História Mitw- Anjos e Demônios- O começo do caos - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Andrei Soares "Spok" Alves, Cauê "BaixaMemoria" Bueno, Felipe "Febatista" Batista, Felipe Z. "Felps", João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Luiz Felipe (Luiz 1227), Malena "Malena0202" Nunes, Marco Tulio "AuthenticGames", Maria Luiza Ramos (MoonKase), Pedro Afonso "RezendeEvil" Posso, TazerCraft
Personagens Andrei Soares "Spok" Alves, Cauê Bueno, Felipe "Febatista" Batista, Felps, João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Luiz Felipe "Luiz 1227", Malena0202, Marco Tulio "AuthenticGames", Mike, MoonKase, Pac, Pedro Afonso Rezende Posso
Tags Anjos, Arthulia, Arthur, Batista, Cellbit, Cellps, Céu, Felps, Inferno, Jvnq, Jvtista, Lemon, Luiz, Mike, Mitw, Pac, Potterchan, Seres Sobrenaturais, Tazercraft, Terra, Yaoi, Youtubers, Yuri
Visualizações 138
Palavras 425
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Poesias, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


E tudo volta ao cotidiano. Pac e Mike no chove nem molha, Felps e Cellbit namorando, Arthur e Potterchan num rolo, e novos personagens vem por aí. Amo vocês.❤❤❤

Capítulo 31 - Você vai me falar.


Fanfic / Fanfiction Mitw- Anjos e Demônios- O começo do caos - Capítulo 31 - Você vai me falar.

Mike

—Depois de virar um Deus, o poder cegou Herobrine, e o fez matar todos os seus amigos deuses. Sobrou apenas um. Esse Deus treinou três meninos para derrotarem o Herobrine. Mas essa, é outra história. Só posso dizer que Herobrine foi derrotado por um ser de alma iluminada. Mas ninguém sabe seu nome. E essa é verdadeira história de Herobrine.

—Nossa Mike, eu nem imaginava. Os seres de olhos brancos são poderosos demais. E-eu... nunca vou conseguir me livrar dele?

Diz Pac, ele estava chorando na sua cama. Eu me levanto e sento do seu lado. Enchugo suas lágrimas e pego seu queixo. Eu apenas falo para ele:

—Escute Pac. Eu te prometi que iria te proteger, e vou comprir essa promessa, não importa como. Ouviu Pac. Eu vou te proteger dele. Pra sempre.

Pac

Eu sentia minhas bochechas corarem violentamente. O rosto de Mike estava muito perto do meu. A gente foi se aproximando devagar, até que a hiena entrou no quarto e cortou nosso clima, de novo.

—Oi gente! Então, era aqui que vocês estavam?

Eu olho para Cellbit com uma cara do tipo "Não tá vendo que está atrapalhando". Cellbit entendeu e foi embora. Percebi que Mike estava com as bochechas vermelhas.

—E-eu acho que v-vou indo pro r-refeitório, Mike.

Eu disse isso e fui embora. Ouvi Mike dizendo tchau. Merda! Quase nos beijamos! Mas a hiena tinha que atrapalhar, né? Eu vou matar aquela hiena!!!

Cellbit

Eu estava na festa com Felps, até que percebo que Mike e Pac não estavam na festa. Eu falei pro Felps que iria procurar eles. Fui no refeitório, nada deles, fui nos corredores, nada deles, então fui no quarto deles e encontro eles no maior clima.

Eles estavam para se beijar e eu atrapalhei tudo! Meu Deus! E a segunda vez que eu atrapalhei eles. Pac deve estar querendo me matar. Não só querendo, como também vai me matar, pois eu o segui até o refeitório. Precisava falar com ele.

—Pac! 

Pac me olha. Ele não estava nada feliz. Também, eu não ficaria feliz se Pac atrapalhasse eu e o Felps num quase beijo. Ninguém ficaria feliz. 

—O que você quer, Cellbit?

—Eu quero pedir desculpa. Me desculpa, Pac. Eu não queria atrapalhar. Eu juro e...

Percebi que Pac estava segurando as lágrimas.

—Pac... Por que você está... chorando?

—E-eu não q-queria falar.

Eu pego Pac pelo braço e o puxo para meu quarto. Eu tranco a porta e começo a falar:

—Você vai me falar o que aconteceu agora mesmo, senhor Tarik Pacagnan.


Notas Finais


Novo capítulo vindo para compensar os dias que eu não postei. Então, foi isso, ktchau!!! ❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...