História Anjo da minha vida - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Shikamaru Nara, Temari
Tags Shikamaru, Shikatema, Temari
Visualizações 84
Palavras 1.256
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ola anjos e demônios
Trago mais uma fanfic aqui para vocês, essa será narrada totalmente pelo shikamaru, então não terá aquele problema com a troca de narrador.
Mas caso eu vá trocar de narrador avisarei nas notas do autor.

Bom, sem mais enrolação
Vamos ao capítulo!

Capítulo 1 - Demônio das sombras


Fanfic / Fanfiction Anjo da minha vida - Capítulo 1 - Demônio das sombras

Ai que tédio! Aqui não tem nada para fazer. Estou deitado na margem do rio de lava já faz algumas horas, mas não consigo dormir - oque não é normal, já que de minha raça eu sou o mais preguiçoso.

Eu estava começando a cochilar quando escuto um grito alto e esganiçado chamando meu nome . . .

???: NARA SHIKAMARU!  SEU FILHO DE HADES PREGUIÇOSO, LEVANTE LOGO E VENHA TREINAR!

aff, essa é minha mãe, Nara Yoshino, ela tem os cabelos negros e os olhos cor de avelã, tem um belo corpo, cintura fina, seios medianos, quadril  - bunda - média e coxas e pernas torneadas. 

Ela é uma ótima mãe, cuida de mim como a própria vida, mas quando ela se irrita, só Hades na causa.

Shikamaru: TO INDO MÃE! 

Me levantei a contra gosto e caminhei até minha progenitora, que me  aguardava com uma feição não muito agradável . . . Ou droga! 

Yoshino: Oque você estava fazendo garoto? Seu pai já está ficando impaciente com sua demora.

Shikamaru: Desculpe-me mãe, estava distraído. 

Yoshino: Tudo bem meu filho, agora vá, seu pai o espera na biblioteca do castelo.

Ela sorriu doce e afagou meus cabelos - mesmo eu sendo um pouco mais alto do que ela. Caminhei calmamente até a biblioteca do castelo, mas não mentirei, estou um pouco amedrontado; meu pai não é de se irritar facilmente, então eu realmente devo ter demorado. 

Apressei um pouco o passo, estava correndo quando esbarro em alguém no caminho.

???: Desculpe Shika, não estava olhando. 

Droga de todas as pessoas que eu poderia esbarrar, tinha que ser logo a ino? Ela não é feia, muito pelo contrário, ela é loira, tem olhos azuis-safira e um corpo muito bonito. Ela é parte do clã yamanaka, uma raça de demônios que tem o dom do controle mental. 

Não sinto nada por ela, já fiquei algumas vezes com a mesma - mesmo estando no século XVIII, nós os demônios, não ligamos para oque acham de nós; ficamos com quem quisermos até nos saciar.

Shikamaru: Tudo bem ino, agora saia de cima de mim, estou com pressa!

Ino: Oque pode ser mais importante que eu, a garota que você ama?

Um detalhe, ela é perdidamente apaixonada por mim, mas eu não sinto nada pela loira. Para mim foi apenas uma noite e nada mas.

Não me dei o trabalho de responde-la. Apenas a empurrei para o lado, me levantei e me pus a correr novamente em direção a biblioteca. 



Cheguei na biblioteca, onde encontrei meu pai com uma feição desagradável. Droga, demorei tempo demais com a ino.

Shikamaru: Er . . . Oi pai.

Dei um sorriso forçado, mas meu pai não se convenceu, apenas endureceu ainda mais sua feição. 

Shikaku: Shikamaru, tenho uma coisa para falar com você, então sente-se. 

Me sentei e o olhei, fiquei um pouco preocupado, ele não costuma me chamar para conversar, sempre fui um  ótimo filho - mesmo sendo um demônio sou um filho obediente, nunca desobedeci meus pais. 

Olhei para meu pai, o mesmo é o líder do clã Nara, o clã Nara é o clã principal na raça dos demônios, controlamos as sombras e podemos criar portais pela mesma. Isso facilita muito nossa movimentação pelo território inimigo, ou seja, o território dos anjos;  minha família os odeia profundamente, e eu também - embora eu não tenha motivos pessoais para odia-los, apenas os odeio e nada no mais profundo sub-mundo mudará minha opinião.

Shikaku: Então filho, oque tenho para conversar com você é bem sério

Shikamaru: Pode falar pai.

Shikaku: Eu quero lhe fazer um pedido . . .

Shikamaru: Pedido?  Que tipo de pedido? 

Shikaku: Quero que vá até a superfície e faça uma coisa para mim. 

Tudo bem, estou ficando desconfiado . . . Meu pai não é de pedir favores a mim, na verdade ele não pedi nada a mim já que geralmente eu tenho preguiça de fazer oque me pedem

Shikamaru: Que coisa?

Shikaku: Quero que sequestre uma pessoa para mim

Shikamaru: Tudo bem, quem tenho que sequestrar?

Sequestro é algo normal para nós,geralmente fazemos isso por diversão, apenas para ver o desespero dos humanos.

Mas dessa vez parecia algo mais, parecia que precisávamos da pessoa que eu vou sequestrar para algo maior; mas oque?

Shikaku: Quero que você sequestre  Temari

Shikamaru: Uma humana? Fácil pai, eles são muito fáceis de manipular.

Shikaku: Ela não é uma humana, ela é uma anjo, mais especificamente a filha da Luz. 

Shikamaru: Tudo bem, eu faço isso.


Ficamos conversando por um certo tempo, ele me que senhorita que tenho que sequestrar é loira, um loiro puxado pro mel, olhos verde-musgo e um corpo esbelto - sem muitos detalhes dessa parte, Oque seria interessante. Pode não parecer, mais sou um pouco cafajeste. 

~Uma semana depois~

Que tédio, hoje é o dia que eu subo para superfície.  Lá é tão tedioso, as mulheres são fáceis - pelo menos vou me divertir com ela rsrs.


Me despedi da minha mãe, e fui a caminho do único portal que leva até  o mundo dos humanos.

Lá cumprimentei o guardião do portal, o mesmo o abriu para mim e eu pude ver o outro lado; tinha uma Praça, e algumas pessoas. Respirei fundo e passei pelo portal e senti o vento morno bater em minha face, e o cheiro doce das pétalas entrou por minhas narinas. Era um cheiro agradável. 

Como só carregava um mochila, comecei a andar pela praça, aqui é um lugar bem bonito. Continuei andando meio sem rumo, até que vi a coisa mais bonita da minha vida. . .  Sentada num banco afastado, em baixo de um macieira, estava uma garota loira lendo um livro, ela usava um vestido branco  colado até a cintura e rodado até acima do joelho, o vestido era branco com alças finas e delicadas, dando um ar fofo e delicado a moça. 

Me aproximei devagar e me sentei ao lado daquela linda dama. Ela assim que notou que sentei ao seu lado seu afastou e continuou a ler seu livro. . . Ta bem, vou tentar puxar assunto

Shikamaru: olá

???: o-olá

Ela ficou um pouco corada, e isso só fez eu acha-la ainda mais fofa

Shikamaru: Prazer, sou Nara Shikamaru, e você é . . .?

???: e-eu sou Te-Temari

Temari, nome muito bonito . . . Espera ai, temari é o nome da garota que eu tenho que sequestrar.  Mas talvez seja apenas o mesmo nome.

Shikamaru: Nome bonito, para uma garota bonita

Isso funciona com todas. Ela deu um sorriso tímido,  e quando a mesma foi responder a minha investida, foi cortada por uma voz masculina gritando . . .

???: TEMARI! 

 A mesma se afastou rapidamentede mim e se colocou em pé com a cabeça abaixada

Temari: Si-Sim Sasori-san?

SASORI?! O ARCANJO DA CIDADE DA LUZ?! Ouvi dizer que ele protege a filha da Luz . . . Pera, o nome desta moça é temari, e o arcanjo da cidade da Luz está atrás dessa moça cujo nome é também é temari . . . Não pode ser, pode? 

Sasori: Temari-san, eu já lhe pedi para não sair da cidade da Luz sem minha companhia. 

Ele parece preocupado.

Temari: Me perdoe sasori-san, foi sem querer. 

Ela abaixa a cabeça e o garoto ruivo e de olhos avelã se aproxima da mesma e lhe abraça

Sasori: Tudo bem, mas agora vamos para casa, seu pai está preocupado com você my lady.

Ela apenas acentiu, me deu um aceno como despedida e se distanciou com o garoto ruivo.

Dei um suspiro e fiquei sentado lá na praça, pensando em como fui tonto ao ponto de deixar minha vítima escapar assim. Mas ela é linda, Não minha missão é sequestra-la, Mas que ela era linda . . . Ela era!



Notas Finais


Ola anjos e demônios
Espero qie tenham gostado do capítulo
O próximo saira no sábado ou no domingo.
Me perdoem qualquer erro, e deixem seus comentários para eu saber se vocês estão gostando.
Até o próximo
Kissus de miojo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...