História Antes que o dia termine - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Drama, Hentai, Romance, Sasusaku
Exibições 533
Palavras 1.454
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Desconfiança


Já havia quase dois meses, e Sakura tinha conseguido um emprego, ela trabalhava meio período como secretária em um escritório de advocacia, e como conseguiu um emprego, ela já tinha saído de casa, enquanto Sasuke, ainda estudava, depois daquela festa, o moreno acabou se arrependendo, e passou a se concentrar nos estudos.

Mesmo se concentrando nos estudos, Sasuke sentia saudades de casa, por isso, ele resolveu que assim que ele se formasse, ele voltaria para casa.

A barriga de Sakura já estava começando a aparecer, o que deixou todo mundo surpreso, inclusive o Naruto, que ficou enchendo a paciência da rosada.

Nesse momento, eles estavam na faculdade, enquanto o loiro enchia a rosada de perguntas:

_ É do Sasuke, essa criança, não é?

_ Porque acha que é do Uchiha?

_ Depois dele, você não ficou com ninguém, só pode ser dele.

_ E quem garante que eu não fiquei com ninguém?

_ Se for dele, você tem que falar para ele.

_ Mesmo sendo dele, nem morta eu vou falar para ele, e você também não, okay?

_ Tudo bem, ele vai descobrir de qualquer forma, mesmo.

Sakura olhou assustada para o Naruto, e perguntou:

_ Como assim?

_ Depois que ele se formar, ele vai voltar.

_ Quem te disse isso?

_ Ele mesmo.

_ Ele não vai descobrir. Porque eu não vou deixar.

_ Então você confirma, o Sasuke é o pai dessa criança?

_ Sim, ele é.

_ E quando descobriu?

_ Depois que ele foi embora.

Sakura colocou a sua mão na sua barriga, e suspirou, só de saber que dentro de um ano, o moreno estaria de volta, a deixava maluca.

_ Mesmo que ele volte, e descubra sobre esse filho, nada vai mudar a minha opinião.

_ Sério mesmo? – Naruto falou decepcionado.

_ Sim, muito sério, eu vou criar essa criança sozinha, não quero nada do Uchiha.

_ Mas você já tem algo dele.

_ O que?

_ Essa criança.

A rosada revirou os olhos, e o Naruto continuou:

_ Sakura, você não fez essa criança sozinha, e sabe bem disso.

_ Tá, que seja.

Naruto tentava a todo custo, fazer a menina falar com o moreno, afinal ele tinha o direito de saber, que seria pai, mas a Sakura, continuava teimando em não contar.

O moreno como já havia decido, passou a apenas estudar, e só saia para dar uma volta na cidade de vez em quando.

Ele tinha acabado de receber a noticia que seu pai, havia falecido, mesmo que o homem fosse um tirano, ainda assim, era o seu pai, mas ele não ia ao enterro do seu velho, afinal tinha muita coisa pra estudar ainda.

Nesse momento ele, estava sentado numa cafetaria, conversando com um colega da faculdade, e ambos estavam se preparando para um seminário.

Ele tentava o máximo se concentrar, mas tanto a saudade da Sakura quanto de casa, não o deixava se concentrar.

Quando voltou para os alojamentos da faculdade, e foi para o seu quarto, Neji seu colega estava lá, mexendo no notebook.

Sasuke olhou para o colega, e não disse nada, apenas se jogou na cama, e caiu no sono.

No sonho, ele e Haruno estavam felizes, fazendo um piquenique na praça da cidade, enquanto brincava com uma menina, que aparentemente era filha deles.

A menina era morena e tinha olhos negros, iguais ao de Sasuke, mas tinha alguns traços da Sakura também, como à testa grande, só que um pouco menor do que a de Sakura.

Quando acordou, viu que o Neji não estava mais lá, ele suspirou e colocou ambas as mãos no seu rosto, enquanto lembrava-se daquele sonho, que parecia ser tão real.

_ Um sonho impossível, Sasuke, impossível.

Ele sussurrou, às vezes ele tinha vontade de largar tudo, e voltar para Konoha, mas outras vezes, ele dava para trás, e pensava em apenas se concentrar nos seus estudos, para depois, voltar para lá.

O moreno sentiu o seu telefone tocar, e quando atendeu era o Naruto, eles passaram meia hora conversando, e metade dele era sobre a Sakura.

O coração do menino se apertou, ao saber que a garota não queria mais saber dele.

_ Porque você não conta, que você fez tudo isso, por ameaça?

_ Não isso não, a Sakura não pode saber disso.

_ Qual é cara, seu pai já morreu nada mais impede de vocês dois, ficarem juntos.

_ Mas tem a minha mãe.

_ Eu sei, mas vocês dois vão ter... – Naruto parou de falar, assim que percebeu o que iria fazer.

_ Nos vamos ter o que Naruto?

_ O que? Como assim?

_ Você disse, que eu e a Sakura iriamos ter algo, não me diz que é o que eu estou pensando.

_ Está pensando, em que?

_ Ela está grávida Naruto, a Sakura estar grávida?

_ Isso eu não sei, ela não me falou nada.

_ Tá... Sei... – Sasuke o respondeu desconfiado.

_ Naruto, a Sakura ainda está com o mesmo, número?

_ Sim, está. Por quê?

_ Vou ligar para ela, agora, e saber que história é essa.

Sasuke desligou o celular, e ligou para o número da rosada, que chamou várias vezes, mas não atendeu.

Sakura viu o seu celular tocar, e quando o pegou, viu que era uma chamada internacional, a primeira pessoa que veio em sua mente, foi o Uchiha, por isso, ela resolveu não atender.

Ela se perguntava o que o moreno, queria com ela, afinal ele nunca tinha ligado para a mesma.

_ O Naruto deve ter aberto a merda da boca.

Sasuke ficou pensativo, se a Sakura estivesse mesmo grávida, ele teria que tomar uma atitude.

O menino tombou a cabeça para trás, e passou a pensar na possibilidade de ter engravidado, a menina, até porque na ultima vez que transaram, ele não usou camisinha.

Ele viu a porta do seu quarto e viu o seu colega de quarto entrar, mesmo ele e o Neji tenha começado a se falar frequentemente, o Uchiha não sabia se era melhor contar para o colega ou deixar para lá.

_ O que te incomoda? – Neji perguntou ao Uchiha.

_ Minha ex... Acabei de falar com um amigo, e ele disse que eu e ela, vamos ter algo, e suspeito que seja um filho.

_ Você tem certeza?

_ Sim, bem... Eu acho que sim.

_ Porque não fala com ela?

_ Tentei ligar, mas ela não me atendeu.

_ Ela não tem twitter, facebook, essas paradas aí?

O moreno olhou para o Neji surpreso, ele tinha acabado de lhe dar uma ideia.

_ Sim, ela tem.

_Então conversa com ela.

_ Valeu Neji.

Neji o respondeu apenas com um aceno de cabeça, e o moreno entrou rapidamente no notebook, ele sabia que talvez, ela não estivesse online por causa do fuso horário, mas não custava nada tentar.

Ele primeiro entrou no twitter, que era a rede social, que Sakura mais usava, e mandou uma mensagem direta para a menina, e esperou ser respondido.

Como ele viu que não tinha adiantado, o moreno entrou no facebook, e descobriu que a rosada tinha o bloqueado do facebook.

O moreno suspirou frustrado, e depois deu um sorriso triste, ela o bloquear, era a coisa mais obvia que ela faria, e ele tinha certeza, que a mesma não iria o responder no twitter.

Sakura tinha visto a mensagem que o Uchiha, tinha deixado no twitter dela, mas resolveu ignorar, para ela, não valia a pena, ter algum tipo de contato com ele.

Ela tinha acabado de chegar, do trabalho, e estava cansada, aquela não era a primeira vez, que ela trabalhava, afinal quando tinha 16 anos, ela trabalhou como uma garçonete numa lanchonete, mas saiu, assim que a mesma faliu.

A rosada ficou olhando para uma fotografia, que ela tinha dela e do Uchiha em cima da sua mesa, por algum motivo, ela se recusava a jogá-la fora, aquela foto foi tirada no primeiro aniversário de namoro.

Ela se levantou da cadeira, e pegou aquela fotografia, por muito tempo aquela tinha sido a sua foto preferida, mas agora, ela não tinha totalmente certeza.

Sakura colocou aquela foto dentro de uma gaveta, e a fechou, ela sentiu uma vontade imensa de chorar, mas agora, ela tinha que seguir em frente ou então, jamais poderia continuar vivendo corretamente.

Tinha outra festa rolando em um dos quartos, dos estudantes daquela república, mas ele não foi, o mesmo já tinha acabado com aquela ideia de participar de festas, vai que ele participasse de uma, e depois desse merda?

O moreno virou o rosto para o lado, e suspirou enquanto fechava os olhos, a saudades de casa e da Sakura, aumentava a cada dia, e com esse pensamento, acabou dormindo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...