História Apaixonada? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Romance
Exibições 8
Palavras 567
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Não reparem se o primeiro capitulo tiver muito "drama"
E so uma previa. Contando a historia tragica da personagem :'(

Espero que gostem.:)

Capítulo 1 - Chega!!!


Fanfic / Fanfiction Apaixonada? - Capítulo 1 - Chega!!!

Me chamo Ayumi Himitsu nem sempre fui assim uma garota que não tem amigos, que não quer se envolver com outras pessoas.
No 8° ano do ensino fundamental quando tinha 13 anos eu era uma garota "popular" sempre rodiada de pessoas, muitos amigos. Mas eu sabia que eles só se interessavam pela minha aparencia fisica e pelo dinheiro do meu pai mais eu não me importava com isso eu tendo "amigos" e alguém pra ficar ao meu lado quando eu estivesse sozinha ja bastava. Desde muito pequena por meu pai ser dono de uma empresa quase não ficava em casa e viajava muito minha mãe se separou do meu pai e fugiu com um dos colega de trabalho do meu pai quando eu tinha apenas 5 anos.
Sempre fiquei sozinha chorava muito quando minha mãe foi embora eu era muito mimada mais um dia quando meu pai me coloco na cama e foi para sala logo depois me levantei e fui em direção a sala e estava la meu pai chorando e dizendo que ñ me abandonaria nunca e que ia dar tudo de si para poder me criar.
Desde aquele dia decidi me comporta bem ñ chorar nunca mais e ajudar meu pai com todos os seus poblemas a pequena empresa do meu foi crescendo e nois melhoramos muito de vida via a alegria nos olhos do meu pai um olhar de quem realizou um sonho.
Quando entrei no ensino fundamental fiz muitos amigos e os professores me adoravam. Eu era apaixonada por kyou desde que entrei naquela escola ele se declarou pra mim na hora do intervalo foi o tempo mais feliz da minha vida tinha muitos amigos um namorado que me amava e eu o amava era assim que eu pensava.
A empresa do meu pai deu uma recaida rapida e eu via aos poucos as pessoas se afastando de mim e eu pensava que o unico que ficaria ao meu lado era kyou mais ele terminou comigo dizendo que como fiquei pobre ñ era mais util que so se arrependeria por causa do meu rosto fiquei muito sozinha comecei a ficar isolada excluida das outras pessoas chorava todos os dias fui me tornando uma pessoa vazia e solitaria
Fui encarando a realidade como ela era fui muito ferida tranquei meu coração ninguém mais poderia entrar quando entrei no 9° ano do fundamental mudei de escola meu pai ja tinha se restabelecido financeiramente recuperou o dinheiro que avia perdido na nova escola ignorava as pessoas as pessoas me achavam irritante falavam "so porque e rinquinha e tem um rosto bonito pode ignorar as pessoas" comecei a apanhar mais não ligava comecei a aprender artes marciais para me defender. Mais ainda assim as pessoas se aproximavam de mim recebia declarações estava cansada das pessoas so pensarem em mim como uma pessoa descartavel que so tem um rosto bonito pra mim ja dava comecei a tratar as pessoas com ignorancia so conseguia ouvir as pessoas falando mal de mim me jugando me apunhalando pelas costas.
"Nossa que menina irritante so tem o rosto bonito."
"So tentei ser amiga dela porque ela e rica."
"Com essas atitudes vai morrer sozinha"
"Fiquei sabendo que os pais dela a abandonaram porque ela e irritante"
So rumores idiotas mesmo assim vivo feliz se niguem para me magoar.
Mesmo agora no 2° ano do ensino medio com 17 anos sou assim.


Notas Finais


Obrigada por lerem!

Obs: capitulos as:
Segunda: 1 cap.
Terça 2 cap
Quinta 2 cap
Sexta 1 cap
Sabado. 2 cap

Quarta não posso pois faço aula de dança e aos domingos vou passar o dia inteiro assistindo animes e lendo mangás *-* e vou tentar ter uma vida social.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...