História Aos Olhos da Noite - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carmilla
Personagens Carmilla, Laura
Tags Carmilla
Exibições 148
Palavras 452
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Famí­lia, Fantasia, Luta, Magia, Mistério, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Canibalismo, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oier pessoas.
Depois de uns dias sumida... Olha eu aqui.
Bem... Espero que gostem do capitulo. Tem umas coisinhas... diferentes.

Enfim, ótima leitura a todos :3

Capítulo 10 - Rainhas e Machadinhas


Fanfic / Fanfiction Aos Olhos da Noite - Capítulo 10 - Rainhas e Machadinhas

Eu estava entediada de fugir e, me esconder desses adolescentes ignorantes. Eu livrava o pescoço deles… E o que ganhava? Uma trupe inteira na minha cola, vistoriando o campus. Ótimo. Não podia ir no laboratório me alimentar. Teria que me virar com o que tinha. Ou, o que não tinha. Não haviam muitos coelhos, e comigo a solta… Ainda menos. Depois da palhaçada da Reitora, os alunos estavam preocupados e mal saiam de seus quartos a noite, mas as Summers e os Zetas se revezavam na vigília do campus. E eu… acuada em cima dessa árvore como um gato. Pensei um pouco… Ainda havia sangue na geladeira do meu quarto. Era arriscado demais, mas… Quem sabe. Me esgueirei pelos prédios até a janela. Por sorte, Laura dormia sozinha hoje. Sempre havia alguém com ela. Por uma fresta na janela, entrei no quarto. Ela dormia agarrada com o travesseiro, e murmurava coisas ininteligíveis. Abri a geladeira devagar, e peguei uma garrafa. Beberia no gargalo mesmo, mas ela se mexeu, e eu parei. Laura se virou na cama, e deixou o pescoço a mostra. Eu senti algo no baixo ventre, e abandonei minha garrafa de sangue. Fui até a cama e me curvei sobre ela. Seria muita canalhice me aproveitar dela dormindo? Sorri com a idéia. Eu sempre roubava beijos, seria a mesma coisa. O pescoço ali. Pronto para uma boa marca. Quando já estava próxima, ela se virou. Droga. Mas agora… A boca dela… Tão próxima… Eu me curvei mais.

A porta se abriu com um estrondo, algo varou meu ombro esquerdo, eu cerrei os dentes. A JANELA! Tarde demais. Me jogaram de costas, e grossas algemas me foram colocadas. Virei com dificuldade, e uma corrente me foi passada nos pés e no tronco. Havia algo… Merda! Tinha prata em todas elas. E para completar o circo, me colocaram um colar de alho. Legal. Quando as luzes se acenderam, lá estava ela, em pé na minha frente, Xena. Com uma… Aquilo era uma machadinha? Eu comecei a rir. Laura estava na cama. Sentada esfregando os olhos, e tentando entender tudo.

-Finalmente… Você finalmente, vai pagar por tudo o que fez. Todos que levou. - Havia algo insano em seus olhos.

-A Rainha ficou vermelha de raiva e depois de encará-la como uma fera selvagem, começou a gritar “Cortem a cabeça” - Eu desdenhei gargalhando. Bem… Se iria morrer, pelo menos que levasse isso com tranquilidade. Ela tremia de raiva me encarando. Me sentei de qualquer jeito e a esperei.

-Você faz piada com as vidas que você levou - Eu revirei os olhos. - Vamos ver como se comporta sem a cabeça. Ela ergueu a machadinha. Era o fim. Dei meu melhor sorriso.


Notas Finais


Obrigada a quem leu até aqui. Espero que tenham gostado.
Daqui a uns dias eu apareço com coisa nova.


Mas antes de sair, queria deixar uma indicação aqui, outra fic, também de Carmilla, Blood, Sex and Rock'n'Roll eu realmente adoro ela, espero que também gostem ~~ https://spiritfanfics.com/historia/blood-sex-and-rocknroll-6647951

Enfim, até :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...