História Antes um amor do que uma morte. Ayano Aishi x Budo Masuta - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Budoxayano, Família, Yandere Simulator
Exibições 39
Palavras 611
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Colegial, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Volteiii

Desculpa o atraso dnv teve umas coisas MT locas na escola
Nas notas finais eu conto

Capítulo 28 - ~sem título~


Fanfic / Fanfiction Antes um amor do que uma morte. Ayano Aishi x Budo Masuta - Capítulo 28 - ~sem título~


Peguei minha bicicleta junto com Yumi e fomos ate a localização do celular de Gyo, estava bem escuro, eu não conseguia ver quase nada, olhei para o meu celular é o ponto onde se encontrava o Gyo estava desaparecendo, parece que a Ambry descobriu nossa tática.

O ponto localizava uma casa antiga, perdemos a bicicleta e nos aproximarmos, meu celular tocou e eu atendi:

- oi filha! Já estou no avião e...

- não tenho tempo agora mãe

- porque filha?

- é que...~porta sendo arrombada~argh! Depois eu te conto tchau!

Yumi havia arrombado a porta com um chute e então entramos, olhamos em volta e achamos um alçapão de baixo de um tapete velho e o abrimos

- tem uma luz do fim do túnel, se prepara Yumi

 fomos em direção da luz e entramos pela porta, Gyo estava amarrado no poste só com a sua calça

-  Eu sei que esta ai ~tiro~

Ambry pega a arma e da um tiro que acerta o meu braço dominante.

A dor é realmente insuportável, Yumi vai para a fora da sala

- Yumi?! Serio isso?!

- ahahaha parece que ela te abandonou

P.O.Vs Yumi

- preciso chegar la rapido

Fui até a entrada da casa e procurei muito em minha bolsa

- aha! Te achei!

P.O.Vs Azusa

- ela nunca me abandona!

- vamos ver

Ambry vai em direção de Gyo, eu tento Império a mas ela me acerta um soco no nariz.

Com um limão ela espreme em cima dos cortes nas costas de Gyo.

Os gritos de sofrimento dele parte o meu coração ao meio

- AZUSA PONHA ISSO! GYO PRENDE A RESPIRAÇÃO!

Yumi chega com uma mascara de gás no rosto e me joga uma delas, eu a coloco e ela joga uma bombinha com um gás.

- ~cof cof~ AARGH MALDITA 

~tiro~

- YUMI!!!!

eu vi em minha frente, Yumi caindo de joelhos no chão e morrendo aos poucos, corri em sua direção e tentei segura-lá para que ela não caísse

- Yumi... Por favor...fique comigo

- c-cuide b-bem d-do m-meu p-primo

- É O QUE? GYO É SEU PRIMO?

- c-cuide d-dele p-por m-mim

A última lagrima de Yumi escorria pelo seu rosto a fazendo morrer na hora

{Tem um olho na minha lágrima}

me levantei e vi Ambry se lamentando no chão

- me desculpe me desculpe, eu não tive a intenção de mata-lá eu... Eu...

- CALA A BOCA DEMONIA

saquei a arma que estava em minha cintura e fui atirando mas eu errava todas as balas possíveis

{Pqp hein Azusa ate eu sou melhor}

 - AAH CANSEI

Avancei pra cima dela e saquei minha faca e comecei a esfaquea-lá

{Imaginem a cena de Saki matando a kokona}

Eu descontava minha raiva em cada facada que eu dava nela

- Azusa já Ta bom, ela já morreu

Gyo ainda estava consciente, aquela garota legal, bonita, engraçada, inteligente, e amada por todos, não estava mais em minha alma.

- Azusa, você ainda esta ai! Eu sei disso, lembra daquele dia que você tropeçou na raça sabe eu te segurei

Eu conseguia ouvir Gyo falando mas tinha um ser maligno que falava para mim ignorar ele

~IGNORE ELE AZUSA ISSO É TUDO MENTIRA~

- depois daquele dia eu senti uma coisa que eu nunca pensei que iria sentir

~IGNORE MATE DECAPITE~

- eu estava apaixonado por você Azusa, eu sempre serei apaixonado por você

~ACABE COM ELE~

- EU TE AMO AZUSA! VOLTA PRA MIM!

 Nesse instante, a corda que prendia Gyo se rompeu e ele veio me abraçar

- não me deixe sozinho! Por favor, quero viver meu futuro com você, quero morrer ao seu lado, por favor!

- Gyo...

~NÃO~

- eu...

~CALA A BOCA PEDAÇO DE MERDA~

- te...

~FICA QUIETA~

- amo

Dei um beijo em Gyo e larguei a faca para abraça-lo.

Ficamos lá por um tempo e depois fomos para casa discretamente, levei o corpo de Yumi para enterrar no túmulo junto com sua família e para ela descansar em paz.




Notas Finais


Foi assim
~senta que la vem historia~
Eu Tava de bouas escrevendo fic na sala de aula e a minha sala Tava fazendo MT bagunça ai a professora chamou a coordenadora
A maldita da coordenadora viu q eu n Tava fazendo lição e pegou meu caderno para levar na diretoria
Soh peguei ele quando minha mãe veio buscar
Affeee


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...