História Antes eram inimigos, agora são mais que amigos - Vkook - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Jungkook, Kim Taehyung, Kook, Kookie, Tae, Taekook, Vkook, Yoonseok
Visualizações 52
Palavras 1.411
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 17 - Não vamos esconder mais nada um do outro!


Fanfic / Fanfiction Antes eram inimigos, agora são mais que amigos - Vkook - Capítulo 17 - Não vamos esconder mais nada um do outro!

Tae


Eu termino de me trocar e já são 11:00, eu e o Kookie acordamos tarde hoje, mas acho que isso é totalmente justo com ele, afinal ele está machucado...


- Kookie, eu vou buscar alguma coisa para a gente almoçar, fica lá na sala, e tranca todas as portas, você quer comer o que?

- Você vai pegar o almoço agora? Não tá muito cedo ainda?

- Tá, mas eu não quero pegar depois do meio dia, por que  daí a faculdade já teria acabado e o Yangmi estaria na rua, e ele tem a chave de uma das fechaduras da porta tendeu? Fica na sala daí você vai conversando comigo por vídeo chamada ta Coelhinho? Você não pode sair ainda, para você se recuperar logo.

- Ah tá bom - Eu o pego no colo para o levar para a sala, ele ainda sente dor, mas da que uma semana temos que ir ao médico para tirar seus pontos.

- O que você quer comer? - Pergunto isso, enquanto eu desço as escadas com ele em meu colo.

- Não posso ir junto mesmo?

- Kookie! Você não consegue nem se levantar menino!

- Tá bom, mas amanhã eu vou junto!

- Kookie!

- Tá bommm!

- Você sabe que eu só não deixo para você melhorar logo né?! Tá mas o que você quer? Para comer?

- Pega um lanche daquela lanchonete que a gente foi com os meninos então, é mais rápido.

- Tô indo então, liga para mim, para a gente ir se falando tá? - Eu falo isso abaixando e dando um beijo em seu lábio.. digamos demorado...


Sai de casa e  estou esperando um pouco para eu ver se o Kookie ta trancando toda a porta, assim que ele trancou, eu começo a andar pela calçada para ir a lanchonete, a rua esta bem calma hoje, mas acho que é pelo motivo das pessoas estiverem trabalhando agora de manhã...

Eu estou caminhando e eu acabei de ver lá de longe uma pessoa que logo logo em alguns passos tera um encontro muito desagradável comigo! Daí você me perguntam, quem é? É O YANGMI EM CARNE E OSSO! Ele está fazendo o mesmo caminho que eu faço para ir para minha casa, estou tendo que me segurar, e não ir lá e fazer muito pior o que ele fez com o Kookie, mas eu não posso fazer isso, pelo menos não agora e aqui! A rua está calma, mas tem algumas pessoas, e talvez as pessoas que vejam possam até achar que eu fiz aquilo com o Jungkook! Em questão de segundos eu peguei meu celular do bolso e estou ligando agora para meu namorado, enquanto estou correndo para casa!

Quem aquele garoto pensa que é?! Ele faz isso só para estragar meu namoro com o Kookie, e sai da escola mais cedo para provavelmente ir em minha casa ver se Kookie está la e tentar fazer algo de novo! Aquilo nem é gente! Eu até suspeito que aquilo seja o próprio Demônio no corpo de uma pessoa, denominado da espécie humana, não dá para acreditar que aquilo é da mesma espécie que eu e as pessoas, aaaaaaaa! Nojo dele!

Enfim finalmente aquele garoto me atende:


Ligação de vídeo


- Kookie?! - Eu estou correndo, aquela lanchonete era meio longe da minha casa.

- Oi Tae, que foi?!?! Você tá bem?!? Porque tá correndo?! Alguém tá te perseguindo?! Tae?!?!

- Fica em casa! Você tá com todas as portas trancadas ne?! Me espera chegar em casa! - Eu não estou preocupado comigo, se ele vai ou não me bater ou algo assim, porque eu sei me defender, mas o Kookie não, eu tenho que chegar rápido para não acontecer nada.

- Tá, tá tudo trancado, mas porque você tá correndo?!

- Eu te explico em casa, quando alguém bater na porta, sobe no meu quarto e olha na janela se  sou eu mesmo, se for outra pessoas não abre de jeito nenhum em! Tô quase chegando.

- Am ta ue.


Kookie não tava entendendo nada, mas não tem problema, eu sei que eu prometi que nós falariamos a verdade um para o outro, eu só estaria omitindo uma informação, que é para o próprio bem dele. Mas quando ele melhorar eu vou contar tudo.

Cheguei em casa e já é 11:30, eu acho que eu mesmo vou fazer alguma coisa para nós comermos, eu não tenho coragem de deixar o Kookie aqui sozinho, enquanto eu compro o lanche, então eu vou cozinhar alguma coisa! Mas sou interrompido, e vejo que Kookie encostou na parede que tem do meu lado.


- Tae? Porque você tava correndo? Você ainda não me disse! Não esquece que a gente prometeu contar a verdade um para o outro em! Conta para mim TaeTae.

- Amm... é... tinha um louco na rua falando que ia atirar em todo mundo com sua arma!

- Tae... Por favor cumpra o que você falou... Eu quer... - Eu não o deixo terminar sua frase e lhe beijo, coloco minha mão em sua nuca aprofundando aquele beijo, fazia tempo que não nos beijavamos desse jeito, Kookie ainda estava com dor, então eu tento me separar dele, para não dar-lhe mais dor, porém ele me segura pela cintura e não me deixa sair, eu pedi passagem com minha língua em sua boca e ele cedeu, enfim como todo beijo não é para sempre, nós nos separamos pela falta de ar e Kookie encosta sua testa na minha e fala:

- Tae por favor fala a verdade, e prometa nunca mentir para mim, do mesmo jeito que eu já prometi, e estou cumprindo, por favor..

- Tá bom Coelhinho eu prometo! Prometo mesmo, mas eu só quero que saiba, eu estava escondendo alguma coisas como está que eu vou lhe contar agora para te proteger, eu amo muito você Kookie. - Confesso que eu fiquei corado um pouco, assim como Kookie também está.

- E-eu também V.


Nós separamos nossos corpos, e nos sentamos na mesa para conversar, eu vou contar para o Kookie tudo o que ele quiser, eu não quero que ele suspeite que eu estou fazendo algo escondido dele, o que eu realmente não estou...


- Agora responde sinceramente, de que você estava correndo?

- Tá Jungkook eu vou responder, eu não estava correndo por mim, eu tava correndo com medo de lhe acontecer algo, despois que eu lhe contar você vai me responder uma coisa também?

- Sim V, não vamos esconder nada um do outro!

- Hum, eu estava correndo porque o Yangmi estava vindo na direção de casa, e eu fiquei com medo de que ele fizesse alguma coisa com você, eu só não queria te falar, para não deixar você preocupado. Agora uma coisa que eu sempre quis saber foi, Kook, algumas pessoas não aceitam nosso namoro, mas ficam quietas, mas ele não ficou, ele te agrediu tanto fisicamente quanto psicologicamente, você já conhecia ele para ele ter tanta raiva de você? Por que comigo ele nem fala nada.

- Ehh, eu não conhecia ele, mas eu conhecia a namorada dele. Ela era minha amiga, mas ela se mudou de país no comeco do ano, logo após terminar com ele, mas continuado, ela sempre me dizia que ele não a amava, só queria ela na cama, ela me dizia que eles nem se beijavam, nem se falavam, não faziam nada que casais normais, casais como nós fazem, então eu falei que se fosse comigo eu iria me separar dele, mas eu nunca nem tinha visto ele, e ela fez o que eu disse que faria, e disse para ele que eu estava certo e disse meu nome, então acho que ele criou uma certa raiva de mim, e isso tudo foi no começo desse ano, eu nem te conhecia ainda. Ele não estudava na faculdade, acho que ele veio estudar aqui no meio do ano, e eu já tinha apanhado uma vez dele, mas ele mudou completamente de visual e eu não o reconheci...


Eu não sei nem o que responder, então eu fico quieto apenas o olhando, sem dizer nada...


- Desculpa Tae.

- Ãm?

- Seu eu não tivesse falado aquilo, nós talvez teríamos um namoro sem preocupações hoje em dia! - Ele fala isso deixando algumas lágrimas decorrerem em seu rosto.

- Não Coelhinho! Não é culpa sua, algumas pessoas já nascem assim, algumas pessoas já são destinadas a tentarem estragar a vida das outras, e Yangmi foi um deles! Mas ele não vai conseguir nos separar viu?


Então eu o abraço e ele para de chorar, o Kookie é realmente muito sensível com tudo, mas eu amo todo seu jeito...


Notas Finais


Gente eu não atualizei ontem a noite por que eu acabei dormindo.
Espero que vocês estejam gostando 💖
Bjosss😗❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...