História Another Look - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Jihope, Namjin, Vhope, Vkook, Yoonmin
Exibições 97
Palavras 1.527
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Yaoi
Avisos: Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Tenho nada a declara non ;u;

Capítulo 3 - Good? Strange!


Fanfic / Fanfiction Another Look - Capítulo 3 - Good? Strange!

*Pov Jungkook*

- Estava voltando para casa com uma sacola pequena na mão, tinha ido para o mercado pequeno que tem perto de casa, para comprar toddynho e alguns frios para fazer um sanduiche qualquer. Voltava devagar, até que percebi um garoto ruivo, com pouca roupa e um... Aquilo era um lençol sobre ele?! Até cheguei a pensar que ele era um morador de rua ou coisa do tipo, mas alguma coisa me dizia que não era. Ele se assustou comigo ô olhando, acho que também me sentiria desconfortável, então preferi ir atrás dele, não que isso faça muito sentido, mas oque faz?! E também que ele era bem bonitinho... Claro! Eu sou hétero, com H de Homossexual. O mesmo começou a correr meio rápido até dar uma tombadinha contra o chão caindo, então preferi ajudar (Já que nem pensava mais em dar uns pegas nele, ele parecia ser esquizofrênico).

- Hey!! Você tá bem?! – Perguntei mas não obtive resposta, e o ruivo permanecia cabisbaixo com a franja do cabelo em seu rosto. Então tentei encostar nele, balançando d eleve seu ombro-

- Eu... Eu... – O olhei tombando um pouco a cabeça, dando um sorriso tentando confortá-lo, e então olhou para mim, mas não conseguia completar a frase. – Escuta, está com fome? Não sei cozinhar mas... Eu posso fazer sanduiches- Disse sorrindo e ô ajudando a levantar, mas ele ainda parecia tão sem vida -

[...]

- Chegamos!! Vem, você precisa se agasalhar, eu te empresto uma blusa, vivo emprestando para a bixa do Tae- Disse empolgado ô puxando para dentro, mas confesso que nunca ter resposta era bem irritante, se aquele garoto não estivesse com aquela cara amoada eu com certeza teria batido nele por me ignorar. Nós entramos em minha casa, e logo trouxe uma blusa para o mesmo, que vestiu e ficou olhando para os pés, se sentando na cadeira da cozinha, que ficava bem próxima a sala.

- Eu vou pegar algo para você comer... – Disse enquanto coçava a nuca, aquilo já começava a parecer algum filme de Horror. Preparei um sanduiche simples e levei para ele junto com um suco, além do mais o toddynho é meu! Ele parecia hesitar em comer por um tempo, mas depois comeu como se fosse a melhor comida do mundo.

*Pov Autora*

- Aquele horrível silêncio continuava, e Jungkook já não aguentava mais ficar olhando para a direita, esquerda, frente, e até mesmo ficar balançando a cabeça, queria dizer algo, mas não tinha oque falar, e parando para pensar, a ideia de trazer um garoto desconhecido que ele nem mesmo sabia o nome não parecia muito boa-

- Jim... – Logo Kook escutou o outro se pronunciar, e até arregalou um pouco seus olhos-

-O que disse? –Ainda parecia meio confuso-

- Jimin... Meu nome é Jimin –Disse o baixinho, e Jeon continuava meio surpreso por finalmente ter escutado o tal ‘’Jimin’’ Falar algo. Mas logo isso se quebrou quando escutou o barulho alto de seu celular tocando. Tocava uma música do BigBang, oque fez com que Jimin finalmente desse um sorriso naquele dia. Logo o outro atendeu o telefone-

*Ligação ONN*

- Fala Bixa papagaio- Disse Jungkook atendendo o celular-

- Você não vai acreditar quem eu encontrei com o Jin!

- Vou sim, o Nanjoom, e os dois provavelmente estavam se comendo, isso não é novidade para ninguém Tae- Disse dando um risinho cínico de lado-

- É mas eu tirei fot...

- Misericórdia! Não vou querer ver elas. Ah sim! Tae eu fiz um novo amigo! –Disse Kook orgulhoso, como se para ele aquilo fosse difícil sem ajuda-

- Você desencalhou?!

- Vai se foder, não é isso, tem um garoto mudo aqui em casa, um tal de ‘’Jimin’’, acabei de decidir que vou adotar ele como mascote, minha omma disse que eu não posso ter cães, mas ela não disse nada sobre seres humanos

- Como você é doentio, você sequestrou uma pessoa jungkook?!

- Claro que não! Ele estava andando aqui na rua de casa, mas não parecia conhecer direito,  então eu ajudei ele, pena que até agora só falou o nome dele

- Jungkook ele deve ser autista, agora devolve esse cara para o canil!

- O Jimin não é cachorro Tae!

*Ligação OFF*

-Park apenas olhava a situação com o restante de suco do copo na mão, até o moreno olhar para ele-

- Já terminou Jimin?! –Disse enquanto dava um sorriso grande.

.

.

*Pov Jungkook*

-Já tinha se passado provavelmente meia hora, mas para mim pareceram mais cinco anos. O ruivo continuava sentado em frente á mesa, olhando fixamente para a mesma, me pergunto se ele estava realmente interessado pela mesa, pela toalha vermelha em cima dela ou nem prestando atenção ele estava. Decidi pegar uma das cadeiras e colocar do lado da sua, quem sabe não chama sua atenção. Então foi oque eu fiz, mas ele só olhou para cima com uma expressão confusa – Dei um sorriso, mas ele acabou ignorando- Assim comecei a brincar com meus próprios dedos. Para a minha felicidade escuto alguém bater na porta, e essa pessoa provavelmente era o Tae. Fui até a porta e a abri, tendo o mesmo sorridente.

- Oi Kookie! –Ele disse enquanto me abraçava –Pra mim com certeza Tae fumava alguma coisa-

- Oi viado! –Disse retribuindo o abraço, mas percebi que o mesmo tinha uma sacola nas mãos- Que sacola é essa?-

- Uai, eu trouxe ração de cachorro –Disse como se fosse a coisa mais normal-

- Já disse que Jimin não é um cachorro TaeHyung! E se ele morrer por comer ração de cachorro?! Oque eu ia fazer com o corpo dele?!-

- Criança, você é estranha- Disse bagunçando meu cabelo e entrando dentro de casa. TaeTae foi na frente, e eu estava atrás dele, quando ele se apoia no batente da porta, me olhando novamente-

- Jungkook você está bem?! – Se eu entendi a pergunta? Não! Tombei a cabeça para o lado o questionando, assim ele me puxou para olhar a cozinha, que não tinha ninguém-

- Jimin...?

- Ta vendo kookie?! Você tem estado tão sozinho que está ficando doente, se você quiser eu te trago um remédio, mas dai você quem tem que pagar...- Ele parou de falar assim que me viu procurando por Jimin pela casa-

- Eu já vou, você pode ficar com a ração de cachorro se quiser- Disse enquanto sorria e deixava a sacola em cima do sofá, batendo a porta e indo embora.

.

.

*Pov Autora*

TaeHyung já saia da casa do amigo para chegar na sua, por mais que bem energético o garoto estava cansado, e não via a hora de chegar logo em casa. Enquanto andava pensou em passar em uma cafeteria qualquer, elas eram comuns perto de sua rua, então preferiu tirar logo o dinheiro de sua carteira, mas como estava um pouco apressado derrubou a mesma, se agachando para pegar. Recolhia as moedas do chão que tinham caído, até que acaba escutando uma voz (Não que aquela calçada estivesse vazia, mas o som que escutou parecia bem próximo, oque fez ele prestar atenção).

- Aish Park! Tem que ser tão descuidado?!- Dizia o dono da voz que escutará, enquanto ia chutando qualquer pedrinha que sentisse perto dos pés, parecia um pouco estressado, e mantinha as mãos dentro dos bolsos da calça. Os olhos de Tae continuavam a acompanhar os movimentos do outro, até sentir uma das pedrinhas bater em sua perna ainda agachada-

- Ai! – Hope o olhou, e desviou o olhar, continuando a caminhar da mesma forma de antes, mas mais lentamente. –Estressado?! – Perguntou o loiro já se levantando do chão, e batendo nos joelhos, tentando tirar um pouco da sujeira. O que antes andava, parou e ficou fitando Kim sem muita expressão-

-Sabe... Um ‘’desculpe seria bom’’ –Disse sorrindo divertido-

- Ah sim! Desculpe... – Disse meio confuso mas logo retribuindo o sorriso-

- Só te desculpo se vier tomar um café comigo- Tae realmente gostava de flertar, e não poderia deixar o mais velho passar, então tentando parecer mais amigável pulou no pescoço do outro divertido-

- Eu realmente não estou muito bem para isso agora, mas a gente se encontra- Disse tirando as mãos do outro de si, o que não adiantou já que foi de novo agarrado-

- Aigo! Não seja chato- Disse formando um biquinho forçado, mas logo o deixando de lado e o ‘’puxando’’ para a cafeteria que ia.

[...]

-Park aproveitou a distração do mais alto para sair da casa, Jimin era observador, e viu que no cômodo em que estava tinha uma ‘’porta dos fundos’’, assim como nos filmes norte-americanos costumavam ter nas casas. Quando o garoto de dentes de coelho foi atender a porta, aproveitou para se levantar o mais rápido e discreto que podia, não que o provavelmente mais novo parecesse que fosse te machucar, mas Jimin realmente só queria chegar em casa, e esquecer de tudo. Por estar se cansando (E estar escurecendo) parou em uma espécie de ‘’beco’’ qualquer, se encolhendo ali, sem perceber que aquele era o mesmo em que seu abuso aconteceu, e desse jeito adormeceu. 

[...]


Notas Finais


;u;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...