História Anormal - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Park Jimin
Visualizações 5
Palavras 756
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Annyeonghaseyo !
Tenham uma boa leitura, e, se não for incômodo... gostaria de pedir para me ajudarem a divulgar a fanfic ^-^

Capítulo 2 - Two


Eu juro que pude sentir  um leve frio na barriga, e deduzi que Yoona também sentiu, por ter pegado minha mão e segurado firmemente na mesma hora. Bufei novamente e analisei a floresta por mais alguns segundos, em seguida começando a andar, enquanto puxava minha amiga. Achava que eu iria ter medo desse matagal ? Bom...é difícil me assustar.

De repente, o dia começou a escurecer rápido, e já podia se sentir uma ventania gelada, que balançava as folhas das árvores e arbustos. Sons de animais estranhos também era escutado... Yoona estava com medo. A mesma estava abraçando meu braço enquanto andava. Logo bufei...SIM, EU BUFO MUITO.

- Está vendo ? Não tem nada aqui. - Pronunciei com uma voz de tédio, olhando para minha amiga e ficando em sua frente, fazendo com que nós duas parássemos de andar.

Ela não respondeu nada, apenas olhou para alguma coisa atrás de mim, e ficou com uma expressão assustada, começando a tremer.

-O que foi, Dongaseng? - Questionei. Em seguida virando minha cabeça, fitando a mesma direção que Yoona. Pude ver uma casa pequena, mas bonita, aparentava ser velha e caindo aos pedaços. Fiquei boqueaberta enquanto observava.

Já havíamos ido bem fundo, no caso, no limite da floresta, parando num campo de tamanho mediano, com o gramado morto e a casa no centro dele.

- Wow, parece ser mal-assombrada. - Disse surpresa, então abrindo um sorriso e me virando para Yoona, que ainda se encontrava em choque. -  Que tal irmos lá? 

- M-Melhor n-não. V-Vamos embora, Unnie

- Ah, me poupe de seus medos, Dongsaeng. Primeiro: Sua companhia sou eu. Segundo:  Você me fez vir aqui para ver se tinha alguma coisa legal, e agora que encontramos, vai querer amarelar ? 

Ela permaneceu em silêncio por um tempo, pensativa. Então, respirou fundo e mudou de expressão, refletindo suas ações e olhando para meu rosto.

-Tudo bem. Vamos. 

Yoona pegou minha mão novamente, já que anteriormente havíamos nos separado, e fomos caminhando juntas até a tal casa. Chegando na porta de entrada, paramos e nos entreolhamos por alguns segundos, mas logo analisando a velha construção mais uma vez. Dando minha opinião, talvez desse para fazer um bom filme de terror usando essa casa como cenário...

Tomei iniciativa de dar um passo para frente, e tocar a maçaneta da porta. A maçaneta estava limpa, e a porta suja...com alguns musgos; Mas enfim, assim que abri a entrada com musgos, ela fez um eco, por estar rangendo. Então entramos, dando passos lentos.

A casa era cheia de sangue nas paredes e no chão. Marcas de mãos ensaguentadas podiam se encontrar em todo lugar, móveis de madeira quebrados e espalhados por todo local. As janelas tinham vidros quebrados e, lá dentro possuía uma estranha escuridão. Até então, eu já havia me separado de Yoona, mas podia sentir que ela caminhava atrás de mim, nossos passos rangiam o chão.

Eu estava andando na frente. Não tinha como definir muito bem o que era cada cômodo...mas sei que havíamos encontrado uma escadaria, que obtinha alguns degraus quebrados...

Assim que subi o primeiro degrau (consertado), coloquei a mão sobre o corrimão, e, logo notei que minha amiga estava quieta até demais. 

-Hey, Dongsaeng...- Disse olhando para trás, mas, antes de conseguir terminar a frase, notei que Min Yoona havia desaparecido.

´´Como assim ? Eu estava com ela até agora´´

Pensava. Me afastei da escadaria e meu coração palpitava de nervoso e medo...Sim, minha amiga desaparecida numa casa dessas me causara medo. Comecei a andar pelos mesmos lugares que havíamos passado, e o chão rangia o tempo todo com meus passos. Chamava por Yoona.

- Yoona? Yoona?!  YOONA? MIN YOONA, PARE DE SE ESCONDER - Minha voz aumentava cada vez mais, e eu caminhava pelos corredores com desespero.

-YO...- Antes de gritar novamente, ouvi um som vindo do andar de cima da casa, era um som alto, parecia que alguma porta havia sido arrombada. Isto me fez congelar de vez e, olhar medrosamente para escadaria. Me sentia obrigada a ir lá ver o que era.

Fui caminhando de forma lenta e atenta, mantendo uma expressão de medo. Ia até a escadaria e subia a mesma com cuidado, engolido seco. O pior: Já havia anoitecido e tudo estava repletamente escuro, apenas com a luz da lua como iluminação.

Assim que cheguei no outro andar, pude ver um corredor onde uma das portas estavam caídas, e no fim, um espelho...o que mais me fez sentir medo, foi que, meu reflexo não aparecia...como se eu não estivesse lá....


Notas Finais


Espero que tenham gostado ! S2
Continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...