História Another me - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Personagens Personagens Originais
Visualizações 4
Palavras 394
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Oiiii, essa história foi criada enquanto eu estava pensando sobre um dos universos alternativos de uma das minhas fanfics, mas eu achei que dava pra mim fazer algo novo em cima disso e xarammmm! Aqui está minha mais nova estória! Espero que gostem!

Capítulo 1 - É um boato


Há um boato, esse diz que à cada bebê que nasce duas almas são formadas, uma boa e uma ruim, essas almas são separadas e levadas para caminhos diferentes, elas podem afetar essa criança de vários modos. Essa lenda, não se sabe de onde surgiu, deu origem à várias crenças.

Em uma base de caçadores:

-Peguem toalhas!

-Um médico, rapido!

-O que está acontecendo? Onde está minha mãe?

-Sua irmãzinha está para nascer

-Que?- O garotinho saiu correndo, procurando o local do parto

Enquanto isso, perto dali, um ritou de planos espirituais e materiais se realizava, esse ritual nunca deu certo mas eles estavam dispostos a ir fundo.

Um choro de criança ecoava pelo esconderijo, a energia do local era muito boa e vibrante

-Que linda

-Seus olhos lembram a esmeraldas e sua pele a neve

-Mamãe, como ela vai se chamar? - Porém, o menino não obteve uma resposta

-Marly? Marly!

O desespero reinou, agora dois órfãos habitavam lá, abertos a todos os perigoa do mundo sem um responsável para dizer e explicar o certo e o errado.

Em outro plano dois fragmentos de alma corriam juntos, cada um sabia exatamente para onde ir mas não se separariam sem chegar o momento certo.

Nesse estante o ritual fica mais forte e algo da errado. Os fragmentos ficam fracos e confusos, acabam errando seus caminhos.

No céu os anjos se reuniram perto do lago de Éden, para esperar seu novo companheiro, o fragmento chega e todos sorriem, aplaudem e alguns assoviam. O anjo Cerberus se aproximou do lago, onde o fragmento avia caído e estendeu a mão, uma pequena mãozinha pegou a sua aceitando a ajuda para sair da água. A criança tinha olhos escuros e seus cabelos compridos e molhados lembravam a chamas ferventes, sua aparência era duvidosa mas ninguém a julgou e foram dar as boas vindas a nova anjinha.

Já no inferno o fragmento chegou a uma sala de reunião, caiu em um pequeno buraco de lava se queimando, com dificuldade o pequeno ser saiu de lá machucado e viu uma figura sentada em frente a uma mesa comprida. A garotinha tinha cabelos brancos como a clara e olhos cor azul do céu, sua pele tinha tons meio escuros por conta do queimamento. O "homem" tinha cores escuras e fortes. Ela se levantou e tentou chegar até a cadeira, tropeçou, caiu, mas enfim chegou e se sentou. O mais velho iria lhe recepcionar e explicar como lá funcionava



Notas Finais


Desculpem qualquer erro!
Eai, continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...