História Antes Que Ela Se Forme - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saga Crepúsculo
Personagens Alice Cullen, Bella Swan, Charlie Swan, Edward Cullen, Emmett Cullen, Jacob Black, Jasper Hale, Mike Newton, Renée Dwyer, Rosalie Hale, Tânya Denali
Tags Beward, Crepusculo, Robsten, Romance
Exibições 5
Palavras 771
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


NÃO ME MATEMMMM! HAHAHA
Sei que demorei postar! Me desculpem!!
Espero que gostem do cap! Beijinhos :*

Capítulo 7 - Conselhos


— Você quer dizer que eu não vou poder caçoar das suas manias Europeias? — perguntou Jasper.

 Nós tínhamos ido ao parque da cidade depois que Edward quase fora despedido devido à confusão na cafeteria. Estávamos sentados embaixo de uma grande árvore.

 — É claro que vai. — eu ri. — Não que eu as aprove, é claro, já que são estúpidas e um pouco xenofóbicas. Mas vou fazer de tudo pra voltar o mais rápido possível.

 — Ninguém consegue deixar a América assim de uma hora pra outra! — Rosalie afirmou. — Não dá pra trocar essa bagunça pela calmaria da Inglaterra num piscar de olhos.

 — Nós vamos te visitar! — prometeu Alice. — É bom você arrumar mais camas pra gente lá em Liverpool, Bellinha.

 — Obrigada, gente. De verdade. Não sei o que seria de mim sem vocês. — digo agradecida. — Mas vocês não precisam gastar dinheiro para me ver. É muito caro sair daqui pra ir pra Inglaterra.

 — A gente da um jeito, Bella. — Rosalie disse me abraçando. — Não se preocupe.

 — Além do mais, indo pra Inglaterra podemos visitar os estúdios de Harry Potter. — Jasper contou. — É  única coisa que me faz sentir inveja de Bella. Ela já os visitou três vezes!

 — Poxa, Jasper! Você não sente inveja do namorado que a Bella tem? Fala sério, sou um partidão! — Edward brincou.

 — Sentir inveja de um cara ridículo, feio, metido e cabeçudo? — Jasper ironizou. — Mas é claro!

— Ainda sim sou o mais inteligente daqui.

 — Acho que todos aqui concordamos que a mais inteligente é Rosalie, não é? — Jasper perguntou e eu e Alice assentimos. — Embora para certas situações ela seja burra como uma porta.

 — Jasper, a próxima vez que eu colocar a mão na sua cara, vai ser a última vez que você terá uma! — Rosalie sorriu. Cínica.

 — Deus, como eu vou sentir saudade desses dois brigando o dia inteiro! — digo brincando.

 — Leva o Jasper com você, Bell. Seria ótimo ficar a um continente de distância. Ter um pouco de paz. — disse Rose.

 — Vai ter que me levar junto! — Alice brincou.

 — Alice, acorda. — Rosa bronqueou. — Essa daí só está namorando contigo porque no mínimo você tomou a iniciativa.

 — Gente, hoje era pra ser um dia legal. — Alice suspirou chateada.

 — E pode ser, se Jasper e Rosalie deixarem de se alfinetarem. — Edward contou. — Poxa, estamos todos juntos e logo menos não estaremos mais assim por muito tempo.

 — Verdade, vamos fazer algo juntos. — peço.

 — Então, amores, vamos voltar para o dormitório, vestir saias curtas e saltos altos! — disse Rosalie se levantando. — Vou mostrar a vocês aonde vou à maioria das noites.

 — Ela quis dizer todas as noites, não é? — Alice sussurrou pra mim, e eu gargalhei.

 

•••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••

 

Nós havíamos voltado para o campus, Alice estava no nosso dormitório, fazendo o cabelo de Rosalie.

— Aonde vamos, Rose? — ela perguntou.

— A uma boate.

— Você chamou o Emmett? — perguntei.

— Por que eu o chamaria? — ela perguntou.

— Porque vocês são namorados. — respondi.

— Exatamente, querida. — ela piscou pra mim. — Somos namorados não gêmeos siameses. 

— Rose! — Alice repreendeu.

— Meninas, relacionamentos são baseados em confiança. Se toda vez que eu for sair tiver que levar o Emmett nas costas, eu termino.

— Você é maluca. — gargalhei.

— Isabella, se eu fosse você cuidaria mais da sua vida e ficaria esperta. 

— O que você quer dizer com isso?

 — Emmett me contou que no final do ensino médio, Edward namorava uma garota. Ele estava tão apaixonado que a pediu em casamento.

 — Ele nunca me disse isso. — digo exaltada.

 — Porque o término foi horrível. — Rosalie conta. — Emmett disse que ela aceitou o pedido, mas, duas semanas depois Edward a encontrou com outro. Depois ela a vadia se mudou para o Brasil com a família.

 — Que piranha! — Alice disse. — Como alguém faria algo assim com o Ed?

 — Querida, existe gente louca pra tudo. — Rosalie revira os olhos. — Enfim, Bells, parece que o Edward até entrou em depressão depois disso. Emmett disse que ele só vivia cabisbaixo e desanimado, até que conheceu você.

— Edward é muito intenso. — Alice reparou.

— Sim. — Rosalie concordou. — E o pior: Emmett me contou isso porque surtaria se não contasse pra alguém... A cretina voltou pra América.

— O que? 

— Isso mesmo, amiga. Ela voltou. E ninguém pode saber que eu contei isso pra vocês, nem o Edward. Esse assunto morre aqui, ok? — Rosalie perguntou e nós assentimos. — Esme está preocupada que ela queira, sei lá, encontrar o Edward.

 — Eu imagino! — disse Alice. — Imagine ver o filho em depressão, que horror. 

— Eu vou tentar fazer Edward me contar esse episódio. — digo. — Conversar ajuda. 

— Ajuda mesmo, Bellinha. — disse Alice terminando o cabelo de Rosalie e indicando a cadeira para eu sentar-me. — Mas vai com calma, porque o assunto parece delicado.

— Vou tomar cuidado. — prometo.


Notas Finais


NOS VEMOS NOS COMENTÁRIOS!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...