História Anjo Suicida - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Cartas, Cortes, Depressão, Drama, Fim, Revelaçoes, Suicidas, Textos, Vida
Exibições 30
Palavras 299
Terminada Não
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Xurumela

Capítulo 10 - My life


Fanfic / Fanfiction Anjo Suicida - Capítulo 10 - My life

Claro que há coisas que me arrependo, coisas que gostaria de desfazer, coisas que mudaria se eu pudesse, mas devemos viver com resíduos de nossas escolhas; e com as conseqüências de nossas ações Você sabia o que dizer, mas não disse. Sabia o que fazer, mas não fez,tudo por medo de se machucar. Mal sabia você, que estava perdendo a chance de ser feliz.Eu me coloquei em segundo lugar, só pra deixar você em primeiro. Eu passei a amar menos as pessoas, pra poder te amar mais. E em todo lugar que eu ia, eu queria estar com você. Eu deixei todas as pessoas do mundo por você. Porque eu achava que você valia mais do que todas as pessoas do mundo juntas. Eu achava que você era tudo.Quando a gente é criança, não vemos a hora de sermos adultos. Quando começamos a trabalhar, não vemos a hora de aposentar. Quando começamos a namorar, não vemos a hora de se casar. É por essas vontades de pular de tempo em tempo, que perdemos as melhores partes; passamos boa parte das nossas vidas querendo o futuro, e esquecemos totalmente do presente, do hoje, do agora, das brincadeiras de infância, dos ensinamentos da família, da paixão ardente do namoro, do prazer em ver um filme embaixo das cobertas; das loucuras de amor, rosas e buquês. E quando ficamos velhos, tudo que queremos é voltar no tempo, mas o tempo não volta, eu resmungo, falo alto e uso palavrão como se fosse advérbio de intensidade. Detesto salto, não to nem ai pra lugares caros e troco qualquer festa chata por um role na casa dos amigos. Quando eu quero, ninguém me faz mudar de ideia. Não nasci pra ser controlada, mandada, aprisionada. Eu tenho alma livre, mesmo sem asa, aprendi a voar.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...