História Anjos e demônios - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Visualizações 19
Palavras 3.841
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ecchi, Fantasia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 13 - Viagem frustrante


Terça 22:00 da noite 

Bom tudo naquela noite poderia parece normal bem quase tudo se nossos queridos protagonistas tivessem um longa e talvez dolorosa viagem a fazer de volta a coreia 

Eee ao que tudo indica os pais do moreno se mudaram de casa praticamente em cima da hora oque foi talvez a pior coisa que pode ter acontecido ao garoto por que ?bom primeiro 

1- eles se mudaram pra coreia do sul oque fica algumas horas de avião oque seguinifica passagem mais cara 

2 - seu tempo de vida tava se esgotando 

3 - eee terceiro e não menos importante odiava itachi

- ei sasuke você não acha que foi muita maldade da sua parte coloca o seu  irmão pra ir pra lá dentro de uma caixa - pergunto a rosada olhando aos aredores 

Bom minutos atrás avia descobrido que o moreno mais novo avia colocado o irmão mais velho dentro de uma caixa pra poupar passagem oque a menina acho um tanto mal 

- olha sakura - começo moreno puxando a garota pro acento da segunda classe -  somos pobres e lascados da vida era isso ou todo mundo ir de pé pra coreia - bufo  arrumando um acento e centando 

-  isso foi maldade - sento ao lado do moreno - ouvi fala que quando somos maus demais  podemos desenvover carmas que voltam pra gente duas vezes pior - disse pegando um livro sobre a vida e sua sorte 

- blá blá livros idiotas não sabem de nada - pego uma garrafinha de aguá levando a boca 

Bom de um tempo pra cá a rosada avia desenvovido gostos peculiares por leitura e oque mais lhe agradava era livros sobre a vida e significados oque amendrontava o moreno ja que a um tempo atraz a rosada viu em um livro que pessoas preguisosas de mais vão queima no fogo do infenor literalmente 

- ei sasuke - disse a rosada arrumando as malas enquanto o moreno supervisava 

-oque ?- se espreguiso na cama 

- você sabia que pessoas priguisosas e que tem priguiça ate de anda tende a fica paralitico e queima no fogo do inferno - disse dobrando outra peça de roupa dentro da mala 

- OQUE ???

Bom depois disso o moreno começo ate medo ate da propia sombra bom isso so pioro quando tavam quase pra sair de casa e a menina demorava mais que o normal 


- QUE MERDA - grito o moreno no batente da porta ja com sua mala e o irmão ao lado segurando uma caxa gigante  -  EI ROSADA MORREU AI DENTRO DESSE QUARTO SE FOR POSSO CHAMA O IML  - bufo contorsendo o nariz ao senrtir cheiro de queimado 

-  EI SAKURA OS MACONHEIRO DO BAIRRO VAI BATER TUDO AQUI NA PORTA PENSANDO QUE AQUI VIRO PONTO DE DROGA QUE MERDA DE FUMAÇA E ESSA ! - esmurro a porta 

- oque - abril a porta enquanto uma onda de fumaça saia do quarto 

Cof cof

- que merda e e - foi interonpido 

 - pronto todo o lugar ta purificado e salvo das más vibrações - junto as mão e fecho os olhos 

- eu em viro cigana foi se foi sai de reto e leva o zepilin e suas pomba gira junto - arregalo os olhos 

- Fica queto - 

Bom isso vem acontecendo a um tempo atrás quando a rosada descubrio a tão famosa livros misticos ou manual de como se macumbera como o moreno nomeo 

- Olha aqui tambem fala como se purifica um espirito - falo empolgada 


- conliscênça - tomo a revista das mãos da garota -  vamos deixa os pobres espiritos descança em paz eu assisti mandagascar 2 esses dias e o jornal nacional onde a muie morrel caindo de um elicoptero ja to traumatizado o bastante - sento em cima da revista 

- eu em isso e um sinal essa sua negatividade - se arrumo na poutrona 

- RAAA OLHA ISSO - grito garoto abrindo um saquinho cheio de crusifixo e jogando tudo ao redor da poutrona deles 

Não demoro muito pro avião levanta voou 

***

- não sabia que a coreia era tão longe asim  -resmungo o garoto pela nona vez em um curto espaço de tempo 

-umm - murmuro a rosada sem interesse algum 

 - acho que descobri que a bunda pode sim fica quadrada em um cadeira - volto a resmunga o garoto 

-Ummm- murmuro a garota 

- por que tão longe - fez suspiro ezagerado 

- silêncio - murmuro a garota 

- ate parece que a coreia mudo de indereço e se encontra na america - resmungo 

- to nem ai - murmoro a rosada ja perdendo o fio de paciência 

- ISSO E UM ABIRSURDO NA PRIMEIRA CLASSE ELES SERVEM SUCO DE PITANGA E BOLO  E NA CLASSE POBRE ELES SERVEN AGUÁ FILTRADA E CREME CRAkER QUE ABSUDO SOMOS POBRES MAIS TEMOS DIREITOS IGUAIS - grito o moreno indignado com o lanche que a aeromoça o servil 

- SASUKE CALA A BOCA QUE AAAAAA  respira sakura respira - grito a garota cerrando os punhos e suspirando 

Em quanto o moreno colocava a mão sobre o peito em total espanto 

-Ouça - começo a menina - ta vendo aquele relogio ali - aponto pra um canto onde tinha um relogio empendurado - marquei exatamente duas horas duas pra chegar lar e eu sei que ate lá - deu uma risadinha sinistra - ate você vai ficar caladinho bemmm caladinho ate por que - afago o cabelo do moreno - estamos varios e varios metros do chão e ninguem aqui quer presencia tragedia neh  neh e uma queda bemmmmm longa 

O moreno arregalo os olhos 

- intão sem tragedias neh -olho no fundo dos olhos arregalados do menino que confirmo 

- então - coloco o indicado no meio dos labios - xiiiiiiiiiiiiiiiiiii - se arrumo na poutrona enquanto o moreno ficava em choque 

**

A menina acabo pegando no sono  com acabeça no ombro do garoto que depois de um tempo e muita paranoia acabo dormindo e varias teorias 


- Sasuke - murmuro a menina cutucando o moreno - ei agente ja chego acorda - cutuco o menino com mais força que aos poucos foi acordando 

-Ummm oque eeee - pergunto manhoso 

- o avião pouso tem um cinco minutos anda levanta - disse ja pegando uma mala caminhando pelo corredor 

- tamo vivo ainda - murmuro pegando a bagagem e seguindo a menina pra fora passando pelo desenbarque 

- coitado do itachi espero que tenha sobrevivido - caminho ate onde pegão as malas e pertences maiores 

- tomara que não menos um ser vivo pra gasta nosso tão precioso oxigênio - resmungo pegando a mala 

- aaa olha lá - correu ate onde a enorme caixa onde o moreno maior e os gatos tava Abrindo destraida 

- AAAAA PENSEI QUE FOSSE MORRE - grito o garoto asim que a rosada rasgo a caixa - SAKURAAAAAA- grito manhoso abraçando a menina que retribuio - por que sempre tão má - fungo 

Quem visse de longe parecia ate interação de dois namorados apaixonados oque ta bemmm longe mais isso não deixo de incomoda certo moreno 

- sakura pode vim aqui - disse serio querendo acaba com aquela ladainha toda 

- lá era bem escuro pensei ate que os almofadinhas ia bater as botas sem ar - volto a funga 

- os almofadinhas - 

-os gato - fungo  

 o moreno menor puxor a rosada querendo rompe aquela interação 

- eee ta tudo muito bom e tals mais temos que ir ainda temos que acha a casa pegar taxi eeee ae nem celular agente tem pra chama uber rrrghh - massageo as temporas 

-otimo vamos apé  - disse a garota por fim 

- ae e pra onde - resmungo o moreno  colocando os gato debaixo do braço e saindo junto aos outros do aeroporto 

- segui a luz  - saio dali 

- vamos todos morre 

-vamos morre de qualquer jeito- começo o mais novo - ou aqui  ou quando chegar em casa 


**

Depois de uma estença caminhada de corre de mendigos e olhares atravessados e mais caminhada finalmente ja tava chegando 

- e intão - falo o moreno maior meio ofegante - quem bate primeiro 

Estavam na mais pura adrenalina que nem aqueles filhos quando sabem que de quaquer geito vai levar um surra fudida 

- bom e aquele ditado  quem nasce primeiro sofre primeiro neh - sussuro o moreno menor roendo a unha 

- veridico - concordo a garota encomodada de algum geito sentia que não era bem vinda ali em todos os sentidos tanto que chego a se afasta um pouco do au vinha muita negatividade dali e so piorava por ser um ser divino 

- acho que tão bem encrencados - murmuro descendo as escadas ficando em uma distância segura ate por que não.foi convidada a ficar oque era um imenso problema no qual começo a pesa

-Onde vai  - pergunto o moreno menor e agarota suspiro 

- respirar - 

-ham-

- sasuke não vou poder entra - murmuro a menina cabisbaixa 

-  oque olha da pra para de fala por partes e fala de uma  Vez - inflo as bochechas 

- na sua casa na da sua mãe não vou poder entra caso ela não me convider - olho pro lado oposto - sabe  esse lugar e bem ne..

Paro de fala asim que aporta abril de supetão 

- SASUKEEEEEEEEE  - grito uma mulher com apele estremamente branca e cabelos negros se jogando em cima do moreno maior 

Merda 

Esmago o maior em um abraço monstruoso mais logo se afasto enquanto os outros engolia em seco 

- senti falta de vocês - sorrio meiga Nem notando que esmagava os almofadinhas 

- estranho - murmuro o mais novo 

- tres...dois..um - murmuro a rosada 

- AAAAGORA O SENHO PODE ME EXPLICA QUEM E LOIRINHA DEIDARA SEU INULTIL EMPRESTAVEL - grito a mulher enchendo o filho de cascudos e tapas  - EU NÃO TE CRIEI ASIM - mais tapas 

- eei espe...foi cortado 

- CALABOCA - puxo orelha do filho - E UM PROSTITU DESDE QUANDO TU QUEIMA A ROSCA FIQUEI SABENDO QUE TU E O PASSIVO O IMPRESTAVEL NÃO SERVE NEM PRA COMER - mais tapas 

- ai não - murmuro o moreno mais novo 

- você sabia - murmuro o moreno menor a rosada em tom acusatorio que deu de ombros 

- uchia sasuke - murmuro a mulher depois de deixa o rosto e os braços do outro filho cheio de vergoes vermelhos - com você o asunto e lá dentro 

- sasuke não - suplico a menina 

Bom tamanha negatividade do lugar não foi nem um pouco recepitiva com ela a expulsando de todas as maneiras e uma dessas e a impedindo sua passagem  que desnortei sua espiritualidade e lhe causa ânsia tamanha o peso que o lugar carrega e os aspectros que ali abitan nem um pouco gentis 

Aumas perdidas nos quais ficaram enlouquecidos com a presença da garota afim de sugar toda sua essencia e energia

Aumas nem um pouco gentis E completamente maldosas Afim de machucar os que são dignos 

- ei tudo bem - pergunto o moreno que caminho junto a menina ate uma arvore de maçã perto dali so que sem nem um  fruto Meio mortinha se asim dizer vendo a menina senta aos pés dela 

-não - suspiro - mais tambem ja era de se espera serio. devia ter ficado em casa - arranco a grama meio seca - 

-olha minha mãe meio doida mais  gente boua viu - rio sem graça - acho que vai tenta fazer de tudo pra lhe agradar e -foi cortado 

- e eu sei - suspiro - senti isso vi nós olhos dela mais acho isso um tanto encomun serio não me leve a mau mais acho que não deviam mora nesse tipo de casa - desdenho - e xique e cheia de luxo e bom pelo que pude analiza bem antiga tambem mais volto a repitir -viro o rosto pro moreno que absovia cada palavra - não deviam esta morando aqui 

- ae e por que não - falo rude - 

- não deviam morar em um lugar onde tragedias aconteceram isso traz estremo azar pra pessoua ou pra familia que abita o lugar - disse simplista 

- a e e onde viu isso em mais uma de suas revistas olha garota não e por que veio do céu que você e melhor que os outros - cospiu as palavras rudes sem dó alguma 

- não me acho melhor que ninguem e em momento algum disse isso só disse que lugares como esse pode ser estremamente crueis ainda mais com pessoas de menti pequena que não sabe comi se protege - aperto os punhos sobre aterra 

-Uou agora ela ta me chamando de burro - foi sarcastico - não venha dá uma de sabichona pra cima de mim ainda mais você uma ser que veio lá de cima que não conhecia nem um microondas Ou uma tv - rio descrente 

- não te chamei de nada disso esta colocando palavras na minha boca sasuke pare e veja só oque esse lugar ta fazendo com você mechendo com suas emossões colocando você contra mim e - foi cortada 

-isso tudo e culpa sua serio se nãoo fosse uma ingrata talvez não teriamos essa conversa acho ate que isso e tudo birra sua deve ter odiado minha mãe asim com odeia todos e o esperado de uma anja mimada - volto a solta suas palavras maldosas tava cheio um odio interno cressia e tudo o irritava e por incrivel que pareça a garota asua frente 

- ouça a si mesmo - fico de frente pro garoto ja internamente machucada - você nunca falaria uma coisa dessas pra mim você e  gentil uma pessoua boua  e - volto a ser cortada 

- serio devia ter te deixado na rua não e atoua que não se encontra mais nesse plano - essa ultima parte a menina sentil e como . estaria ele ensinuando que ela merecel morre ?

-  se não vem pode ficar aqui fora ate quando fomos embora penso em passa alguns mêses por aqui se não se emporta so acho que seria bem estranho um ser celestil esta dormindo em um lugar sujo como esse chão - se afasto mais paro ao ouvi a voz da menina 

- por favor eu não posso entra - fungo - não sou bem vinda ali vão acabar me matando sem energia -era notavel o desespero na voz da garota 

- quanto drama - resmungo o moreno 

Era notavel que esse não era mais o mesmo sasuke no qual moro esse um mês esse era totalmente diferente frio e sem coração e tudo graças aquele lugar onde pegava tudo oque era bom e transformava em algo ruim e maldoso 

- vou chama minha mãe pra fala com você sua voz ja esta me irritando so acho bom não abri muito aboca ja que gosta da sua linda cabecinha no mesmo lugar sabe como e esse tipo de ser como você não e nem um pouco comum poraqui e bemmm odiavel Essas sentenças de hoje em dia - rio em escarnio saindo dali 

Deixando a menina completamente chocada e magoada para trás 

**

Pra menina era possivel senti de longe as vibrações do grande casaram de varias em terações ao mesmo tempo umas más outras estremamente más sasuke e o resto da sua familia a garota se sentia amendrontada não tinha nem um aucilio o garotinho que a acompanha não aparece a um tempo e agora que estava ali naquele lugar que por fora poderia parece uma maravilha mais dentro mais parecia uma miniatura do inferno que cercava todo a casa ate parecia que a propia casa a observava tipo aquele filme a casa monstro onde a casa estava viva 

Ou como aquele filme abruxa de bler onde acasa era dominada por espiritos um estremo horror so que esses me parecem famintos e cheios de odio por mim conserteza me machucariam por diverssão sou fragil sei disso e so piora as coisas caso não for convidada a entra sendo asim eles vão pode fazer oque quizer comigo 


O tempo passo e com isso a noite chego eu me encontrava no mesmo lugar so que o medo dez vezes pior a casa começava a ficar sombria mais que o comum estava abaixada com o rosto enterrado nos joelhos totalmente destraida que nem notei a presença ao meu lado 

- já escurecel - disse a voz fina e totalmente enfantil ao meu lado que quase me faz te um enfarto tamanho o susto 

- senhor - falo a garota alarmada dando um sobre salto 

- a me desculpe 

Quando  a rosada levanto o olhar quase teve um ataque de fofura ao da de cara com uma garotinha baixinha que parecia ter cinco anos bem branquinha e cabelos e olhos escuros com um vestidinho azul florido e sapatilhas vermelhas e cabelinhos escorridos ate os ombros uma fofura e bochechas rubras gordinhas linda penço a rosada 

- fiquei ansiosa quando soube que teriamos visita - falo corada mechendo os dedinhos gordinhos e curtos - irmãozinhos nunca trazem garotas pra cá - coro mais de cabeça baixa 

-quem e você - pergunto a rosada enchugando o rosto 

- ah claro como fui rude deixe me apresenta - fico de frente a rosada e estendel a mãozinha fofa -  me chamo kim eleonor sou irmãzinha do sasuke -rio fofa 

E o sorriso so se alargo mais quando a rosada aperto a mãozinha da mesma 

- eu intendo - falo a garotinha se afastando um pouco e olhando pra casa atrás de si - ela parece mais assustadora do lado de dentro acredite nunca perambulo pelos comodos sozinha-suspiro -  fiquei surpresa em saber que você sentil isso sinto muito por você mais creio que não chegue a sobreviver ali pelo menos não se ficar o tempo todo dentro de casa 

- você - a rosada tento dizer algo mais foi cortada 

- eee são seres bem nojentos os que vive aqui me encomodão anoite toda ate já puxaram meu pé e o meu cabelo já me empuraram da escada me trancaram no porão vivem jogando coisas em mim e me enchendo de marcas roxas no meio da noite não adianta adia o inevitavel já odeiam você tanto quanto me odeia espero que tenha trazido remedio pra dormi caso contrario suas noites vai ser um inferno asim como as minhas - suspiro recostando no tronco da arvore 

-  te encomodan ? - pergunto a rosada curiosa 

- o tempo todo e isso soua bem pior caso não fomos convidadas pela mamãe e o papai pra ficar ou sasuke nin -san  ou itachi nin - san  mais não vão faze isso ja que não podemos pedir pra eles -estico os braços 

- não mora aqui - pergunto a rosada fitando a garotinha que se encolheu cabisbaixa 

- me mudeia pra cá tem pouco tempo depois da mamãe e o papai que voltarem pro japão ja moravam aqui a desseseis semanas ja foram bem vindos aqui de cara so que pararam de se emporta comigo meio que me odeião asim como o irmãozão odeia você efeito desse lugar - fungo e so depois desse ato que a rosada noto que a garotinha chorava - sinto em lhe enforma mais a mamãe tambem já te odeia e o paoai logo vai começa talvez nunca o itachi nem uma enfluencia no mundo o faria odia uma pessoa sabe como e ele não tem muitos nêuroniosso tem espaço pra um so sentimento mais acho que o unico que ele tem eee muita burrice - rio logo em seguida  

- ta me dizendo que vou ter que passa um mês aqui fora - resmungo 

- seria estranho melhor entrarmos de uma vez não que eles se emportariam em ficar sem nossa presença sabe o papai mamãe sasuke Talvez itachi mais e como eu disse ele não ela lá muito do esperto - intão -levanto e estendel a mão a rosada que a pego - ufa e muito bom te ter aqui não me leve a mau mais talvez asim eles me deixem dormi um pouco sabe sem puxar meu cabelo ou me empurrada cama ou da escada ou a escada do porão ou jogar coisas em mim sem ninguén ver acham que eu faço de proposito pra ganha atenção que pais bobocas os meus puxor mais a rosada e avanço mais o passo 

- Oque eles são - pergunto a garota ja com medo ja sentia angustia 

- sei lá - deu de ombros a menor - talvez o bicho papão ou a bruxar de blér 

Merda 

-Ooou- continuo - a annabele ou o fantasma das bruxas de salen - são bem espertos essas coisas nuncam deixam saber quem são só se emporta em machucar quem quer poxa pode ser ate a propia chuxa ou metade do espirito dela - rio abrindo a porta da frente pra rosada entra essa que pondero mais deu um passo a frente e quase caio não sabia bem so se senti cansada , triste ,acabada , um lixo ,em outras palavras um pedaço de coco 

 - eu sei como e - falo a garotinha se sentia tudo isso que a rosada sentia so que pior já que tava ali a mais tempo - mais sempre pode ficar pior e você não pode fazer nada -tiro o sapatinho e foi pra cozinha a rosada fez o mesmo e oque faz a menina se senti pior foi ver que a garotinha passava quase que despercebida pelos pais menos itachi 

- Ooooi minha pequena princesinha - disse o mais velho caminhando ate a irmã que o abraço forte com um sorriso radiante 

Enquanto os outros nem fizeram tanto caso da pequena 

- A AA olha mãe - começo mais velho ainda com a  pequena no colo - essa que e a namorada do sasuke como eu tava dizendo ela e bonita neh ate mais que as baranga que o meu irmãozinho idiota costumava pegar - foi o unico que caio risada 

-calaboca traste - rebatel o outro moreno 

- ee -a mulher fez pouco caso já o chefe da familia nem levanto os olhos da revista 

- aa pai mãe eu e a saki vimos o crepusculo lá fora foi -  foi cortada pela mulher 

- eleonor suba ande va já tomar uma banho esta fedida to sentindo o chero daqui - disse a mulher raivosa fazendo a menina mareja os olhos oque fez a rosada se senti mau poriço falou :

- a já eu não acho - chego perto da garotinha - a pequena eleonor tem o cheirinho otimo parece ate cheiro de um bébé -afago os cabelos alheios e rio terna pra menina que se sentil melhor 

- aff - conliscênça neh - resmungo indo mecher nas panelas 

Enquanto uchia mais novo balançava a cabeça em negação e o olhar em estrema furia 

Merda espero que o tempo passe bastante rapido 













Notas Finais


😳😉😀


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...