História Aos meus 16 - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~Tamoe-Chan

Postado
Categorias EXO, F(x), Girls' Generation
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Jessica, Kai, Krystal Jung, Sulli Choi, Taeyeon, Tiffany, Yoona
Tags Chanbaek, Chenbaek, Jungli, Kaistal, Khunfany, Longfic, Taeny, Yoontae
Visualizações 24
Palavras 1.329
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Fluffy, Lemon, Luta, Mistério, Orange, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então gente, eu e a Tamoe-Chan vamos fazer essa fanfic juntas, por que é uma fanfic sem uma ideia certa de quantos capítulos vão ter, mas com certeza sera muito longa por isso com nós duas escrevendo a produção dos capítulos não vai ficar tão parada.
Antes de dar início gostaria de avisar que essa fanfic vai abordar alguns temas bem passados, claro que não vai ser somente isso que vamos abordar aqui, mas já vou deixando claro para as pessoas um pouco mais sensíveis que não leiam ou que já estejam preparadas para algumas cenas fortes.
Bem é só isso que eu queria falar minha gente.

Boa sorte com a leitura ~

Capítulo 1 - Prólogo



_ Eu não vou pedir desculpas em público. _ Era a terceira vez em que o garoto de cabelos castanhos escuros dizia aquilo nessa manhã, foi pego aos beijos com o namorado de uma das líderes de torcidas, claro que a garota deu um escândalo para cima da diretora que exigiu do garoto um pedido de desculpas público, o que era tolice para o jovem Baekhyun. _ Isso nem é um assunto que a escola deve se meter! _ Retrucou o garoto fazendo com que a jovem diretora, Kim Hyoyeon, retirasse seus óculos e começasse a massagear seus olhos, ela definitivamente precisava de férias.  


_ Baekhyun... _ Começou num tom sério. _ Independente ou não de ser um assunto que se remete ao colégio, o senhor deveria ter no mínimo consciência de que provocar uma traição é algo sério e...


_ Eu não provoquei porcaria nenhuma, acho que os shampoos que aquela garota anda usando tá fazendo mal para o cérebro da pobrezinha. _ Disse interrompendo a diretora que já estava começando a se irritar com o garoto.


_ Não me interrompa Byun! _ Disse rangendo os dentes.


_ Mas senhora diretora, foi o namorado dela quem me procurou, sério. _ Hyoyeon nada disse, apenas levantou-se da sua mesa e foi procurar uma caneta, assim que achou a dita cuja, pegou um papel em sua gaveta e após escrever algumas coisas entregou na mão de Baekhyun.


_ O que é Isso?


_ Leia.


_ Tá me dando uma advertência? _ Perguntou revezando seu olhar entre a folha em sua mão e a diretora.


_ Não, isso é sua carta para Hogwarts, você começa amanhã. _ Disse num tom sarcástico e duro, o que fez o garoto sentado a sua frente engolir um seco. _ Agora saia, antes que eu resolva te dar uma suspensão. 


Baekhyun saiu com o rabo entre as pernas daquela sala, quase tropeçando entre os alunos que andavam apressados pelo corredor para sair da escola, ele correu até encontrar suas melhores amigas, - Sulli e Tiffany -, o esperando em frente sua sala, Sulli segurava sua mochila e Tiffany teclava sorridente com o namorado em seu celular, quase não prestando atenção quando os outros dois começaram a andar e deixá-la para trás, mas ela logo os alcançou. 


_ Como foi com a dona cachac... er... Hyoyeon, Baek? _ Tiffany perguntou quando finalmente colocaram os pés pra fora da escola, a digníssima diretora hyoyeon tinha fama de bêbada pelos corredores da escola e por causa de boatos teve que ter sua sala confiscada.


_ Ela queria que eu pedisse desculpas pessoalmente pra tal da Mona. _ Começou Baekhyun enquanto andavam.


_ É Minah, sua anta! _ Disse Sulli fazendo Tiffany rir do amigo que ficou com uma cara de poucos amigos para Sulli.


_ Isso... Minah. Mas eu disse pra ela que essa coisa de traição não era assunto da escola, a diretora ficou lá toda irritadinha e me deu essa advertência. _ Falou mostrando o papel como se fosse um troféu após uma guerra com um monstro gigante ou algo do tipo.


_ Tá, mas e quanto a Minah? _ Perguntou Sulli.


_ Quem se importa? Aquela lá é mais rodada que blayblade. _ Comentou Tiffany fazendo os dois amigos rirem. _ Daqui a pouco ela vai estar cheia dos boy magia e quero ver ela lembrar do namoradinho.


_ Falando em namoradinho. _ Sulli deu uma risadinha ao ver Nichkhun, o namorado de Tiffany, se aproximar dos três. 


_ Oi Baek e Sulli. _ Comprimentou os dois com alguns acenos. _ Oi amor. _ Disse segurando Tiffany pela cintura e lhe dando um selinho demorado, a morena logo sorriu mostrando seu lindo eye-smile que flechava o coração de qualquer um que os visse.


_ Oi amorzinho. _ Disse Tiffany quase ronronado com uma voz manhosa e infantil.


_ Ei Sulli, vamos no shopping. _ Disse Baekhyun puxando Sulli pelo braço sem nem dar a garota uma chance de resposta. 



[...]


_ Minho, já perdi a conta das lojas em que já entramos numa loja de pulseiras e você até agora não me contou o que tá rolando. _ Perguntou a garota de cabelos castanhos longos e rosto de boneca, era a filha mais nova dos Jung, isso se notava de longe. _ Qual é, eu sou tua amiga, conta logo pra quem é. 


O garoto de cabelos pretos perfeitamente alinhados e olhos escuros como a noite olhou pela prateleira, suspirando em frustração, resolveu virar-se para a amiga e finalmente contá- la o que estava acontecendo. 


_ Tem uma garota de quem estou gostando, eu ainda não sei seu nome, mas a gente faz aula de química juntos. Eu gostaria de deixar uma pulseira linda para ela em seu armário, com uma cartinha de admirador secreto, sabe? _ A castanha revirou os olhos ao ouvir o amigo falar o por que de tanta euforia, ela colocou sua mão em seu bolso e tirou uma pulseira de ouro com alguns diamantes espalhados pela linda pulseira. 


_ Toma aqui, da isso pra ela. _ Deu a pulseira nas mãos de Minho que fez um expressão indecifrável. _ O que foi? Não gostou dessa também? 


_ Ela é maravilhosa Krystal, mas olha só isso, deve custar mais do que a casa que eu moro junto com todos os móveis. _ Krystal riu um pouco da comparação do amigo. _ Não posso aceitar.


_ Ah, nem vem com essas besteira de novela. Se eu quisesse eu não dava pra você, então pega essa merda logo e da pra menina que você gosta. _ Minho ficou um pouco surpreso com o que Krystal disse, mas resolveu aceitar, aquele colar era lindo, parecia ter sido feito a mão, Minho abraçou sua amiga agradecendo o presente e saiu correndo desgovernado, desviando perfeitamente de todos que aparecessem em sua frente, isso até topar contra um garoto e uma garota que ele nem viu quem eram.


_ Ain, vê se olha por onde anda! Filhote de ornitorrinco! _ Resmungou o garoto de cabelos castanhos que Minho jurava conhecer a voz, assim que olhou para seu rosto confirmou, era Byun Baekhyun, o garoto que foi pego com o namorado da garota.


_ Me desculpe e-eu...


_ Tome mais cuidado da próxima vez. _  Cortou Sulli fazendo o garoto olhá-la e arregalar os olhos fazendo a morena arquear uma sobrancelha. _ Por que tá me olhando com essa cara de idiota? 


_ É que...


_ Minho! Não sai correndo igual a fugitivo da polícia desse jeito. _ Gritou Krystal cortando Minho pela segunda vez naquele dia, a filha mais nova dos Jung apoiou suas mãos em seus joelhos respirando descompassadamente já que teve que correr para alcançar o amigo, quando se recuperou um pouco da corrida olhou para a cena sem entender o que acontecera antes dela chegar. _ O que houve aqui? 


_ O seu amiguinho tava correndo mais rápido que carrinho de fórmula um e não viu nós dois aqui. _ Respondeu Baekhyun ainda indignado, primeiro a advertência desnecessária da diretora e agora isso, o mundo com certeza não estava girando ao seu favor hoje.


_ Ah, eu sinto muito. _ Krystal disse envergonhada ajudando o amigo que ainda olhava com cara de idiota para a morena em sua frente. 


_ Não precisa se desculpar por ele. _ Sulli sorriu fazendo Krystal automaticamente sorrir também. 


_ Mesmo assim, me desculpe... 



[...]


_ Porra Minho, o que deu em você? Sair correndo daquele jeito! _ Repreendeu o amigo.


_ Krystal, era ela...


_ Ela quem?


_ Aquela garota com quem tropecei, é dela que eu gosto. _ Krystal olhou pra trás como se fosse encontrar a garota de cabelos pretos novamente, mas só encontrou uma multidão de pessoas a andar apressadas por aquele shpping. 


Krystal voltou a olhar pra frente e a andar junto com o amigo, aquela garota era realmente bonita, tinha um rosto que aparentava ser de um bebê e uma aura alegre que faz qualquer um sorrir com apenas um sorriso, parece que seu amigo teria bastante sorte se o sentimento fosse recíproco, ela concluiu em seus pensamentos. 


[...]


Notas Finais


Então, espero que tenham curtido, nos vemos no próximo capítulo ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...