História Anonymous - Primeira Temporada - Capítulo 19


Escrita por: ~

Visualizações 383
Palavras 253
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Nesse capítulo vocês entenderam mais os pensamentos do Ruggero. Também perceberam como a mente dele está confusa em relação a aposta e seus sentimentos com a Karol.

Boa leitura!

Capítulo 19 - Especial Ruggero


Fanfic / Fanfiction Anonymous - Primeira Temporada - Capítulo 19 - Especial Ruggero

Ruggero Pasquarelli

Acabo por deixar meu violão de lado. Não estou conseguindo me concentrar em absolutamente nada. Meus pensamentos estão confusos, nem mesmo eu sei de o por que está agindo com impulsividade. 

Eu simplesmente a beijei. 

Estou em uma situação inusitada que eu nunca pensei que iria tá algum dia. A garota que eu sempre rejeitei... 

Porra Karol, o que você tá fazendo comigo? 

Após a Sevilla sair do hospital minha mãe me chamou para uma conversa, no começo pensei que era algo que eu havia aprontado já que geralmente é isso. Mas do nada ela me perguntou o que a Karol significava na minha vida. Eu a olhei confuso, e ela apenas de um sorriso e disse que o amor era algo confuso de se entender. 

Amor...? 

Uma palavra que geralmente me dar vontade de vomitar. Sério, eu nunca fui o tipo romântico ou o garoto perfeito que vem em um cavalo branco salvar a donzela. Afinal eu era o contrário, o vilão. Perdi as contas de quantas garotas eu fiquei em apenas uma noite. 

Sentimentos para mim são incompressiveis. Como uma equação de matemática, a qual eu demoro horas para resolver. 

Uma equação... 

É isso que são os meus sentimentos e até hoje nenhuma garota conseguiu resolver ou chegar ao resultado. 

Malditos olhos verdes. 

E ainda tem a aposta, a qual se eu perder ficarei sem a minha casa na praia a qual eu comprei ano passado. 

Entendem a minha situação? Com certeza você não vai querer estar no meu lugar. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...