- eu sei - falo olhando pra rua com uma mao no volante e a outra no freio d mao, sinto a mao d sabrina sobre a minha,tao quente e macia


Notas Finais


Espero q tenham gostado, um beijo na testa e até a proxima meus anjos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...