História Anjos incapazes de voar (Fanfic em reforma) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Vocaloid
Personagens Akita Neru, Gakupo Kamui, Gumi Megpoid, Haku Yowane, IA, Iroha, Kaai Yuki, Kaito, Kasane Teto, Len Kagamine, Lily, Luka Megurine, MAYU, Meiko, Miku Hatsune, Oliver, Rana, Rin Kagamine, Ruko Yokune, Ryuto, SeeU, SF-A2 Miki, Utatane Piko, Yuzuki Yukari
Tags Luka X Kaito, Miku X Len, Teto X Piko
Exibições 38
Palavras 1.104
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


EEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE CHEGOU !

Capítulo 11 - Estamos ... amadurecendo


Fanfic / Fanfiction Anjos incapazes de voar (Fanfic em reforma) - Capítulo 11 - Estamos ... amadurecendo


                                                         POV.MIKU



 Depois que a aula acabou, eu resolvi falar com a Rin para saber os motivos de ela estar evitando todos . Mas eu não  a encontrei . Confesso que estou com um pouco de medo ao ir na casa do Len , ele deve estar... odiando o mundo por isso. Chegando lá , eu toquei a companhia e o pai de Len me atendeu : 
 - Olá Sr. Kagamine ! Como o senhor está ? 
 - Estou ótimo , Miku-san . Estranho... - ai , e agora? 
 - O-o que foi ? Aconteceu alguma coisa ? 
 - Você...você amadureceu ? - se eu amadureci ? Pff , eu sou  mesma trouxa de ontem . 
 - Acho que sim ... tenho 17 anos agora , acho que devo me focar no meu futuro . - POR QUE EU DISSE ISSO ? EU SOU TOTALMENTE AO CONTRÁRIO! .- Bom, o Len está ? 
 - Sim , mas antes , será que pode me fazer um favor ? 
 - Claro . 
 Ele me contou que o Len está sem comer faz dias , e ele me contratou como uma "empregada particular " . Eu aceitei , porque eu vou estar cuidando da pessoa que eu amo . O pai de Len chega muito tarde , e como ele não foi ao trabalho hoje , irá amanhã . 
 Ele saiu , pois tinha compromissos a fazer . Subi as escadas e cheguei na grande porta . 
 - Toc toc ! - nossa , como sou infantil . Pois é , ele não me respondeu . - Len , me responde merda . 
 - Miku ...é você ? - avá que ele só percebeu minha voz só agora . - Por que você veio ? 
 - Eu vim te ver e... queria conversar. Será que ... podemos ? - ele abriu a porta . 
 Ele estava parecendo gótico , tinha olheiras , seu cabelo bagunçado ,  estava todo de preto . Uau , cadê aquele menino alegre que sempre me encheu  o saco ? Resolvi  não comentar nada sobre o estado dele e sentei em sua cama . Ele sentou na cadeira . 
 - O que você quer ? - grosso . Como pode tratar uma dama desse jeito ? 
 - Em primeiro lugar, eu queria te dizer que sinto muito por não ter estado presente no enterro de sua mãe . 
 - De boas . 
 - Em segundo lugar , é que eu ... queria te c-con-convidar para ir ao acampamento com a turma . Será que você acei- 
 - Não . - NÃO ?! COMO ASIM NÃO ! SAI DESSE CORPO DEMONHO PORQUE O LEN NÃO É ASSIM !
 - P-por que não ? - ele virou o olhar . 
 - Eu só vou e for só nós dois . Queria passar um tempo com você , após todos esses meses . Acredito que seu aniversário passou não é? 
 - Sim , mas isso não vem ao caso . Por que você não quer ir com a turma ? Por que a Rin está evitando todo mundo ?
 - Eu não quero ter que explicar para eles .  E Rin também não aceita a morte da mamãe , mas isso não quer dizer que ela tenha que parar de frequentar a escola . 
 - Entendo... bom, eu vou só com você . - dei um sorrisinho maroto para ele ficar um pouco feliz .
 - Obrigado... - ele sorriu também . 
 - Vou te visitar todos os dias para que você não fique sem comer . E por favor , não falte na aula . - levantei da cama , e fiquei perto da porta.- E não esquece , eu te amo ... meu shota . - fechei a porta. 
 Desci as escadas e percebi que o Sr. Kagamine não estava mais lá . Ele já tinha me dado a chave de casa . Bom , tudo que me resta agora , é como vou lidar com o Len amanhã.











                                                       NO HOSPITAL 








 Resolvi visitar a Ruko , ela parece estar bem , porque ela quase enfiou a agulha na bunda do médico por que ela teve que ficar mais 5 dias no hospital. Abri a porta e entrei ,.
 - Miku... você amadureceu ? - NÃO! NÃO ! POR QUE TODO MUNDO TÁ ME PERGUNTANDO ISSO? 
 - Parece que sim hehe . 
 - Que bom . 
 - Você está bem ? 
 - Estou sim ... só que EU VOU TER QUE FICAR MAIS 5 DIAS NESSA BAGAÇA MANO! Só isso . 
 - Puts , médico é assim mesmo , depois acostuma . - ela me olhou de baixo para cima . 
 - O que foi ? 
 - Seus peitos cresceram . Isso é bom . 
 - Huh... valeu Ruko por aumentar a minha moral . - ela riu .
 Fiquei lá por um tempinho , até que eu tive que ir para casa .













                                                        EM CASA 











 - CHEGUEI SHIRO ! - gritei já apertando o meu querido gatinho . - Final de semana , a mamãe vai sair e  não vai poder estar presente para te dar comidinha . Então peça peça a sua namoradinha . - o Shiro tem uma gata  , embora não pareça .



















                                                       NO DIA SEGUINTE    
  






 Na escola , eu não contei para ninguém que eu vou estar na casa do Len . Já que a Rin chega muito tarde do seu trabalho . Ela é aprendiz em uma confeitaria , que inveja . E aqui estou eu , na casa do Len preparando comida para ele . Ele nem sequer saiu do quarto . 
 - Prontinho ! - falei com meus botões . Peguei a bandeja e bati na porta .  - Seu lanche está pronto . - ele abre a porta ainda com cara de sono . - Parece que você não dormiu bem . 
 - É mesmo? Passa aí . - estendi a bandeja e ele pegou . - Se isso não estiver bom  haverá punição hehehhehe . - que ousado ! Só eu posso brincar com a cara dele . Ele fechou a porta , e desci as escadas . 
 Como ele já estava comendo , resolvi fazer uma faxina na casa , para passar o tempo . 
 - Isso é ser uma " empregada particular " ? Legal .- ele ... SAIU DO QUARTO?!
 - Bom , pode considerar isso também . - ele colocou a bandeja na pia . 
 - O que você está fazendo ? - ele me agarrou pela cintura . 
 - Você vai levar punição do mesmo jeito ... - droga .











                                             






            CONTINUA
 


Notas Finais


Não vai ter hentai . Porque né essa fancic é pra +12 então , esquece ouviu ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...