História Anne and your crazy youth - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce, Melanie Martinez
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Dakota, Iris, Kentin, Lysandre, Melanie Martinez, Melody, Nathaniel, Peggy, Personagens Originais, Rosalya, Violette
Tags Anne Martinez, Castiel, Fanfics, Melanie Martinez
Exibições 19
Palavras 1.047
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


EU DEMOREI MDSSSSSSSSSSSSSSSSSS.
Deixa eu explicar! Semana retrasada eu tive que estudar pro simulado! Semana passada eu esqueci de fazer o capítulo então eu fui fazer domingo mas a internet tava um cu.

Então fiquem com essa merda q eu fiz com carinho

Capítulo 33 - Está dando tudo certo ou tudo errado?


-- Anne Pov's On--

 

     — Tudo bem, vai ficar tudo bem.- Digo afagando os cabelos rubros de Castiel.

 

    — Você me entende?- Ele pergunta.

 

    — Não completamente, eu ainda não sei algumas coisas que só você sabe.

 

    O silêncio tomou o local, deixando um ar frio e silencioso.

 

    — Castiel.- Chamo o Ruivo. O mesmo foca seu olhar em mim.- Acho que devemos dar um pequeno tempo.- Digo num tom baixo, quase um sussurro.

 

    — Por que? Você não entendeu?

 

    — Entendi, não completamente.

 

     — Se você quer assim…

 

    Neste momento meu celular toca. É Rosalya. Atendo imediatamente.

 

    [Ligação]

 

    Eu: Oi Rosa.

 

    Rosa: Amiga! Preciso te contar umas coisas.

 

     Eu: Eu também.

 

    Rosa: A srta. Delaney nos deu um trabalho para fazer em dupla.

 

    Eu: C*ralho, com quem eu caí?

 

    Rosa: Com a Debrah!

 

    Eu: O QUE?! QUE AZAR!

 

     Rosa: A dupla de Castiel é a Kim.

 

    Eu: Pelo menos ela não rouba namorados que nem a Debrah, Ambre e Priya.

 

    Rosa: Eu fiquei com o Alexy.

 

   Eu: Que sorte!

 

   Rosa: Não! Eu queria ter ido com o Lys.

 

   Eu: Não reclama! Você está com a Debrah? Não!

 

   Rosa: Verdade.

 

    O sinal começou a ficar ruim e a ligação caiu.

 

    [Ligação Off]

 

    — Então, o que ela disse?- Castiel perguntou.

 

    — A srta. Delaney deu um trabalho em dupla e eu caí com a Debrah e você com a Kim.

 

     — Você tá f*dida.

 

    — Eu sei.

 

-- Andy Pov's On--

 

    Fui em casa, me arrumei de logo deu a hora dele chegar.

 

    Ele estava demorando muito, então fui jogar um vídeo game.

    Ouço a campanha tocar e vou lá. Era Armin.

 

    — Oi Armin?- Ele estava com a mesma roupa.

 

    — Oi. Desculpe a demora. É que eu tava jogando e perdi a noção do tempo.

 

    — (risos) Eu também sou assim as vezes.

 

    — (Risos)

 

    — Então, comprou a cartolina?

 

    — Eu esqueci! Vamos comprar rápido.

 

    Durante o trajeto conversamos de coisas aleatórias até chegarmos lá.

 

    — Armin! Olha estas canetas! São lindas.-digo

 

    — Mas você não tem canetas?

 

    — Não coloridas! Ainda dá pra contornar os desenhos e alguns textos.

 

    — Quanto é esse conjunto.

 

    — É… dez dólares.

 

    — Que?! Está muito caro!

 

    — Eu pago.

 

    — Okay.

 

    Compramos os materiais e passamos numa lanchonete e logo voltamos.

 

    — Nossa, depois disso acho que não vamos conseguir fazer.

 

    — Eu vou resumindo é você desenhando em rascunho Ok?

 

    — Pode ser.

 

     Resumi duas páginas e fui ver os desenhos de Armin. Estavam fantásticos!

 

    — Nossa! Está perfeito! Como você pode dizer que nem sabe desenhar?!

 

    — Mas é verdade! Olha como são um garrancho!

 

    — Ai Armin! Deixa de draminha (risos)!

 

    Fiquei observando ele desenhar. Depois de muito tempo voltei a fazer o resumo.

    Logo deu cinco horas e ele falou que precisava ir. Nos despedimos e voltei a jogar video game.

    Ouço minha mãe entrar no quarto dou pause no jogo.

 

     — Oi filha.

 

     — Oi mãe.

 

     — Quem era aquele gar que esteve aqui hoje? Seu namorado?

 

     — Para mãe! Somos só colegas de classe e estamos fazendo um trabalho!

 

     — Mas que ele é bonito…

 

     — E aquele outro garoto? O que aconteceu?- Minha mãe perguntou.

 

      — Ah, o Lysandre? Ele queria ficar comigo mas eu não quis.

 

    — Nossa! Um jovem tão educado, romântico e bonito…

 

    — Mãe! Deixa eu terminar o trabalho!

 

    — Okay, te deixo em paz.

 

    Quando ela saiu do quarto, começei a rir da nossa conversa.

 

    -- Anne Pov's On--

 

    

    — Nossa Cast, eu não sabia…- digo.

 

    — Então você… Já matou e se drogou?

 

    — Exatamente.

 

    — Nossa, que triste.

 

    Desfiz o abraço e lembrei que eu tinha que ir. Dona Melanie deve estar louca!

   

 

    — Olha Cassy, preciso ir.- digo num tom triste.

 

    — Já? Por quê?

 

    — Você sabe que minha mãe odeia quando eu saio sem avisar.

 

    — Okay então minha pequena Cry baby.

 

    — Tchau.- Dei um abraço curto e prévio e fui em direção a porta. Mas o ruivo puxou um de meus braços para perto de si e me deu um beijo. Minha vontade foi de lhe dar um tapa em seu rosto mas respeitei o momento difícil do mesmo.

 

    Novamente fui em direção a porta, abri a mesma e olhei para Cast, dei um sorriso amarelo e saí.

    Era quatro da tarde. Se eu fosse a pé-- Provavelmente-- Eu chegaria em casa seis horas da tarde.

    Bem, resolvi começar logo essa longa caminhada.

    O caminho era chato e longo. Seu bairro era um pouco periférico e inseguro. Um pouco longe deste bairro eu teria que passar por rodovias longas e movimentadas, onde o congestionamento reina. Não muito longe destas rodavias tenho que passar por outro bairro, o meu.

    Em meio a estes pensamentos tolos, recebi uma ligação. Era Rosa.

 

   [Ligação On]


 

    Eu: Alô? Oi Rosa.

 

    Rosa: Oii.

 

    Eu: precisa de algo? Já estou a caminho!

 

    Rosa: Não! Não é isso.

 

   Eu: Então é o que? Estou curiosa.

 

    Rosa: É sobre o Lys.

 

    Eu: O QUE? CONTA TUDO!

 

    Rosa: Eu conversei com ele e…

 

    Eu: E o que?

 

    Rosa: C*RALHO! ME DEIXA FALAR! Ok, eu contei para o Lys tudo que aconteceu e voltamos a ser amigos.

 

    Eu: Não creio! Agora se beijem!

 

    Rosa: (risos) E ainda ele levou um fora da Andressa.

 

    Eu: Agora o caminho está livre! Vai em frente!

 

    Rosa: E o Castiel? Perdoou ele?

 

    Eu: Ele contou mais sobre a história dele, senti pena dele.

 

    Rosa: Mas não aconteceu nada?

 

    Eu: PERA! Eu tinha ido na casa dele e a Debrah estava lá. Ela tinha acabado de sair do banho e estava só de toalha!

 

   Eu: Nós três discutimos e Castiel expulsou ela de casa só de toalha!

 

    Rosa: (Gargalhadas) Vocês estão f*didos!

 

    Eu: Eu sei! Depois disso ele me contou sobre o passado dele e quando eu estava indo embora ele me puxou para um beijo!

 

    Rosa: Shippoo.

 

    Eu: Ai Rosa! Para!

 

    Rosa: Mas melhor não voltar ainda! É muito cedo.

 

    Eu: Claro que é! Isso aconteceu ontem! E hoje também!

 

    Rosa: Anne, preciso ir.

 

    Anne: Nossa, tudo bem. Tchau!

 

    Rosa: Tchau.

 

    [Ligação off]


 

    Quando desliguei percebi que eu já estava na metade do caminho.

     Cheguei em casa e minha mãe estava na frente da porta, F*deu!

 

    — Filha! Não me mate de preocupação! Por quê a demora?

 

    — Eu fui resolver uns assuntos.- digo desviando o olhar.

 

    — E que assuntos seriam esses?

 

    — Por que devo contar?!

 

    — Porque sou sua mãe!

 

     — Mas… Eu não quero!

 

    — Não quer falar? Então está de castigo!- minha mãe estendeu a mão para eu dar meu celular a ela .





     


Notas Finais


Gostaram? Acharam estranho? Achou erros? Comente.


É novo no pedaço? Favorite. É grátis.
Sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...