História Anjo da morte - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Baby Daddy
Tags Hentai, Romance, Terror
Exibições 3
Palavras 650
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Meu primeiro amor


Ela me bj enquanto chorava quando derrepente Alice entra no banheiro

- Luana 0.0

Paramos de nos bjr

- A-Alice ?

- oq está acontecendo aqui

- Alice n eh oq vc está pensando ( disse Lorena )

- Eu sei bem oq eu vi

- foi eu q bj ela

- como assim

- só estava triste e chateada

- ae vc a bj ?

- sim

- Luana vem cmg ela n presta n serve pra ser sua amiga e eu posso te proteger

- não eu n vou Alice quem eh vc para dizer quem presta e quem n presta ? Agr eu mesma posso me proteger

Eu saí do banheiro puxando o braço da Lorena e levei ela para o quarto

- Luana me desculpa

- tudo bem n precisa se desculpar

- ahhh me desculpas !!!!

- calma Lorena

- eu estou me sentindo culpada

- s-se eu t-te beijar vc vai ficar melhor ?

- s-s

Eu me inclinei levemente e dei um selinho nela até q ela me puxou pra cima dela

- Lorena oq vc está fazendo ?

- desculpas me descontrolei

Eu saí de cima dela e sentei do lado dela nois ficamos mais ou menos 20 minutos em silêncio

- Luana desculpa

- rlx

- E-eu gostei do seu bj

Eu fiquei em silêncio n sabia oq fazer

- eu tenho q te contar uma coisa Lorena

- oq foi Luana ?

- eu gostei de quando vc estáva triste n sei porque a sua expressão era tão divina

- vc gosta de me ver sofrer ?

- acho q s me desculpa foi por isso q te bj tbm eu n deveria gostar de ver vc triste

Alguém abre a porta

- Luana ?

- oi Alice

- podemos conversar ?

- podemos

Eu me levantei e foi para o pátio cm a Alice

- Luana vc n pode mais ter amigos

- oq vc quer dizer cm isso ?

- sua mãe te colocou nesse colégio pra isso pra vc fazer amigos

- bondade da parte dela n acha ?

- n ela quer q vc os mate q vc vire um demônio

- para de paranóia

- n eh paranóia Luana vc n entende ?

Eu fui para o quarto e a Alice veio atrás de mim

- Luana n

- não oq ?

Eu puxei a porta e me deparei cm o corpo da Lorena cheio de cortes e sangue eu admito q amei aquela sena de sangue mais era minha amiga eu comecei a chorar

- Luana vamos sair daqui ?

- não vc n vê ela se matou e a culpa eh minha !!!!! ( Eu gritava estava sentindo tanta dor )

- cm assim sua vc n tem culpa Luana

- tenho s eu disse pra ela q gostei de ver ela sofrer

Ela ficou em silêncio e chamo a diretora dps de alguns minutos ela chegou

- Luana se afaste dela

- n diretora!!

- os policiais vão leva-la

Um dos policiais me segurou enquanto os outros levaram ela para a ambulância eu gritava pra ninguém leva-la então eles a levaram eu sentei na cama dela e abraçei a blusa dela

- Luana ?

- Me deixa em paz

A Alice saiu do quarto eu olhei para o lado e vi uma carta e comecei a ler

Alguém abriu a porta

- desculpas Luana

- de boas Alice

- oq dizia na carta ?

- como vc sabia da carta

- eu vi ela escrevendo

- dizia o quanto ela me amava

- n fica assim Luana vc n precisa dela vc tem a mim

- qual eh o seu problema ? Eu amava aquela garota

- como assim Luana ?

- eu bj ela de novo o bj dela era tão doce

- Luana ( ela me olha assustada )

- oq foi ?

Seus olhos estão ficando sem brilho 


Notas Finais


:3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...