História Anonymous- Markson (Got7) - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens Jackson, Mark
Tags Got7, Jackson, Jackson Wang, Mark, Mark Tuan, Markson
Visualizações 252
Palavras 1.068
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey

Desculpa a demora

Espero que gostem

Capítulo 33 - Chapter Thirty-Two


Mark estava muito nervoso, primeiro porque aquele tal de Tyler havia te tudo coisas absurdas, segundo porque Jackson conhecia o barman e terceiro, porque Jackson e esse tal barman não paravam de se encarar. Mark chamou por Jackson por pelo menos seis vezes e não obteve resposta, quando conseguiu a atenção, não conseguiu evitar a raiva e pediu para sair dali com ele, Mark queria e iria conversar com Jackson sobre aquilo.

- Ei, ei- Wang disse ao ver Mark entrar batendo a porta do banheiro- O que foi?- perguntando ao ver o rosto do mais velho vermelho

- Que porra era aquela? Que merda que vocês estavam fazendo?- Mark começou a gritar

- Epa! Do que está falando?- o chinês perguntou confuso

- O que merda você e aquele barman estavam fazendo? Por que ele falou com você e por que que vocês ficaram se olhando?- perguntou o americano se aproximando do chinês

- Está com ciúmes bebê?- Jackson sorriu, vendo Mark se aproximar e o segurar pela gola da camisa

- Me responde Jackson! De onde você o conhece?- perguntou olhando nos olhos do chinês, Jackson logo percebeu que Mark estava realmente irritado

- Daqui mesmo, mas calma...- Jackson segurou a mão de Tuan

- Vocês já ficaram? Foram pra cama? Uhm?- Mark discutia em coreano com o Chinês, já que o banheiro havia gente e ele não queria que as pessoas entendesse

- Mark....- Jackson tentou desconversar

- Jackson!- Mark apertou mais a gola da camisa do chinês, o fazendo respirar profundamente.- Ficaram ou não?-.

- Ok, Ok- suspirou o chinês - Ficamos, quando eu vim para cá, naquela época que dei "um tempo" do grupo- respondeu.

- Já foi pra cama com ele?- perguntou Tuan temendo a resposta, logo vendo Jackson concordar- Eu não acredito... Não, não e não!- disse se encostando no balcão, logo vendo Daniel entrar no banheiro

- Ahn... Jackson?- Daniel chamou a atenção do chinês, ele sabia que provavelmente aquele era Mark que tanto o Jackson falava e que provavelmente eles estavam no meio de uma discussão.

- O que Daniel?- perguntou o chinês passando a mão no rosto.

- Está tudo bem? Entre vocês?- perguntou Daniel

-Olha pra nossa cara e vê se está tudo bem!- Jackson respondeu irritado

- Você deve ser o Mark, né?- Daniel olhou para o Mark

- Sim, por que?- perguntou o americano

- Eu conheci Jackson aqui, ele estava triste e estava bebendo, fui inventar de conversar com ele e ele não parou de falar de você. Das vezes que ficamos, ele ficava se sentindo mal, por sua causa, eu aguentei vê-lo assim porque eu sempre soube que ele te amava- Daniel disse cruzando os braços- Então não se preocupe que não terei nada com ele mais, foi algo momentâneo que passou, eu queria acha um jeito de ajudá-lo, mas você não saia da cabeça dele- deu de ombros.

- E por que você está me falando isso?- Mark disse olhando para Daniel pelo espelho

- Porque sei que ele te ama, e eu não quero causar discórdia no meio do namoro de vocês! Não quero ser o motivo de alguma briga, porque Jackson é uma ótima pessoa, que está disposta a te amar- Daniel disse, fazendo Mark olhar para o chinês que estava olhando para o chão, inquieto

- Tudo bem, obrigado- Mark respondeu, Daniel concordou saindo do banheiro, deixando os dois a sós.- Jackson...- o americano chamou o chinês.

- Hm?- murmurou, levantando a cabeça e cruzando os braços

- O que ele disse é verdade?- perguntou Mark se aproximando de Jackson, ficando em sua frente

- Você ainda desconfia?- levantou uma sobrancelha se mantendo de braços cruzados

- Amor...- o americano disse, fazendo Jackson não conseguir evitar o sorriso

- Repete ...- Jackson pediu sorrindo, envolvendo os braços na cintura do mais velho

- O que?- Mark fingiu estar confuso

- O que disse a segundos atrás- Jackson disse

- Amor?- perguntou Mark vendo Jackson concordar- Isso não muda o fato de eu estar completamente irritado com você- Mark disse levando a mão até a nuca do mais novo, sentindo seus lábios serem chocados com outros, que aparentavam desejo, afastou o beijo e puxou Jackson até a cabine que havia no banheiro, empurrando Jackson lá para dentro e fechando a porta, ele iria fazer um joguinho.

Jackson sentiu os lábios de Tuan se colidir com os seus, em um beijo desesperado e com muito desejo, aparentemente, levou suas mãos até a cintura do americano, apertando com força, eles iriam fazer sexo em um banheiro de balada? Isso era novo para Jackson. Tuan levou umas de suas mãos até o zíper da calça do chinês, logo abrindo e desabotoando a calça sem nenhuma dificuldade, logo colocando sua mão ali dentro, passando a mão pelo membro do chinês, vendo o mesmo arfar entre o beijo.

Wang levou suas mãos para a bunda do americano, a apertando com força, ele já sentia seu membro pulsar contra a mão de Tuan, que apertava cada vez mais. Sentiu movimentos serem feitos em seu membro coberto, logo sentindo o mesmo começar a ficar bem animado, parou o beijo e começou a beijar o pescoço de Mark.

- Amor...- ouviu Mark dizer em seu ouvido

- Hm?- murmurou mordendo a pele do pescoço de Mark

- Aqui não!- Mark tentou afastar a chinês, mas não houve qualquer afastamento

- Aqui sim!- Jackson protestou

- Não, aqui não- disse Mark tirando a mão de dentro da calça do chinês, empurrando Jackson e se afastando

- O que foi?- perguntou o chinês ofegante

- Em casa a gente continua- Mark abriu a porta do banheiro deixando o chinês lá parado, não acreditando no que acabou de acontecer.

-x-

Eles já haviam voltado para casa, eles haviam bebido um pouco, então estavam rindo de tudo. Jackson não esquecerá do Mark disse quando estavam no banheiro, então andou até o americano que estava de costas e o abraçou, depositando um beijo no pescoço do mesmo.

- O que você quer Wang?- perguntou sério

- Você sabe muito bem o que eu quero- mordeu o pescoço do americano, o fazendo morder os lábios

- Não sei do que está falando- Mark se fingiu de desentendido.

- Eu não esqueci do que me disse no banheiro Tuan, nós vamos continuar nossa "festinha" - Jackson disse virando o mais velho para ficar de frente com ele.

- Ok- disse Tuan que logo sentiu seu pescoço ser atacado por beijos.- Mas com uma condição.- disse o mais velho, fazendo o mais novo protestar.

- Qual?- perguntou olhando no rosto de Mark

- Eu que vou comandar dessa vez.- Mark disse sorrindo sapeca.


Notas Finais


Próximo Capítulo tem lemon, Então pra quem não gosta... Já sabe kk

Bom... Espero que tenham gostado... Bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...