História Ao som do coração - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade Colorida, Comedia, Intrigas, Irmandade, Romance, Traição
Exibições 6
Palavras 1.149
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


"Se você está passando por um período ruim, não esqueça que você não está sozinho"
Demi Lovato

Capítulo 4 - Capitulo 4


Estava quase na hora da minha mãe, Gil queria descer pelo poste para não ser visto a essa hora saindo da minha casa, mas ao invés de me despedir e deixar ele ir embora eu o levei para o meu quarto. Ele parecia surpreso com minha atitude ficou em silencio o tempo todo. Enquanto eu deitava na cama ele me observava parado perto perto da porta.

- Qualé Gil ? Vai ficar parado ai ?

Ele sorriu de uma maneira maliciosa, ele nunca tinha sorrido assim para mim eu devo ter ficado vermelha feita um tomate.

- Garota você quer me deixar louco é?

Ele perguntou arqueando a sobrancelha de um jeito sedutor.

- Dorme aqui, eu não quero dormir e acordar sem ninguém do meu lado. Sinto falta do Mário.

Parece que joguei um balde de água fria em sua cara.

- Quem você pensa que eu sou Vivian? Eu não vou ficar aqui e escutar você chorar por aquele idiota.

Ele começou a abrir a porta eu não podia deixar ele sair eu precisava dele comigo, corri ate ele o abraçando por trás.

- Não vai porfavor, eu preciso de você.

Ele se virou devagar, ficamos frente a frente, seu olhar estava em minha boca... Sentia meu coração acelerado, ele me amava, ele ia me beijar.

- VIVIAN ACORDA.

"Não, agora não, eu precisava do beijo dele "

Vivian acordou com Amanda gritando em seu quarto.

- Droga Amanda, porque me acordou sua pirralha?

- Desculpa maninha, só achei que não queria chegar atrasada de novo na aula.

Vivian pegou o celular pra olhar a hora, já era quase e sete, ela saiu feito um raio se arrumou em tempo record. Quem sabe dessa vez ela não chegaria tão atrasada.

Logo que abriu a porta viu Gil do outro lado da rua abrindo o portão da loja, ele estava conversando com Victor e nem reparou quando ela parou do seu lado.

- Oi meninos, Gil eu posso falar bem rápido com você?

Victor olhou para os dois surpreso.

-Hummm vai la, eu abro aqui.

Gil agradeceu e foi se afastando junto de Vivian.

- Você tá melhor?

Ele perguntou parando na esquina.

- Sim, queria te agradecer pelo o apoio.

Ele sorriu de uma maneira diferente do sonho, só de lembrar do sonho ficou vermelha.

- Não precisa agradecer, afinal não é isso que amigos fazem?

"Amigos"

- Tenho que ir, já estou atrasada.

- Espera, vou pedir o Victor para ir te deixar.

- Não preci...

- VICTOR PEGA A MOTO E DEIXA A VIVI NA FACULDADE.

- Na hora padrão.

- Obrigado Gil.

Dessa vez foi Gil que a abraçou se despedindo, deixando Vivian meio balançada.

"O que esta acontecendo comigo, porque tive aquele sonho com ele e porque eu não queria sair do seu abraço?"

- Está entregue gatinha.

Victor parou estacionando na frente do prédio.

- Obrigado Victor.

- Agradece o Gil.

Ele piscou o olho sorrindo de uma maneira charmosa.

- Amigaaa quem é aquele boy? 

Andreia perguntou toda saída olhando Victor se afastar para longe.

- Pode ficar com ele, ele só me deu uma carona.

- Da próxima vez você me apresenta.

Vivian riu do jeito assanhado da amiga.

"""""""""""""""""""""""""""""""""""""

- Desde quando você e a Vivian são amiguinhos?

Victor perguntou deixando o capacete em cima do balcão.

- Desde que ela terminou com o Mário.

- Sério? Vocês tão se pegando?

- Não ta louco?

"Vivian nunca que iria querer ficar comigo, o máximo que consigo é sua amizade"

Ele peporta eu não podia deixar ele sair eu precisava dele comigo, corri ate ele o abraçando por trás.

- Não vai porfavor, eu preciso de você.

Ele se virou devagar, ficamos frente a frente, seu olhar estava em minha boca... Sentia meu coração acelerado, ele me amava, ele ia me beijar.

- VIVIAN ACORDA.

"Não, agora não, eu precisava do beijo dele "

Vivian acordou com Amanda gritando em seu quarto.

- Droga Amanda, porque me acordou sua pirralha?

- Desculpa maninha, só achei que não queria chegar atrasada de novo na aula.

Vivian pegou o celular pra olhar a hora, já era quase e sete, ela saiu feito um raio se arrumou em tempo record. Quem sabe dessa vez ela não chegaria tão atrasada.

Logo que abriu a porta viu Gil do outro lado da rua abrindo o portão da loja, ele estava conversando com Victor e nem reparou quando ela parou do seu lado.

- Oi meninos, Gil eu posso falar bem rápido com você?

Victor olhou para os dois surpreso.

-Hummm vai la, eu abro aqui.

Gil agradeceu e foi se afastando junto de Vivian.

- Você tá melhor?

Ele perguntou parando na esquina.

- Sim, queria te agradecer pelo o apoio.

Ele sorriu de uma maneira diferente do sonho, só de lembrar do sonho ficou vermelha.

- Não precisa agradecer, afinal não é isso que amigos fazem?

"Amigos"

- Tenho que ir, já estou atrasada.

- Espera, vou pedir o Victor para ir te deixar.

- Não preci...

- VICTOR PEGA A MOTO E DEIXA A VIVI NA FACULDADE.

- Na hora padrão.

- Obrigado Gil.

Dessa vez foi Gil que a abraçou se despedindo, deixando Vivian meio balançada.

"O que esta acontecendo comigo, porque tive aquele sonho com ele e porque eu não queria sair do seu abraço?"

- Está entregue gatinha.

Victor parou estacionando na frente do prédio.

- Obrigado Victor.

- Agradece o Gil.

Ele piscou o olho sorrindo de uma maneira charmosa.

- Amigaaa quem é aquele boy? 

Andreia perguntou toda saída olhando Victor se afastar para longe.

- Pode ficar com ele, ele só me deu uma carona.

- Da próxima vez você me apresenta.

Vivian riu do jeito assanhado da amiga.

"""""""""""""""""""""""""""""""""""""

- Desde quando você e a Vivian são amiguinhos?

Victor perguntou deixando o capacete em cima do balcão.

- Desde que ela terminou com o Mário.

- Sério? Vocês tão se pegando?

- Não ta louco?

"Vivian nunca que iria querer ficar comigo, o máximo que consigo é sua amizade"

Ele pensou consigo,  um pouco triste.

- Falando em pegar olha quem ta vindo ai.

Amanda estava entrando na loja com aquele ar arrogante de menina mimada, nem Victor e nem Gil suportavam a garota.

- O que você quer aqui Amanda? Vai me agarrar pra ver se o Victor para de falar comigo da forma como fez o Júlio? 

Gil perguntou sem paciência fazendo Victor cair na gargalhada.

- Garoto não sei o que vi em um idiota como você, eu quero falar com a sua mãe.

Gil estranhou ela querer falar com sua mãe.

- Ela já foi para a clínica. 

Sua mãe era obstreta em uma clínica particular e sempre sai bem cedo.

- Então Tchau idiotas.

- Cara eu não suporto essa garota.

Victor falou quando ela estava atravessando a rua.

- Também não cara, o que a Vivian tem de interessante ela tem de abusada.

- E aqui estamos nós falando denovo na Vivian, você pode negar o quanto quiser mais eu não caio nessa. 

- Não se iluda amigo, hoje eu até vou sair com a Nicole.

- O que será que o Júlio vai achar de você esta pegando a irmãzinha dele?

- Ele não tem que achar nada. Vamos trabalhar e deixar pra la essa historia.

Gil disse acabando com aquela conversa.

- Sim senhor patrão .



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...