História Antes um amor do que uma morte. Ayano Aishi x Budo Masuta - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Budoxayano, Família, Yandere Simulator
Exibições 130
Palavras 1.099
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Colegial, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Esse capítulo vai ser longo por isso que demorei pra postar e também comecei o 4° bimestre na escola então como meus colegas dizem: Modo Nerd Ativado kkkkk
Nesse capítulo vai ser tudo em 1° pessoa, então não estranhem

Capítulo 12 - Os meses da gravidez ( 1° e 2° mês)


Fanfic / Fanfiction Antes um amor do que uma morte. Ayano Aishi x Budo Masuta - Capítulo 12 - Os meses da gravidez ( 1° e 2° mês)

~1°mês~ P.O.V Yandere

Ser gravida é até que legal mas sempre tem os cuidados principais, minha mãe está pensando em fazer no chá de bebê, é meio chato isso na parte de pagar mico. Pelo menos agora eu não preciso ir para a escola mais, vou parar os estudos por causa do meu filho ou filha A sei lá só vou fazer um ultrassom com 5 meses, Minha mãe disse que é complicado quando tiver os últimos meses porque a barriga fica um peso que parece que eu estou carregando três sacos de arroz.

- filha!! vem cá rapidinho!

Eu me Levanto e vou até a minha mãe que me mostra o calendário do mês de janeiro de 2018

{lembrem-se o jogo yandere Simulator é passado em abril de 2017}

- O que é isso mãe?

-  o bebê vai nascer em Janeiro

Fiz uma cara de tipo: um legal e voltei ao quarto e me deitei e cai no sono.
Acordei às 19:35, minha mãe já estava jantando Então me sentei ao seu lado, minha mãe se levantou para pôr comida para mim.
Ela trouxe a comida e eu jantei, estava com saudades da comida da minha mãe.
A campainha tocou e minha mãe foi abrir a porta, era uma garota de cabelos vermelhos curtos e óculos vermelho, ela disse que era uma velha amiga minha, eu desconfiei pois ela parecia familiar.

- Qual é o seu nome mocinha?

- meu nome é confidencial mas pode me chamar de Info-chan

Quando ela disse  esse nome eu fiquei paralisada nunca pensei que a Info-chan fosse aparecer na minha casa assim do nada, me levantei e chamei ela para o meu quarto para conversarmos.
Ela Sentou em minha cama e começou a falar comigo sobre a minha gravidez

- como sabe que estou grávida?

- a notícia se espalhou pela escola

- Oxe mas eu não falei para ninguém só minha mãe e meu pai e o Budo sabe, agora você é a escola inteira sabe

- sua mãe que contou

- como sabe que foi minha mãe?

- ela é uma das administradoras do blog da escola

Paralisei por um tempo então liguei meu computador e entrei no blog da escola e a mãe postou uma foto minha com a barriga à mostra que eu tirei esses dias na legenda estava escrito: que orgulho!! minha filha vai ser mamãe!! e eu vou ser vovó!!
Ai que vergonha agora só falta a cidade inteira saber ou ter para falar com a Info-chan sobre como seria o nome se fosse menino ou menina.
Ela foi embora bem tarde, não fiquei preocupada porque ela é discreta Então não vai ter problema, tomei banho e fui dormir esses meses vão passar bem rápido

~2° mês~

Minha barriga já está crescendo estou ficando com enjoo, sempre que eu vomito fico com medo do bebê sair pela minha boca, eu sou trouxa mesmo.
Minha mãe não larga o celular por causa que ela está preparando um chá de bebê para que tanta frescurinha aff!
Fui tomar meu café da manhã, abri a geladeira não tinha ovo, me troquei e fui ao mercadinho perto de casa.
Eu encontrei uma pessoa que eu nunca queria encontrar na minha vida, Kokona Haruka, ela pode até ter carinha de santa por fora mas por dentro é o verdadeiro demônio, ela foi uma das minhas rivais na na creche um dia ainda vou me vingar dela não agora por causa que estou grávida e não quero machucar o bebê, fui seguindo ela disfarçadamente com um óculos e um moletom que comprei ela entrou no banheiro e fiquei esperando ela pelo lado de fora, ouvi a maçaneta me escondi, ela estava ligando para alguém, tentei ouvir a conversa:

-  Oi meu querido, sim, pode matar a Ayano, ela vai aprender uma lição por ter tirado o Taro de mim

Me afastei sai correndo, no meio do caminho meu celular toca e eu atendo:

- Lembra de mim hahaha!

- não adianta vim com palhaçada não! eu sei que vai vir alguém me matar

- Como você descobriu?

-  é que eu mudei meu visual hoje sabe

- desgraçada! pois saiba que você tem um mês inteiro para curtir sua vida, mês que vem você morre

- tadinho do meu bebê

-Pera aí você tá grávida?

Desliguei na cara dela e continuei meu caminho para casa, avise para minha mãe sobre o tal assassino Ela não falou para ficar tranquila que não vai acontecer nada comigo e com o bebê. Tomei o bendito café da manhã e fui assistir TV, fiquei um tempinho sentada no sofá e meu celular toca era o Budo:

- Oi princesa!

- Oi príncipe

-Tá tudo bem aí?

- sim

- meus pais voltaram de viagem quer conhecê-los?

- seria um prazer quando?

- hoje, podemos encontrar no sushiro?

- pode ser vou levar minha mãe também e o meu pai não vou levar porque ele está trabalhando

- Ok  te encontro lá

- beijo tchau

Eu falo para minha mãe sobre esse encontro no sushiro eu vou tomar um banho e me visto normalmente minha mãe parece que vai em um casamento tão arrumada que ela está, entramos no carro e fomos direto ao sushiro. chegamos lá vi Budo sentado sozinho estranhei porque ele disse que eu iria conhecer os seus pais, Eu sentei junto com ele e minha mãe perguntei aonde os pais eles estavam:

- minha mãe foi ao banheiro e meu pai foi pegar um copo d'água ah ele tá vindo

Vi o pai de Budo chegando com dois copos de água eu me levantei e fiz a circunferência junto com a minha mãe para nos cumprimentarmos

-  muito prazer Senhor?

- Arashiro, Arashiro Masuta e vocês são?

- Ayano Aishi mas também pode me chamar de Yandere

- eu sou mar de Ayano, me chamo Ryoba Aishi

Depois que nos se comprimentamos, uma mulher muito bonita de cabelos negros com corpo escultural de modelo chega nos comprimenta.
Não gostei muito dela ela foi completamente ignorante comigo minha mãe quase bateu nela mas ela consegui segurar.
Nós pedimos sopas e sushis porque está um pouco frio, ficamos lá até a hora da janta depois nos despedimos e saímos.
Cheguei em casa cansada por causa da maldita mãe do Buda ela ficou se achando a maioral falando um monte de merda e jogando verdades na minha cara quase falei foda-se e sai embora mas como sou educada não fiz isso.
Fui tomar um banho para relaxar e fui dormir, eu ainda mato essa mulher.


Notas Finais


Cabo auahauahauahahah o próximo Capítulo vai demorar para sair porque é muito muito grande esses Capítulos de meses de gravidez q eu estou fazendo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...