História Anjo Suicida - Capítulo 38


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Cartas, Cortes, Depressão, Drama, Fim, Revelaçoes, Suicidas, Textos, Vida
Exibições 12
Palavras 513
Terminada Não
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 38 - Saudade


Já é de noite e eu não consegui dormi, pois eu estou pesando em você. Em nós. Já faz muito tempo, mas eu me lembro muito bem. Sabe a muitas coisas que deixamos pra trás que não foi resolvido, mas estou disposto a tudo pra te ter aqui, te ver novamente. Sabe o tempo pode ter passado e a gente cruzado caminhos diferentes, mas eu não posso negar eu ainda te amo, eu ainda te quero. O tempo passou, ele não se cicatrizou. Ele me deixa recordações, momentos, historias inacabada e que eu preciso viver tudo novamente. E hoje eu vejo nossas fotos, nossas musicas, tudo e não a nada que me faça esquecer, que me faça mudar. Você pode ate ter me esquecido. Mas eu sei que você me da à mão novamente, apagamos todo o passado, começamos um futuro novo. Uma historia nova. Pois se você quer saber até ganho alguns socos, eu só capaz por você. Sabe você faz tanta falta. Eu me importo com você. Desculpe-me se no passado eu te vez sofrer era um moleque e não sabia como agir. Tive que te perder pra te dar valor e ver realmente o quanto tu e importante para minha vida, para mim. Eu só queria te abraçar novamente e poder parar o tempo ali e nunca, mas te largar, só queria ficar contigo para sempre. Sei que para sempre acabam então queria eternizar o tempo ali ao seu lado.  Eu já não sei o que te falar, eu já não sei o que estou sentindo. Mas e algo em maior que eu. Algo bem maior que nos dois. Algo que eu não consigo controlar. Não agüento, mas guardar isso em segredo me sufoca me machuca, me corroem, me queima por dentro. Se não for pra dizer que te amo prefiro não disser nada e morrer com o silencio das palavras. Queria ser eterno ao seu amor. Queria que você me amasse pelo que sou não pelo que tenho. Queria ouvir um importar. Queria ouvir um fica. Queria ouvir tua voz nem que fosse pela ultima vez. Amor vou te ligar, só mas hoje, só pra escutar um sim, mas se não for. Eu não me importo, pois, escutei sua voz pela ultima vez e eu vou eternizá-la no meu coração. Pois ela e o que eu preciso pra respirar, ela e o oxigênio que corre em minhas veias. Mas eu sinto que te perdir então  vou deixá-la partir .Pois um outro tomou meu lugar. E eu irei morrer de dor e sofrimento, mas terei sua voz de recordação. Esse foi minhas ultimas expectativas. A ilusão me corrói. Ela me queimou por dentro. Ela me machuca, ela me partiu de uma forma que meu coração ficou em pedaços, e arrancado de lá de dentro. Ele foi arrancado de uma forma cruel e mortífero. A irrealidade me corta numa solidão que eu não só capaz de acordar dela. Eu só queria sonhar, mas um dia. E te encontrar novamente.  Quem sabe.  Eu só te veja em fotos, mas uma vez. (Xurumela:-)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...