História Aos nossos olhos ( Yoonseok ) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Hopega, Namjin, Sobi, Sope, Taekookmin, Yoonseok
Exibições 222
Palavras 2.009
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heheheh voltei

Capítulo 9 - Te machuquei ?


Fanfic / Fanfiction Aos nossos olhos ( Yoonseok ) - Capítulo 9 - Te machuquei ?

Namjoon on 

Eu estava na sala esperando o Jin e o Hoseok levantar da cama, uma coisa que eu sei que é impossível, pois estamos falando do Yoongi e outra ele ta mal a carência dele ta foda, não sei o que aconteceu sei que ele e o Hope brigaram, eles não estavam tendo nenhum tipo de relação esses dias. Eu fui no estúdio de trabalho do Suga, o mesmo estava com os fones e super concentrado eu cheguei e abracei o pescoço dele com e ele gemeu baixo e saio da li e eu fiquei sem entender. 

Passa um tempo Jin sai sozinho do dormitório, falando que Hoseok ia ficar pra cuidar do Suga, o jin muitas vezes e ingênuo, pois o cuidar que o Hoseok falou não era o cuidar dele da saúde, mas sim dar um jeito nessa carência do Suga. 
Esperamos um tempo os meninos chegarem e fomos em direção ao shopping eles foram pra uma sala, '' Ver um Filme " enquanto Jin e eu fomos para a outra assistir um filme que eu queria ver, saímos e vi os meninos correrem para uma loja que eu conhecia muito bem até, a atendente de lá já marcou meu rosto, eu ainda não acredito que esses meninos estão indo em um Sex Shop disfarcei e fingi que não tinha visto eles. 
Fomos até a praça de alimentação, Jin pediu pra eu comprar nossos lanches enquanto ele esperava na praça de alimentação. 

Chego lá faço o pedido e espero a moça voltar, o que demorou um pouco, porque a fila tava um pouco grande, espero um tempo, ela chega com o pedido eu agradeço e saio de lá não precisei nem chegar perto da mesa onde Jin estava pra ver que ele estava com Ken, se eu comecei a ficar com ciúme? Sim, afinal o Ken e Jin são realmente muito amigos saio dos meus pensamentos e continuo andando, chego na mesa Jin olha pra mim eu me sento ao seu lado, cumprimentando o Ken, tentando não demonstrar meu ciúme: 

- Oi, Ken, como você ta cara?- eu pergunto fingindo muito bem e ele para de tomar sorvete, me responde. 

- Oi, Nam, eu estou bem e como você ta?- ele pergunta sorrindo. 

- Ah! Eu to bem sim , por que você ta aqui sozinho? cadê o Leo e os meninos? 
Ele faz uma cara triste e Jin me da uma cotovelada, eu o olho sem entender e Ken da risada respondendo. 

- Não Jin, não tem problema, eles saíram, quando eu acordei eles não estavam em casa. Então fiz o que tinha que fazer comida, limpei a casa e sai pra vir comer algo e encontrei Jin aqui, aproveitando e vindo falar com ele: 

- Ata- eu respondo e abaixo a cabeça jé não dava pra fingir que eu não estava com ciúme. 

Ele se levanta e diz que já estava indo. Se despede de mim e do Jin, mas antes de ir ele da um abraço em Jin e eu finjo não ver, começo a prestar atenção na minha comida e coloco a do jin na mesa sem falar nada. Ele percebe que estou chateado e me Chama: 

- Nam- ele me chama e eu finjo que não escutei, me chama de novo mas dessa vez mais agressivo- Kim Namjoon- olha pra mim eu coloco o lanche na boca e viro pra perguntar o que ele queria e Jin pergunta- O que ta acontecendo você? Não falo nada desde que chegou você ta bravo? Ou chateado, comigo? 

Eu termino de comer o que estava na boca e jogo meio que uma indireta pra o mesmo: 
- Por que eu estaria bravo você não fez nada que eu saiba- ele da um sorriso e responde. 

- Ta bom, então vamos terminar de comer e vamos andar sei lá, ainda são 17:20 temos tempo antes de encontrar os meninos. 

Terminamos de comer, começamos a andar, não sei se ele percebeu, mas só falava do Ken, Ken isso, Ken aquilo. Já estava cansado disso, e antes que ele pudesse falar outro fato do Ken eu o corto, irritado: 

- Já entendi, Jin, ele é maravilhoso, vocês são amigos e tal, mas porra hoje você não me deu atenção, nem uma carícia, era pra ser só nos dois mas a nossa tarde foi dedicada a ele e olha só as horas são exatas 18:57 já temos que encontrar os meninos para irmos ver se o Yoongi está bem. 

- Nam, desculpa, eu nem percebi, mas é que ele é meu amigo e tá passando por um momento muito difícil e eu nem percebi que falei a tarde toda dele desculpa. 

Vendo o Jin com aquela cara de triste por eu ter sido rude com ele, relaxo o meu corpo e falo: 

- Não é por isso, Jin, eu nunca falei isso antes, eu sei que você tem seus amigos e o Ken é um deles, mas eu tenho um PUTA de um ciúme dele, dessa vez foi a mais eu ouvi o que ele tava falando antes de eu chegar, to chateado sim e com ciúmes, mas vamos logo encontrar eles já que eles são loucos e não podem ficar sozinhos. 

Não falo mas nada, e vamos encontrar os meninos que estavam se matando de comer, assim que nos viram terminaram de comer vieram até nós, indo todos embora. 

Chegamos em casa Jin foi ver o Yoongi, que eu já sabia como estava nem preciso comentar, os meninos foram fazer sei lá o que, não sei aonde, nem reparei. Eu vou para a cozinha comer e pego meus fones, celular e me desligo pra não pensar nessa tarde, só saio do meu transe quando Jin chega e me abraça por trás: 

- Nam amor, você ainda tá chateado comigo? 

Relaxo o corpo e respondo sem emoção: 
- Não, Jin, eu não estou bravo com você estou com ciúmes, você não me deu atenção. 

Vejo Jin dar um sorriso de lado e responder: 

- Eu posso te recompensar agora ?- Pergunta ele manhoso. 

- Eu estou quase sedento demais- me seguro e respondo com um aviso pra ele- Jin você só vai me recompensar se eu puder te punir, o que vai te machucar e muito, então vai dormir. 

- Nam eu sei que eu te machuquei pode fazer o que quiser. 

Depois dele falar isso eu perco o resto de sanidade que eu achava que tinha. 

Largo meu celular pego ele no colo levo até o quarto, jogo ele na cama e fecho a porta com agressividade, vou em direção a cama, onde Jin estava com uma cara feliz, mas ao mesmo tempo assustada pelo meu ato. Eu mudo totalmente minha feição que estava super calma para uma de dominador, isso faz Jin dar um sorriso. 

Eu tinha ido recentemente comprar mas brinquedos porque aqueles que eu tenho são poucos e o Jin sabe muito bem como eles são. Pego um plug, uma algema e uma venda, por último um chicote, vou em direção ao Jin e bato o chicote na cama, chamando ele pra onde eu estava: 

- Jin meu amor você foi malvado comigo?- eu pergunto com uma voz maliciosa. 

- Sim daddy eu fui malvado, muito malvado com o senhor- diz com o rosto inocente. 

- Então daddy vai te punir- após dizer isso faço o mesmo tirar minha roupa, mas não podia me tocar- Então o daddy vai te ensinar a ser um menino bom- pego ele retiro sua camiseta e prendo suas mãos na cama. 

- Daddy eu não quero ficar preso eu quero te tocar- diz fazendo bico. 

- Você só vai me tocar, se eu deixar, vai falar ou gemer quando eu mandar- ele olha pra mim com uma cara de reprovação e mostra a língua- Acho que vou ter que ensinar a você a não me provocar mais de duas vezes no dia- após eu terminar de falar tiro sua calça junto com sua Box e puxo as pernas dele deixando elas retas pego o chicote ele me olha meio com medo- Você tá com Medo baby ?- não espero Jin responder e bato o chicote na perna dele, fazendo se contorcer, soltando uma leve risada- Gostou disso, né?- faço mais uma vez e quando Jin vai falar alguma, coisa largo o chicote e pego seu membro, aperto e começo a masturba-lo e ele grita. 

- Namjoon não faz assim. 

- Eu não falei que só podia falar se eu deixar! agora vai ser punido. 
Eu deixo ele na cama, pego o plug e a venda, volto a cama coloco a venda do em seus olhos: 

- Jin meu amor me responda uma pergunta você sabe como funciona um plug? 

- Não, daddy, por que?- Diz ele com fingindo ser inocente. 

- Não sabe eu te ensino rapidamente- abro suas pernas e coloco o plug em sua entrada fazendo ele morder os lábios, pois eu não tinha dado a permissão pra ele gemer. A melhor visão pra mim é poder ver o Jin totalmente submisso a mim, como ele está nesse momento. 

- A melhor parte desse brinquedo que eu comprei é que ele tem três níveis diferentes de vibração- eu termino de falar e ligo a primeiro nível do plug fazendo Jin se contorcer e morder mais os lábios. 

Pego o seu membro que já estava completamente duro e com um fio branco, coloco em minha boca, com minhas mãos faço ele fixar com as pernas retas começo a fazer movimentos de sobe e desce em seu membro, mordo a Parte superior toda a vez que ele ia se se encolher, eu deixava elas retas. Eu continuei os movimentos para fazer Jin chegar ao ápice e poder punir ele, porque Jin merecia por tudo que fez hoje. 
Não espero ele terminar a explicação levo minha mão ao plug, coloco no último nível e Jin se contorce quando o plug se contrai dentro dele. 

- Eu também não mandei você falar, mas, agora meu amor você pode Falar e gritar o quanto quiser, só não pode me tocar, tome cuidado nossas crianças estão nos quartos ao lado. 

Eu tiro sua venda e suas algemas, retiro o plug, antes que ele possa reclamar da falta dele, eu o penetro sem dó nem piedade, sem nenhum tipo de preparação além do plug: 

- NAM-NAMJOOOON- ele grita e agarra o lençol. 

Começo a estocar ele com força e fundo, dou risada com o mesmo se contorcendo, com o seu suor, com seus gritos de prazer, aproveito o momento e pergunto: 

- O Ken é melhor que eu nisso, ele faz melhor que eu, Criança ingrata. 

- Não, ele não é daddy, ele não é, nunca fiz isso com Ken. Por favor daddy não faz assim comigo. 

- Não ligo pra sua explicação- e dou uma estocada ainda mais forte e funda e ele grita em um pedido. 

- NAM tá doendo muito, para tá doendo Namjoon. 

- Tá doendo é Jin? E o que você fez comigo hoje não doeu?- termino de falar e aperto seu membro. 

- Desculpa o baby daddy, não fiz de propósito. 

Quando ele fala isso, não aguento, deixo ele me tocar, ele começa a aranha minhas costas arrancado gemidos baixos de mim, vou até seus lábios que estavam inchados, por conta de Jin ter mordido, selo em um beijo calmo. O primeiro daquela noite, dou mais umas estocadas e me desfaço dentro de Jin, continuo mais um pouco, e o mesmo chega ao ápice eu caio na cama ao lado dele e meu menino fala baixinho: 

- Eu te amo me desculpe, amor- se vira e me abraça. 

Espero um pouco e respondo: 

- Eu também te amo, e te Desculpo sim. Eu te machuquei?- ele dá uma risada e responde. 

- Não, não machucou, Mas não precisa ter usado o chicote- termina de falar e faz bico. 

- Desculpa, mas eu avisei que ia te punir- terminei de falar e cai no sono junto com Jin. 

 


Notas Finais


Podem me xingar pela demora kkkkkkkkk
Me falem oque acharam nos comentarios e me desculpem a demora graças a sehun minhas provas terminaram Obrigada ~SouBolacha por revisar os caps e espero que gostem desse namjin e amanhã tem TaeKookMin


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...