História Another Carter - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Capitão América, Deadpool, Demolidor (Daredevil), Jessica Jones, Os Vingadores (The Avengers)
Personagens Anthony "Tony" Stark, Clint Barton, Dr. Bruce Banner (Hulk), Ellie Phimister (Míssil Adolescente Megassônico), Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), Howard Stark, James Buchanan "Bucky" Barnes, James Rupert "Rhodey" Rhodes, Janet Van Dyne (Vespa), Jessica Jones (Safira), Johann Schmidt (Caveira Vermelha), Laura Barton, Maria Hill, Matt Murdock, Mercenário (Bullseye), Mulher-Aranha, Natasha Romanoff, Nick Fury, Pantera Negra (T'Challa), Peggy Carter, Pepper Potts, Personagens Originais, Phillip Coulson, Pietro Maximoff (Mercúrio), Safira (Jessica Jones), Sam Wilson (Falcão), Scott Lang, Sharon Carter (Agente 13), Steve Rogers, Visão, Wade Willson (Deadpool)
Tags Another Carter, Barbara Palvin, Bucky Barnes, Carter's, Jessica Jones, Natasha Romanoff, Peggy Carter, Romance, Sala Vermelha, Sharon Carter, Shield, Soldado Invernal, Steve Rogers, Wade Wilson, Wanda Maximoff
Exibições 32
Palavras 1.684
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Orange, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Super Power, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Aí Anothers, hoje o capítulo está aqueles bem incrível.
Preparados para cena de Margasha? Não é aquelas cenas mais é a cena!
Nos próximos capítulos vão continuar essa pegada de capítulos, se é pra tombar tombei.
Tenho certeza que os meus Anothers perceberam que a Margot está se aproximado mais da Sharon, no sentido descobrindo o que aconteceu com a sister? Ela já ligou para a sister mais depois saiu correndo, mais o que importa é que ela ligou.
Faltam 3 capítulos para ela reencontra a sister, eu estou pensando em acabar a primeira temporada com 22 capítulos por que assim fica mais fácil e tal. Mais não precisa se preocupar as outras temporadas vão continuar dentro dessa fic, okay? Okay. Eu estou fazendo os capítulos maiores por causa que eu estou escrevendo no meu computador, então fica mais fácil e tal. Eu decidir que a Natasha vai ter na primeira temporada os cabelos igual do filme do Homem de Ferro 2, eu não sei se vou querer ela com o cabelo curto, porque na minha opinião eu não gosto do cabelo dela nos Vingadores um e dois. Mais se vocês quiserem fiquem a vontade para comentar sobre.
Me diga alguns vilões da Marvel que vocês gostem, não vale o Caveira Vermelha, pois ele vai aparecer num certo capítulo, me ter outras alternativas.

Capítulo 8 - (01x07) Natalia Alianovna


Fanfic / Fanfiction Another Carter - Capítulo 8 - (01x07) Natalia Alianovna

Só há dois tipos de caras por aí

Os que aguentam comigo

E os que tem medo

Então, baby eu espero que você

Tenha vindo preparado

Eu mantenho as rédeas curtas

Então tome cuidado

Eu sou como uma líder

Eu dou as ordens (dou as ordens)

Eu sou como fogos de artifício

Eu faço esquentar

Quando faço um show

Eu sinto a adrenalina

Correndo pelas minhas veias

Holofotes em mim

E estou pronta para arrasar

Sou como uma estrela

A pista de dança é meu palco

Melhor estar pronta

Espero que você sinta o mesmo

(Britney Spears – Circus)

Natasha Romanoff P.O.V

Eu estou na S.H.I.E.L.D esperando a noiva decidir vir trabalhar, já liguei mais de dez vezes para o celular daquela beste que chama de Steve Rogers. Eu não vou ficar esperando, eu vou ao apartamento dele. Ninguém me faz esperar, quando eu digo ninguém é ninguém mesmo. A nossa missão é encontrar o que foi roubado do museu, quem passou essa missão foi o Coulson, o que eu achei estranho que manda as missões é a comandante Hill. Eu estou apenas esperado a margarida Rogers chegar para a gente ir logo à boate. De um criminoso chamado Klaus Cullaman, eu iria com o Tony mais ele não para de falar sobre a nova secretaria dele, o quão ela é bonita, gentil e entende o que ele passa. Só sei que é Katerina alguma coisa, não que eu me importe de ele falado de uma outra mulher mais é que eu não gosto de me distrair nas minhas missões e com certeza falar de uma mulher é uma grande distração.

Eu sou uma pessoa muita forcada só uma pessoa conseguir tirar o meu foco, era apenas uma menina inocente que a HYDRA a transformou em um monstro assim como eu. Quando ela sorriu era um grande problema pra mim, ver sorrindo pra mim era algo que crescia dentro de mim e era incontrolável a vontade de beija-la era imensa mais seria errado. Nós duas trabalhávamos juntas e éramos assassinas da HYDRA, eles podiam machucá-la o que eu nunca me perdoaria se a machucasse. Quando vi a Agente 13 sendo enforcada, eu precisava ajudá-la por ser a irmã da minha amada.

- Agente Romanoff, posso falar com você um estante? – Uma voz feminina surgiu me tirando dos meus pensamentos, eu levantei a cabeça e vir à própria parada na minha frente, falando no diabo a agente 13 veio até mim, ela apontou para a cadeira a minha frente e eu assenti e logo ela sentou na minha frente.

- O quer falar sobre o que? – eu perguntei a encarando

- O que sabe sobre o incêndio do dia 24 de setembro de 2006? – ela perguntou séria se pondo ereta sobre a cadeira

- O que todos sabem, fogo e mais fogo numa casa – eu respondi com um sorriso irônico no rosto o que fez a agente fechar mais a cara

- Não se faça de sonsa, eu estava na sala de arquivos e vi você lendo a respeito, por quê? – ela perguntou com a mesma expressão

- Porque eu gosto de ver fogo – eu respondi dando um sorriso irritante para agente

- Crianças morreram nesse incêndio e minha irmã estava lá, por que se importa tanto com ela? – ela falou e meu coração parou, ela não sabe que a Margot era da HYDRA?

 Eu abri e fechei a boca várias vezes tentando falar alguma coisa, mais parece que a minha voz se foi, até que para a minha salvação Steve veio até nós. Nunca fiquei tão feliz em ver ele. Levantei-me da cadeira rapidamente indo na direção do Steve.

- Capitão, precisamos ir – eu falou seriamente aquela mulher estava me deixado louca

- Boa noite para você também, Natasha! – ele falou e eu revirei os olhos

- Não temos tempo para isso agora, o carro está nos esperando – eu sair daquele lugar e entrei no carro

Margot Carter P.O.V

            Depois que eu peguei as minhas informações, peguei o telefone do Capitão América e liguei para o primeiro número que na tela. “Agente 13” eu fico me perguntando será que esse agente não tem nome? O Capitão leva muito a sério o trabalho? Só sei que depois disso eu fugir e deixei-o lá caído. Eu poderia dar uma carona para ele? Claro que podia! Mais eu não queria.

Eu estou no carro procurando mais coisas sobre Klaus Culleman, eu descobri coisas realmente interessantes, os filhos deles morreram de uma forma terrível. Eles morreram num tiroteio e agora ele tem envolvimento com os caras que mataram os seus filhos, que ironia, eu agora sou uma stripper alemã chamada Bella Scheidemann, com vinte dois anos uma órfão que o pai era um grande criminoso o senhor Jordan Scheidemann.

Eu já peguei as roupas, hackiei o sistema deles foi com certeza a coisa mais fácil do mundo. São umas oito horas da noite, eu estou apenas dando uns últimos retoques. Como eu não posso ter uma arma melhor, eu estou apenas com uma pistola Taurus 638 – uma pistola pequena – ela vai ficar no bolso do meu casaco, não dar para colocar em outro lugar.

Assim que eu cheguei, eu estava com o meu casaco por cima da roupa de dança. A música era alta dava para escutar do lado de fora. Um segurança forte veio-me para e eu mostrei a minha identificação de dançarina, eu tive que entrar pela porta dos fundos e subir uma enorme escadaria por causa de ser uma dançarina não podia ser tocada antes do show. Estavam várias outras mulheres se maquiando a frente dos seus espelhos de camarim. E um estava vazio que seria o meu.  Um homem veio na minha direção, não um homem forte e sim um homem fraco com uma roupa de balé.

- Queridinha, não tem mais tempo vai logo – ele falou remexendo os braços igual a um maluco – A sua apresentação vai começar, mon amour – ele falou fazendo bico e eu me virei para ele

- Je suis venu d’Allemagne pas la France, vois-tu appris à parler alors venir me parler alors qu'il parle à ma main (Eu vim da Alemanha não da França, ver se aprende a falar depois vem falar comigo enquanto isso fale com a minha mão) – eu falei, levantei da cadeira e sair rebolando em direção a cortina que ia ao palco deixado aquele idiota de boca aberta.

A música começou a tocar Circus, eu fui andando lentamente até a barra dourada no meio do palco. Eu joguei o meu casaco no palco perto da barra para caso acontecesse algo eu tenho a minha arma.

Segurei na barra e dei uma volta nela até eu agarrar as minhas pernas nela, várias homens gritando alguns xingamentos e outros aplaudiam mais o meu alvo estava na minha frente sentando com um copo nas mãos enquanto ficava atento a cada movimento meu. Eu larguei a barra e foi engatinhado na direção dele e ele encarava os meus seios. Eu sentei no colo dele, fiquei rebolando até que eu ver algo muito errado no pescoço dele tinha uma tatuagem, um símbolo, era uma cruz atravessado o corpo de um leão ensangüentado - na mesma posição de Jesus quando foi crucificado –.

Eu rapidamente tentei me soltar do homem que continha um sorriso travesso no rosto, suas mãos seguravam a minha cintura com força para eu não levantar, até que eu sentir algo picar na minha perna. Ele me soltou e eu voltei para o palco fazendo uma ultima dança até que eu vejo uma ruiva muito linda por cima, com os olhos verdes como esmeralda. Espera! Natalia...

- Natalia!? – eu perguntei mais a minha voz não saiu por causa do som alto demais, ela estava me olhando tentando lembrar da onde me conhece

Ela me encarava, eu sair do palco rapidamente pegando o meu casaco e colocando logo em seguida. Klaus veio em até mim que eu dei um soco muito forte o fazendo desmaiar, pegando um pen-drive que estava no seu bolso. Corri passando pelo camarim muito rápido, desci a escadaria mais rápido possível me fazendo quase cair da escada que eu parei de correr e tirei os meus sapatos. E ouvir a porta sendo aberta no fundo pela Natalia que corria atrás de mim na escada.

- Quem é você!? – ela perguntou correndo com a sua arma na mão, eu apenas corria mais e mais até que eu vejo a porta que eu rapidamente abro e fechado assim que eu passo. Estava chovendo muito forte, em segundos o meu casaco ficou todo molhado.

Eu continuo a correr até eu perder a ruiva de vista. Por sorte, eu encontro o meu carro estacionado mais pra longe. Eu entro no lado do motorista e deito a minha cabeça no volante com força, eu não conseguir agüentar e comecei a chorar.

-

-

-

-

Depois do meu banho inteiro chorando, eu me sentei na minha cama e olhei para o criado-mudo do lado da cama sobre ele estava o pen-drive. Por que num museu teria um pen-drive? O que ele tem? Eu abri o meu notbook e longo que abri a área de trabalho estava a minha foto com a Sharon. Coloquei o pen-drive no meu notbook, tinham várias pastas mais só uma me chamou atenção. Uma pasta escrita.

“S.H.I.E.L.D”

Assim que eu abri tinham várias outras pastas, mais uma em especial me chamou bastante à atenção, eu abri e estava escrito em um arquivo confidencial.

“Incêndio do dia 24 de setembro do ano de 2006, doze crianças mortas e duas sobreviventes, uma delas Margaret Carter a neta mais nova de Peggy Carter, que está no hospital de Nova Iorque sobre cuidados especiais por conta do Alzheimer, e a outra sobrevivente é Sharon Carter outra neta de Peggy só que a mais velha, as duas sãs órfãs os pais morreram em casa – no quarto onde foram esfaqueados repentinos vezes - Nenhum dos casos foram resolvidos, Sharon agora tem vinte e oitos anos e é uma das agentes da S.H.I.E.L.D enquanto a mais nova não se sabe o paradeiro atual”.

 


Notas Finais


Roupa da Natasha: http://www.polyvore.com/m/set?.embedder=14762546&.svc=copypaste-and&id=212061419

Roupa da Margot: http://www.polyvore.com/m/set?.embedder=14762546&.svc=copypaste-and&id=211823342


Que capítulo bafo! Eu escrevi na terça mais mudei algumas coisas na quarta, a cara da Margot teve ser aquela tipo FUDEU!
Não é fácil descobrir que a sua irmã está viva e a sua vó também.
Essa marca tem cheiro que vai dar muita merda
Obrigado por todo sério mesmo.
Até Sábado...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...