História Anonymous messages - Capítulo 54


Escrita por: ~

Postado
Categorias TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Personagens Originais, Sana, Tzuyu
Tags Michaeng, Mimo, saida, Twice
Visualizações 152
Palavras 653
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Drogas
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 54 - °53°


Momo POV's

Segurava a mão da garota que estava deitada naquela cama de hospital, eu iria passar a noite com ela, ela havia acabado de sair da cirurgia.

Provavelmente a garota acordaria amanhã já bem, precisavam reparar duas costelas quebradas, apenas isso.


Passei uma de minhas mãos pelo seu rosto, ela estava tão serena. Estava com a expressão calma por conta da morfina que recebeu para a cirurgia, mas ainda bonita


Ainda segurando sua mão, encostei as costas na poltrona ao seu lado e fechei os olhos lentamente, tendo  em mente aquele sorriso que me perseguia 



[...]


- Hey. - Escutei alguém falar e me remexi um pouco na poltrona. - Hey, Momo - Abri meus olhos lentamente encontrando incríveis olhos castanhos me olhando. 


- Você acordou. - Sussurrei e vi que nossas mãos ainda estavam entrelaçadas, limpei a garganta e a soltei já levantando. - Vou... Vou chamar o m-médico. 


-Eu... - Ele segurou minhas mão novamente e sorriu pra mim, era um sorriso simples mas parecia ser sincero. - Eu...


- Não fala. - Falo rapidamente e coloquei um dedo sobre seus lábios, me distanciei dele aos poucos e fui rumo ao corredor.


Encontrei a enfermeira ali e logo finalizei para o quarto de Mina, tentando em uma tentativa mal sucedida de dizer ela havia acordado. 


 Enquanto entravam em seu quarto, me esgueirei para fora do hospital. Eu não queria ficar mais tempo ali dentro,  hospitais me davam um certo medo, eu os odiava. Mais eu fui para lá, por causa dela. 


Ela era o motivo principal por mim estar lá. 


 


Uma semana se passou desde que Mina melhorou,  o dia para nos encontrarmos estava se aproximando e eu estava nervosa. Tive que parar um pouco com as mensagens, eu estava começando a ficar com muito medo. 


Levantei cedo naquela manhã e me dirigi ao meu armário para trocar de roupa, coloquei uma roupa qualquer e penteei os cabelos. Peguei meu celular e minha mochila e sai de casa, sem esperar por meu irmão.  


Ao chegar na escola, o portão estava entreaberto pois ainda era muito cedo e logo passei por ele, caminhei até o ginásio e me sentei  meio à ele. Ouvi um barulho,  uma porta se fechando. Olhei para a porta, ela estava fechada é à sua frente estava Mina. Ela se aproximou de mim. 


- POR QUE FEZ AQUILO? - Ela gritou comigo e me arrependi amargamente de ter acordado mais cedo para a escola hoje. - POR QUE VOCÊ ESTAVA LA? 


- E-eu...- Tentei dizer, mas aí lembrei de como ela havia pego minha mão e sorrido pra mim.


Ela não era a mesma Mina, eu tinha certeza.


- Você não deveria estar lá... - Ela murmurou  e passou as mãos pelos seus cabelos castanhos escuros. - Eu vi as mensagens dela, ela foi avisada e mesmo assim não apareceu lá.


- Do quê está falando? - Eu já sabia a resposta, era de mim. mas não podia dar na cara, não ainda. 


- Ela, cacete. Não era pra você estar do meu lado e sim ela. - Isso me atingiu como uma facada no meu coração, eu estava perdendo o amor da minha vida para mim mesma.  


Mas uma versão muito melhor de mim, pois sou uma garota horrível que é odiada pela maioria das pessoas da escola e que é apaixonada por Myoui Mina. 


Eu dei as costas à ele, eu dei as costas à tudo,  que se dane essa paixão idiota. 


Comecei a andar para a saída e no caminho tirei o chip do meu celular  e o guardei no bolso da calça, chega dessa história de "Admiradora" cansei de tentar fazer a Mina enxergar tudo,  cansei de tentar, cansei de achar que algum dia ela vai me olhar e dizer "Eu te amo" um "Eu te amo" não como admiradora e sim como Momo, a pessoa que ela mais odeia no mundo. Está na hora de acabar com tudo isso de uma vez.  


Notas Finais


POV bosta esse né
TA VINDO UMA BOMBA POR AÍ
Comentem e votem
Amo vcs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...