História Aos Tropeços - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo
Personagens Annabeth Chase, Percy Jackson
Tags Percabeth
Visualizações 49
Palavras 2.592
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mais um capitulo 💕
A foto é de como eu imagino o banco da sacada.

Capítulo 3 - Mas que bela visão


Fanfic / Fanfiction Aos Tropeços - Capítulo 3 - Mas que bela visão

Pov_ Annie

Acordei com a luz que entrava pela porta da sacada e ia direto no meu rosto. Pisquei várias vezes ate me adaptar com a claridade.
~ Porra, esqueci de fechar a porta e as cortinas - resmungo baixinho
Procuro pelo meu celular na mesinha do lado da cama sem me levantar ( a preguiça e maior né) e quando acho vejo as horas e chego soltar um gritinho de indignação.
~ Fala sério, quem acorda 9 horas em pleno domingo?(euzinha aqui) - pergunto mais indignada ainda
Vejo que tem uma mensagem de voz da minha mãe e aperto para escutar.
— Mensagem da Atena —
~ Filha, Bom dia, sei que vai ficar brava comigo e com o seu pai mais não tivemos escolha. Tivemos alguns problemas na empresa e na construtora por causa da mudança de sede então tivemos que voltar pra São Francisco, provavelmente vai levar uns tres dias ate conseguirmos resolver, então devemos voltar só na quinta. Desculpa te deixar esses primeiros dias na casa nova sozinha, principalmente na primeira semana de aula. Prometemos te recompensar depois, que tal um final de semana em familia em?
Como sei que você tem juízo, não preciso avisar né?! Nada de festinha sem eu saber em, se quiser fazer me liga antes, e se levar menino pra dentro de casa pelo menos use proteção. ( o que ela acha que eu sou?)
Que você tenha uma otima primeira semana de aula!
Beijos e desculpa de novo.
~ Já era de se esperar - resmungo - É sempre assim
              Enfim, depois dessa eu me levanto, vou ate a cozinha e procuro alguma coisa pra mim comer. Fiz umas panquecas, tomei um suco de laranja e peguei um pacotinho de biscoito de chocolate que amo muito e subi para o quarto de novo. Fiz minha higiene matinal e como ia passar o domingo sozinha resolvi que colocaria umas leituras em dia.
Fui ate a minha biblioteca perfeita, peguei o livro  A Maldição do Tigre e o pacote de biscoito e fui para a minha sacada.
Como a porta e a cortina do quarto vizinho estavam fechadas, continuei com o meu pijama mesmo. Me deitei no banquinho e quando me senti confortavel comecei a ler ao mesmo tempo comendo meu biscoito.
Nas primeiras páginas já me apaixonei pelo maravilhoso do Ren, nossa se eu fosse a Kelsey  tinha agarrado ele nas primeiras palavras que sairam da sua boca haha ( Annie sem vergonha? Isso mesmo)
Depois de um tempo escutei um barulho vindo do outro lado, abaixei o livro e me deparei com um ser só de toalha me olhando na outra sacada. ( que Deus Grego)
~ Oii Annie - Percy diz sorrindo - Ou devo dizer Vizinha?
            Tava tão concentrada olhando para aquele corpo que só percebi que ele falava comigo um tempo depois. Sai dos meus devaneios, e tive que achar um ponto que não fosse nem o corpo e nem os olhos dele então foquei em uma âncora pendurada na parede do seu quarto.
~ Aah… éé… O-oi - digo ( para de gaguejar idiota) - Pera! Você é meu vizinho? Porque não disse isso ontem?
~ Você não me deu oportunidade - diz ele sorrindo de orelha a orelha - Ainda bem, porque se não eu ia perder essa visão maravilhosa.
          Olho pra mim e percebo que tinha levantado e que ainda estava de pijama, que por sinal era muito curto. Pego uma almofada e tento me cobrir, mas posso jurar que estava igual um tomate de tão vermelha. Mas resolvi deixar ele sendo a bola da vez.
~ Da pra parar de me olhar assim - falo - E você? Sempre aparece de toalha na sua sacada? Não tem vergonha não é? ( que isso aconteça mais vezes, que visão)
~ Vai dizer que não gostou? - ele retruca com um sorriso malicioso - Se eu fosse você eu parava de me olhar assim em, tá me deixando sem graça - ele diz com a voz repleta de ironia
~ Coitadinho de você… Éé… Percy? O seu nome é Percy não é? - pergunto rindo me fazendo de desentendida
~ É Percy sim, mas to bonzinho hoje então você pode me chamar do que quiser - ele diz sorrindo( serio? Ele só sabe rir?)
~ Okay. Então, porque não me contou que morava na casa do lado da minha? Talvez ate dava para convencer a minha mãe a se mudar de novo se eu soubesse que você morava ai - digo me sentando no banquinho.
~ Como eu já disse, você não me deu chance de dizer pois tava toda irritadinha comigo - ele diz isso e olha para dentro do meu quarto - Hmm, belo quarto em, nossa Aquilo ali é um video game?
~ Obrigada, aah é sim, eu amo jogar - Falo sem pensar direito
~ Uma menina que ama jogar video game? Quer casar comigo? - ele perguntar e da uns saltinhos igual quando algumas crianças ficam empolgadas de mais, o que me fez soltar uma risada e perder um pouco o foco, já que ele tava de toalha e a cena tava maravilhosa, mas tratei de me recompor logo, não ia dar esse gostinho pra ele.
~ Você é sempre idiota assim? Ou só as vezes? - pergunto rindo da cara de bobo que ela tava fazendo ( acho que já era natural )
~ Fiquei assim depois da bela visão que tive - ele diz - Estava quase morrendo por ter acordado cedo em pleno domingo, ainda mas porque amanhã começa as aulas. Annie, Annie, você salvou o meu domingo! - ele completa com uma cara de aprovação me olhando de baixo a cima.
Decidi ignorar o seu comentario e mudei de assunto
~ Aah para, estudar nem é tão ruim assim- digo sorrindo de lado, não sei o que as pessoas tem contra estudar, as vezes é bom ter conhecimento da coisas, sabia?
~ Pera! Gosta de livros e gosta de estudar? - ele diz colocando a mão no queixo pensando em algo - Aaah já sei! Sabidinha! Isso ai, vai ser Sabidinha - Diz ele com os olhos brilhando de empolgação.
~ O que? - pergunto sem entender nada ( pela primeira vez na vida haha)
~ O seu apelido, vai ser Sabidinha - como eu ainda não tinha entendido, ele completa - Ontem você me chamou de cabeça de Algas, o que eu não gostei muito, mas vindo de uma pessoa tão bonita, eu deixei passar. Então fiquei pensando em um apelido para me vingar- ele diz sorrindo vitorioso - Iai o que achou?
~ Isso parece mais um elogio do que uma vingança, mas mesmo assim você não vai ficar me chamando disso de jeito nenhum - retruco
~ Vou sim - ele diz e se olha - Calma ae. Sério, não sai dai não em, vou me trocar rapidinho, se não essa toalha vai acabar caindo de tanto que você olha - dito isso ele entra no quarto 

~ COITADINHO, VOCÊ NEM É ISSO TUDO NÃO TA - grito para que ele me escutasse, mas ele não diz nada. Então olho pra mim mesma e entro no meu quarto para me trocar também. Pego um short jeans escuro e uma blusa laranja sem nenhuma estampa.
~SABIDINHA - Escuto ele dando um gritinho do outro lado. ( pelo visto ele gostou mesmo do apelido)
~ CALMA AE - falo, e termino de colocar a blusa e vou para a sacada
~ Pensei que ia me dar um gelo - diz se sentando no banquinho da sacada dele e pude perceber que estava de bermuda jeans e uma blusa preta sem mangas - Aah porque trocou de roupa?- ele diz - Tava ate gostando da visão que estava tendo de você - ele completa sorrindo torto
~ Larga de ser idiota - falo e me sento no meu banco - Bem capaz de eu ficar aqui só de pijama, ainda mais perto de alguém tão… Tão… Tarado como você - digo quando encontro a palavra certa.
~ Tarado? Eu? - Ele fala colocando a mão no peito fingindo estar magoado - Nem sou tá, sou ate cavaleiro de mais.
~ Me poupe Percy - digo sorrindo
~ Mas então, mudando de assunto, tenho uma coisa pra te dar - Ele diz e me mostra um embrulho que tava escondido em baixo de uma almofada.
~ Presente? Já? Percy, Percy, me conheceu ontem e já esta apaixonado? - falo tirando onda com a cara dele - sei que sou encantadora, mas você não acha um pouco cedo não?
~ Amor a primeira vista existe sabia? - ele diz e na hora parei de rir e olhei pra ele com os olhos arregalados - mas não é esse o caso agora. Não considere isso como um presente então, vamos dizer que é algo que eu estou te devendo. Então chega pra lá que eu vou pular ai, para te entregar pessoalmente.
~ O que? - pergunto me levantando - Você não vai fazer isso - falo olhando feio pra ele
~ Vou sim, e é melhor você entrar porque se não vou pular em cima de você! É isso que você quer Annabeth? - Ele pergunta já se preparando para pular.
Não tive outra alternativa a não ser entrar para o meu quarto mas ainda resmungando que aquilo não daria certo. Ele dá um impulso e quando vi ele já estava na minha frente sorrindo vitorioso. 
~ Tá vendo, deu certo Sabidinha - Ele diz sorrindo - Aqui esta! - ele me entrega o embrulho.
              Pego e me surpreendo quando sinto que tem o formato de um livro. Fico mais surpresa ainda quando dou de cara com o livro de A Seleção, abro um sorriso e olho pra ele sem reação.
~ Cabeça de Algas, você levou a serio o que eu disse? Mds, eu estava brincando quando disse aquilo - falo olhando pra ele
~ Bom, eu levei a serio e não foi sacrificio nenhum. Então aceite - ele diz sorrindo e começando a andar pelo meu quarto, tava tão alegre que nem reclamei.
             Ele andava de um lado para o outro olhando tudo atentamente, e eu o observando. Quando ele para em frente ao mural de fotos que eu tenho, ele olha curioso para uma foto minha e dos meus pais.
~ Meu deus, você e sua mãe são muito parecidas - ele diz sorrindo - Mas o olhar dela dá medo e o do seu pai então nem se fala.
~ Ela só tem cara de má, mas no fundo ela é brincalhona, e pelo visto ela até gostou de você - digo sem pensar
~ Como assim ela gostou de mim? Já esta falando de mim para a minha sogrinha? - ele fala se virando pra mim e dando um sorriso de orelha a orelha.
~ Nada de Sogrinha! - digo incrédula - É porque ontem ela viu você me ajudando aqui em frente de casa, e só faltou me mandar ir te buscar para jantar com a gente - Digo e dou uma risada da cara de surpreso que ele faz.
~ Fique sabendo que da próxima vez eu aceito tá, agora que você já sabe onde eu moro, pode me chamar quando quiser - ele fala e volta a bisbilhotar o meu quarto
~ Não haverá próxima vez Cabeça de algas - falo e vou atrás dele para pegar a minha coruja de pelucia que ele pegou da minha cama - Quer deixar a minha coruja quieta?
~ Pijama de coruja, ursinho, quer me explicar o porque você ama tanto coruja? - ele pergunta curioso
~ Porque a coruja é o símbolo de inteligência e também porque eu acho fofinho - digo ajeitando a coruja na minha cama de novo - Assim como aquela âncora que está no seu quarto é símbolo de força. - digo dando de ombro.
~ Andou olhando no meu quarto é? - ele pergunta dando um sorriso de lado e levantando uma sobrancelha
~ Você não é o único bisbilhoteiro por aqui querido - falo sorrindo de volta
~ Sei… Pra que uma televisão enorme dessa? - ele pergunta mudando de assunto
~ Também me faço a mesma pergunta, mas ela é boa então eu nem reclamo, as séries ficam até melhores nela - Digo e ele se vira para me olhar - Mudando de assunto, porque tinha algas na sua cabeça ontem? - pergunto rindo só de lembrar da cena.
~ Aah, é porque eu estava na praia e com certeza nem reparei que estava andando pelas ruas enfeitado - ele diz sorrindo e coçando a nuca ( essa cena ficou ate fofinha) - Mais iai, vai fazer o que nesse domingo?
~ Nada, já que meus pais resolveram me abandonar. Reunião de trabalho? Em pleno domingo? Vê se pode - falo me sentando na cama
~ To na mesma - ele responde e se senta na cadeira que tem na mesinha do notebook - meu pai tá viajando a trabalho e minha mãe foi na casa do meu tio, não fui porque irritei minha prima ontem e ela disse que ia me matar se me visse de novo - ele diz fazendo uma careta
~ Com medo de menina Percy? - Pergunto sorrindo
~ Você diz isso porque nunca viu a minha prima, Aquilo é o demônio em forma de pessoa - ele diz sorrindo e revirando os olhos
~ Coitadinha da garota - retruco
~ Coitado de mim isso sim - diz ele se levantando e indo em direção ao video game - a gente podia jogar, que tal?
~ Você não acha que ficou tempo de mais aqui não? - pergunto me levantando da cama
~ Nossa, tá me mandando embora é? - ele pergunta levantando as sobrancelhas - Vamos Sabidinha, é só uma partidinha e depois eu vou embora. Não vou te morder não sabia, quer dizer, se você me pedir ate abro uma exceção. - diz ele sorrindo

Fiquei um tempo pensando se ia dar certo isso, eu sozinha em casa com um menino que é lindo desse jeito e ainda por cima fazendo essa carinha de cachorro que caiu da mudança, ou dando esse sorriso que derrete qualquer um. Isso não vai prestar! Com toda certeza não vai prestar nem um pouco.

~ Tudo bem - respondo finalmente - uma partida e você some daqui, Okay?
~ Sim senhora, você que manda! - ele responde sorrindo e preparando o video game - Você joga futebol? - ele se vira e olha surpreso pra mim
~ Não me olha assim, é sempre bom aprender de tudo um pouco- me defendo, já pegando o controle e me sentando na cama de frente pra TV - E te garanto que sou muito boa nisso tá.
~ Não duvido nada - ele se senta ao meu lado e da um sorriso torto pra mim - Podemos começar senhorita?
~ Claro! - respondo sorrindo

Tava começando a gostar da companhia dele, mas sempre tem aquela parte da consciência que fica lá falando ( calma Annabeth, tá muito cedo pra isso, você mal conhece o garoto) e tem aquela parte mais ousada ( para de show, e só um garoto, não aja como uma virgem que tem medo de ficar perto de meninos, aproveita porque ele é um gato)
Mas ai você faz o seguinte :
“ Cala a Boca as duas” “Eu resolvo isso sem a ajuda de vocês”


Notas Finais


Então é isso. 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...