História Anonymous messages - Camren - Capítulo 8


Escrita por: ~

Visualizações 1.148
Palavras 1.540
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


sorry pela falta de criatividade no nome do capítulo rsrs estou com uma dor de cabeça das brabas.
fotinha do sorriso maravilhoso da Lauren pra deixar o dia de vocês melhor

Capítulo 8 - Allowing her to send messages


Fanfic / Fanfiction Anonymous messages - Camren - Capítulo 8 - Allowing her to send messages

Camila acordou mais cedo, fez sua higiene matinal e se vestiu adequadamente. foi bom acordar e ver o amor de sua vida ao seu lado, na cama. sorriu ao lembrar do selinho que ganhou dela, foi algo tão simples, e que pra Lauren talvez nem tivesse significado nada, mas pra ela, foi como ganhar na loteria. já cheirosa e arrumada, sentou-se na cama e puxou o cobertor de Lauren, que resmungou, com frio.

— acorda sua dorminhoca, suas garotas da banda devem estar te esperando para a finalização total do vídeo clipe

— mas ainda está cedo

— está nada, já são quase 08:00 horas, vai, levanta preguiçosa. eu já até tomei banho

— estou sentindo o cheirinho de perfume, saiu o cheirinho de vadia

— como assim?

— o cheiro da vadia que você se esfregou com ela, vulgo Kylie

— lá vem com essa de novo, já vai me deixar de mal humor logo pela manhã? ainda bem que é Steven que é casado com você, eu não aguentaria tanto ciúmes — disse em tom brincalhão e Lauren jogou a almofada nela.

— besta... e falando nele, nada de ligação

— relaxa, ele logo vai te ligar

ela se espreguiçou e foi direto para o banho tomar banho, Camila havia deixado uma bagunça, mas já era acostumada, era sempre assim quando a latina vinha pra sua casa, molhava até fora do box. depois de sua higiene matinal, foi pra a cozinha, onde a latina estava terminando de preparar sanduíches quentinhos e suco de goiaba.

— muito bem empregada, faça tudo direitinho

— nossa, você fica idiota tentando ser engraçada sabia?

— e minha mão na sua cara fica bem bonitinho, não acha?

— que garota estressadinha — sorriu com a língua entre os dentes — além de eu acordar cedo e fazer lanche pra você, sua mal agradecida

Elas tomaram o café da manhã juntas, e depois se despediram, indo cada uma para o seu trabalho. Camila passou em casa para pegar o outro celular, o que ela mandava as mensagens para Lauren. antes de sair, resolveu ligar para Kylie. ela sempre atendia na primeira vez que chamava, e dessa vez só atendeu na quarta.

— o que você quer ligando pra mim sua idiota?

— ei calma, é a Camila

— eu sei que é você

— algum bicho te mordeu foi?

— está se fazendo de idiota agora? ai que raiva de você!

— o que foi que eu fiz?

— vai dizer que não se lembra? a mensagem que mandou ontem, eu achei que tinha gostado, achei que gostasse de ficar comigo

— mas eu gosto

— e como explica essa mensagem? eu só perguntei, se você e sua amiguinha não aceitariam, dava pra você ter sido mais gentil

Camila recebeu o print no seu WhatsApp

''sem chances, a Lauren é casada e é uma mulher de respeito. e sobre a gente, é melhor acabar naquilo mesmo, você nem fode tão bem quanto eu pensei, não estou mais afim. não me mande mais mensagens, vou procurar outra pra ser meu brinquedinho''

— ei, eu não escrevi isso

— como não? veio do seu celular

— Lauren!

— o que?

— com certeza Lauren viu a mensagem que você enviou sugerindo uma ménage incluindo ela, deve ter enviado quando eu fui tomar banho. acha mesmo que eu trataria uma mulher como você de forma rude assim? jamais! eu amei foder com você Kylie, da primeira vez, e das outras vezes, e se eu não quisesse mais ter algum envolvimento contigo, não diria daquela forma

— essa sua amiguinha então é assim? simplesmente invade a sua privacidade?

— peço desculpas por ela, eu vou colocar senha no celular

— tudo bem, eu acredito em você. mas eu fiquei com vontade de te matar ontem Cabello

— relaxa, eu não falaria nada daquilo. eu tenho que desligar agora, estou dirigindo, indo para a livraria.

— certo, depois a gente se fala então, beijo

— beijo, e perdão mais uma vez

desligou e suspirou. estacionou o carro e entrou sem nem dar bom dia para Keana.

— bom dia senhora Cabello

— péssimo Issartel

estava chateada com Lauren, ela não tinha o direito de mexer nas suas coisas daquela forma. se trancou em sua sala e abriu a galeria do seu celular. havia algumas fotos que a Jauregui havia tirado noite passada, e que ela não tinha visto. em algumas Lauren fazia bico, em outras estava sorrindo, ou com o lençol perto do rosto. Camila sorriu.

— droga! porque diabos eu não consigo ficar brava com você?!

colocou o celular em cima da mesa e ouviu duas batidas na porta

— está tudo bem Camila?

— sim, tudo ótimo, eu só.. estou um pouco estressada, melhor ir ficar de olho na clientela

— claro, tudo bem

achou estranho Camila não tê-la agarrado e beijado, como quase sempre fazia. ela não estava afim naquele momento. pegou o outro celular e resolveu digitar uma mensagem.

''Oi linda mulher do planeta de olhos verdes. sentiu a minha falta? espero que sim, porque eu senti a sua. e por favor, não vem com essa de me bloquear, não estou fazendo nada de ruim, só quero poder estar em contato com a mulher que faz o meu coração acelerar.''

Lauren estava entrando no estúdio quando recebeu a mensagem.

— esse anônimo de novo

— Lauren, você chegou!

— sim, Tayla, por favor, avisa as meninas eu já estou indo tá? vou só responder a uma mensagem aqui e já desligo o celular

— pode deixar

''o que quer de mim agora? para de me encher o saco com mensagens idiotas, e para de fingir que sente algo por mim''

enviou e a resposta veio rápida

''eu não estou fingindo, eu realmente tenho fortes sentimentos por você, apenas me dê uma chance de demonstrar, já que seu querido marido não está fazendo isso. não consigo entender como um homem como ele, que tem uma mulher incrível como você, pode não dar valor a isso.''

ela ficou um pouco triste, a pessoa anônima não mentiu a respeito disso, Steven estava tão mudado, e isso estava machucando Lauren. ela suspirou e digitou.

''você não tem nada a ver com a minha vida. é algum tipo de maníaco? está me perseguindo? como sabe essas coisas sobre mim? de onde me conhece? me diga seu nome, por favor''

''pedindo por favor? nossa, essa foi a primeira vez que falou comigo sem grosseria. eu queria poder te dizer, mas eu ainda não posso, me desculpa. preciso tomar coragem para isso ainda, só me deixe conversar com você Lauren, me deixe falar sobre os meus sentimentos, ou eu vou morrer com todas as palavras que tenho pra te dizer, que estão entaladas na minha garganta. isso não é pedir muito.''

Ela pensou e suspirou, e se fosse um maníaco? mas até agora não lhe faltou com respeito nenhuma vez, e querendo admitir ou não, receber elogios deixava ela feliz, por que não estava recebendo da pessoa que amava, seu marido estava ausente, e estava tão mudado.

''tudo bem anônimo, eu não vou te privar disso, mas se você vier com gracinhas, já sabe! eu vou te bloquear''

enviou e esperou apenas essa última mensagem para então desligar o celular

''eu vou saber me comportar. obrigada linda''

Lauren guardou o celular na bolsa e entregou para a sala do estúdio, agora ia focar apenas no trabalho, o clipe de suas garotas estaria prontinho e seria postado no youtube, tinha certeza de que elas iriam bombar.

***

Camila teve uma manhã entediante, depois que mandou sua última mensagem para Lauren, sabia que ela não ia poder responder mais mensagens, estava trabalhando. quando deu a hora do almoço, chamou Keana na sua sala.

— estou indo almoçar, precisa de mim pra alguma coisa?

— preciso sim

puxou ela pela blusa, segurou em sua nuca e beijou-lhe os lábios com urgência. empurrando a garota contra a mesa, deixando cair algumas coisas, mas não se importou.

— achei que não me queria hoje

— engano seu

apertou a coxa dela e abriu os botões da blusa, vendo o sutiã preto rendado, e os seios fartos da garota.

— eu já te libero para o almoço

— não tenho pressa senhorita Cabello

piscou para ela e voltou a beija-la.

*** 

A tarde, depois do almoço, Camila resolveu ir pra casa, estava com dor de cabeça, e sabia que Keana cuidaria de tudo na livraria. estava quase dormindo, quando seu celular tocou. era Amy.

— oi sapata

— pelo menos eu não sou apaixonada pela minha melhor amiga e não contei pra ela

— espera, mas você é sim apaixonada pela sua melhor amiga

— mas eu contei e estamos juntas, casadas até

— ok, joga na cara

— deveria conversar com ela Mila

— eu vou falar quando eu me sentir preparada, enquanto isso eu vou continuar nas mensagens anônimas

— tudo bem então, eu não te liguei por isso, eu liguei pra dizer que terá uma festinha aqui em casa. chamei Normani, Dinah, Ally, chamei uma pequena galera. já estão ajeitando aquelas luzes estroboscópicas e coloridas também, pra colocar na sala, vamos afastar os móveis, quero dançar até tarde

— estou com preguiça

— sem essa Camila, pode chamar a Lauren e vir, nós vamos aguardar vocês as 19:30, se não vir eu conto tudo pra ela

— não faria isso

— me teste queridinha, ah e será a fantasia

então desligou. Camila sabia que ela não faria isso, que falou apenas brincando. mas pensando bem, talvez essa seja legal.


Notas Finais


o que será que vai rolar nessa festinha uh? haha, até o próximo pessoal. xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...