História Antes que o dia acabe - Capítulo 44


Escrita por: ~

Postado
Categorias Banda Fly (Fly Br)
Personagens Caíque Gama, Nathan Barone, Paulo Castagnoli, Personagens Originais
Exibições 38
Palavras 1.318
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 44 - Natal


Fanfic / Fanfiction Antes que o dia acabe - Capítulo 44 - Natal

Uma semana depois...

Finalmente chegou a data tão esperada que e o natal, um dos meus dias mais favoritos do ano. Alguns familiares do Paulo já estavam chegando sua avó e uma de suas tias foram as primeiras a chegar e foram as primeiras que eu conheci (Digamos que eu não estava muito apresentável já que eu estava ajudando a minha sogra e a Giovanna com a comida e estava fazendo um bolo de chocolate e o Paulo pegou e sujou minha casa com a massa do bolo justamente quando elas chegaram na cozinha.

Nesse momento eu terminava de me arrumar, eu já tinha tomado banho e colocado minha roupa (Que se resumia em um macacão branco com alguns detalhes e um salto na cor preto) deixei meu cabelo solto e ondulei um pouco as pontas dele, fiz uma maquiagem simples, mais que destaca-se meus olhos.

- Amor, vamos descer? –Perguntou o Paulo

- Vamos, como eu estou? – Perguntou o encarando.

- Ta linda até demais. – Paulo

- E a primeira vez que vou ver sua família tenho que causar uma boa impressão. – Alice

- Okay né. – Ele disse me puxando para perto e me beijando.

Fomos para o andar debaixo e a maioria me encarava, o Paulo foi falar com os seus primos que o chamaram e eu fui ate a cozinha onde a minha sogra estava junto com a avó do Paulo, a tia dele mais 3 mulheres e umas duas meninas que deveriam ter por volta de 17 ou 18 anos, por ai.

- Querida venha aqui. – Disse a dona Rosângela para mim.

- Oi? – Alice

- Essas são as outras tias do Paulo, Mariana, Catarina e Adriana e essas são Carolina filha da Catarina e Miranda filha da Adriana, meninas essa e a minha outra nora Alice, namorada do Paulo. – Rosângela

- Prazer. – digo

- E todo nosso. – Mariana

- E a primeira vez que conheço uma namorada do Paulo. – disse a dona Adriana me cumprimentando.

- Essa vale ouro. – Disse minha sogra

- Obrigada. – Alice

Bom eu vou resumir o Paulo me apresentou a sua família toda, depois fomos para a varanda já que já iria dar meia noite.

- Dez segundos. – gritou um dos primos do Paulo.

- 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1 Feliz natal! – Todos gritam

- Feliz natal amor. – Disse Paulo me apertando em seus braços.

- Feliz natal vida. – Digo e lhe dou um selinho.

- Meus amores, feliz natal. – Disse minha sogra nos abraçando.

Depois de cumprimentarmos todos eles foram fazer o ‘amigo oculto’ deles e eu fui a varanda para ligar para minha mãe.

Ligação On...

- Oi mãe. – Alice

- Oi querida. – Tatiana

- Liguei só para desejar feliz natal a todos vocês. – Alice

- Feliz natal para você filha e manda um feliz natal para o Paulo também e não o deixa esquecer-se de dar-lhe o presente. – Tatiana

- Okay, eu vou desligar tchau mãe. – Alice

- Tchau filha, se cuide e tenha um ótimo natal. – Tatiana

- A senhora também, mande feliz natal a todos. – Alice

- Okay. – Tatiana

Ligação Off...

Fiquei um tempinho ali sentada ate que o Paulo apareceu na porta da varanda com uma caixa que tinha alguns furos.

- Oi amor. – Ele disse sentando do meu lado.

- Oi, o que tem ai? – Pergunte tentando adivinhar o que tinha na caixa.

- Esse e o meu presente para você. – Paulo disse colocando a caixa em meu colo.

Como eu sou um pouco curiosa abri correndo e vi um filhote de cachorro.

- Mais que fofo. – Digo o pegando e fazendo carinho.

- Que bom que gostou! – Paulo

- Qual e o nome? – Alice

- Você que tem que escolher. – Paulo

- Seu nome vai ser Bob. – Alice

- Bob não amor e um nome muito comum. – Paulo

- Que tal Billy? – Alice

- Gostei oi Billy. – Paulo disse fazendo carinho no cachorro.

- Meu primeiro filho. – Alice

- Nosso né. – Paulo

- Sim. – Alice

- Ele vai ficar em meu apartamento ou no seu? – Paulo

- Vai ser melhor no seu por que no prédio onde moro com as meninas não e permitido animais como gato e cachorro. – Alice

- Okay. – Paulo

- Seu presente está lá no quarto. – Alice

- Vamos lá então. – Paulo

Fomos para o quarto dele e eu lhe entreguei o seu presente e pelo que pareceu ele gostou. Voltamos para o andar debaixo (Eu ainda estava com o cachorrinho e o Paulo foi ate um de seus primos que o chamaram e eu fui para a varanda com o Billy e fiquei brincando com ele.

- Amor? – Paulo chamou aparecendo na porta da varanda

- Oi? – Alice

- Vem minha mãe esta chamando. – Paulo

- Onde eu o deixo? – Alice

- Vou colocá-lo lá no meu quarto. – Paulo

Ele pegou o Billy e levou para o quarto dele e depois voltou alguns segundos depois, voltamos para sala juntos, vimos todos sentados na sala naquela troca interminável de presentes, o Paulo se sentou no ultimo lugar vago e me puxou para me sentar em seu colo, quem estava distribuindo os presentes era minha querida sogra.

- Esse vai para minha mais nova nora. – Disse ela me olhando, e o Paulo me empurrou para ir pegar. – Espero que você goste eu comprei no dia que fomos ao shopping.

Pego o mesmo e abro e vejo que e um sapato que eu tinha adorado (E que eu iria voltar antes de ir embora para poder comprar ele)

- Eu amei, obrigado dona Rosa. – Digo a abraçando.

- De nada querida. – Rosângela

E assim se passou a noite todos ganhando presente (O Paulo me entregou o presente que meus pais mandaram que e uma câmera de alta definição). Depois de comermos alguns continuaram por ali, poucos foram embora outros ficaram somente conversando, fui para o quarto do Paulo e vi uma das primas do Paulo (A tal da Miranda) deitada na cama dele. Assim que entrei, ela me olhou feio, o Billy estava dormindo no cantinho do quarto, não falei nada fui ate o guarda roupa peguei uma blusa do Paulo, uma calça leg minha e minhas roupas intimas e fui para o banheiro tomei um banho rápido e quando sai vi o Paulo tentando tirar a prima dele do quarto.

- Mirando tem como sair cara? Eu to cansado! – Paulo

- Eu te ajudo a descansar. – Miranda

- Não preciso de você para isso, tenho minha namorada. – Paulo

- Paulo deixa ela, quando ela quiser sair ela sai. - Alice

- Você pode sair querida. – Miranda

- Por que eu faria isso se eu durmo aqui? – Perguntei sentando na cama.

- Por que quem vai dormir aqui sou eu. – Miranda

- No chão fica a vontade. – Alice

Meu celular começa a falar antes dela responder.

Ligação On...

- feliz natal sua linda! – Gritou Bianca (Com sua voz levemente alterada)

- feliz natal! – Alice

- Como esta sendo o natal na casa dos sogros? – Bianca

- Legal e ai? – Alice

- Ta bem legal. – Bianca

- Recebeu meu presente? – Alice

- Não, você deixou com o Nathan e ele esqueceu no apartamento. – Bianca

- Quando você ver me liga – Alice

- Okay. – Bianca

- E a Emilly? – Alice

- Ela me ligou agora pouco, disse que o caíque estava se esbanjando na casa dela. – Bianca

- Tinha que ser o Caíque né? – Alice

- Tenho que desligar agora tchau. – Bianca

- Tchau. – Alice

Ligação Off...

Olhei para o lado e vi só o Paulo no quarto.

- Conseguiu tirar ela? – Perguntei

- Sim, só disse que falaria com a mãe dela. – Paulo disse indo para o banheiro

Ele foi tomar banho e eu arrumei as coisas para deitar e o Paulo logo voltou.

- Boa noite. – Ele disse se deitando ao meu lado.

- Boa noite. – digo

Ele me abraça e nos logo dormimos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...