História Apaixonada por Michael Jackson - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Michael Jackson
Tags Michael Jackson, Romance
Visualizações 38
Palavras 1.052
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiee, espero que gostem do capítulo de hoje, e eu gostaria de avisar que eu não sei se vai sair capítulo amanhã, pois eu vou ter compromisso, mas espero que eu consiga postar, bjs!

Capítulo 7 - Eu não acredito!


Fanfic / Fanfiction Apaixonada por Michael Jackson - Capítulo 7 - Eu não acredito!

1 ano depois:

Maio de 1990

Michael:

Recém comprei Neverland, tinha me encantado com aquele lugar, nela havia um parque de diversões e um zoológico, eu me mudei para lá no intuito de ter mais privacidade, mas não funcionou, como sempre, e também para me divertir, me inspirei em Peter Pan para o nome, eu amava aquele livro! Isis ainda não morava comigo, mas estávamos planejando algo assim, só que mais para frente, por enquanto eu só queria curtir o lugar:

-Michael, aqui é... Incrível! –Ela disse encantada-

-Eu sei –Eu ri baixo- Eu também amei aqui.

Nós estávamos na roda gigante a uma meia hora, observando a paisagem lá de cima e conversando, e depois de um tempo fomos andando até a piscina, eu olhei para Isis e deu um sorriso sapeca:

-Nem pense nisso Michael! –Ela disse e me empurrou na piscina-

-Ah, mas você me paga, Isis! –Eu ria enquanto tirava o cabelo da frente do rosto e saía da piscina-

Eu corri até Isis e peguei ela no colo, e fui em direção a piscina, enquanto ela tentava sair dos meus braços, já na borda da piscina eu perguntei:

-Você sabe nadar?

-Hum... Não –Isis disse e depois riu, então deu para perceber que estava mentindo-

Eu apenas a joguei na piscina e depois pulei lá:

-Eu vou me vingar! –Ela disse enquanto jogava água na minha cara-

-Você começou! –Eu joguei o jato de água de volta-

Ela retribui o jato e foi até a borda, eu fiquei do lado dela e perguntei:

-No que está pensando?

Ela riu e me empurrou de volta na água e saiu correndo, eu sai da água e peguei um balão, cheio de água dentro, e procurei ela pelo quintal, achei ela escondida atrás de uma árvore e a peguei de surpresa com o balão:

-Onde você arranjou isso? –Ela disse mal conseguindo falar por causa da risada-

-Em meu esconderijo secreto! –Eu respondi em tom irônico-

-Pode ter certeza que eu vou achar esse seu esconderijo!

-Você vai ter que procurar muito, muito para achar!

Ficamos ali brincando a tarde toda, parecíamos duas crianças de 7 anos, mas isso não importava, porque eu sempre seria uma criança por dentro e sinto que Isis também tinha o seu ar de criançona, já era tarde quando resolvemos voltar para dentro de casa.

-Isis, você está bem? –Eu perguntei enquanto entravámos em casa-

-Eu não sei, Michael, eu acho que eu vou... –Ela correu até o banheiro e eu fui atrás dela-

Ela chegou lá e colocou para fora tudo o que tinha comida nas últimas seis horas, eu mandei buscar uma água para ela enquanto ela se sentava do meu lado na cama.

-Você está melhor agora?

-Sim, eu acho... Mas eu não sei o porquê disso, eu estava bem.

Eu dei um sorriso bobo, pensando em uma possível gravidez, mas não queria me precipitar e resolvi não falar nada:

-Michael, eu posso ligar para a Thauany vir até aqui passar um tempo com a gente? Estou com saudades dela.

-Claro que pode, amor. –Eu dei um beijo em sua testa-

Isis foi ligar para sua amiga e eu fui tomar um banho, Thauany disse que chegará aqui em um ou dois dias, eu já conhecia ela, e eu tinha certeza que a Isis iria falar sobre os enjoos, eu queria tanto um filho, sorri só de pensar.

Dois dias depois:

Isis:

Thauany tinha acabado de chegar, cumprimentou eu e Michael, e Michael teve que sair por algumas horas, e isso foi até bom, pois eu poderia falar a sós com minha amiga:

-Thauany...

-Oi?

-Eu quero passar na farmácia, para comprar umas coisas...

-Que coisas?

-Um teste de gravidez, e alguns remédios, nada demais.

-Eu ouvi teste de gravidez produção? É isso mesmo?

-É isso mesmo que você ouviu –Eu sorri de canto e ela retribui o sorriso-

-Eu não acredito que minha melhor amiga está grávida, do Rei do Pop!! –Ela disse quase pulando em cima de mim-

-Ei, ei... Se acalme! Eu nem sei se estou, e por isso eu vou confirmar.

-Claro, vamos –Ela me puxou até seu carro e deu partida-

-Você vai dirigir?

-Sim, tem algum problema?

-Na verdade não, mas Michael não iria gostar que eu saísse sem seguranças.

-É rápido, qualquer coisa você fica no carro enquanto eu compro!

Thauany estava tão ansiosa como eu, confesso que eu queria sim um filho, e Michael queria muito! Então, eu ficaria feliz se eu estivesse grávida.

Chegamos na farmácia, e estava um pouco tarde, então eu resolvi sair do carro junto com Thauany, apenas coloquei uma peruca que já tinha ali no carro mesmo, por precaução, e um óculos escuro, apenas compramos os testes e voltamos:

-Vai lá e faz os testes! Eu espero aqui!

-Ok –Eu disse entrando no banheiro, depois entreguei para a Thauany:

-Isis... Aqui deu...

-Fala!!

-Deu... Positivo!!

-OMG! Eu não acredito! –Eu abracei Thauany e comecei a chorar de felicidade-

-Nem eu! –Ela disse me retribuindo o abraço-

Então a porta se abriu e eu vi Michael ali:

-Por que estão tão felizes?  

 -Surpresa... –Eu disse abraçando ele-

-Então tá –Ele me deu um selinho e subiu para cima para se trocar-

-Como vai contar para ele? –Thauany perguntou se sentando do meu lado-

-Não sei...

-Você está com fome? –Ela disse mudando de assunto-

-Sim, e muita, porque agora eu como por dois.

-Ah, nem comece a culpar a gravidez por sua fome, você sempre foi esfomeada!

-Ah, e você não, né? –Riu-

-Eu não! –Ela disse orgulhosa-

-Ok, agora eu vou falar com o Michael.

Eu subi as escadas e Michael já tinha se trocado, ele estava sentado na cama, pensando, e com um sorriso bobo no rosto:

-Está tudo bem, amor?

-Está tudo ótimo!  -Ele veio e me abraçou-

-É verdade que você está grávida? –Ele perguntou parando de me abraçar e olhando nos meus olhos-   

-Como sabe?

-Você acabou de me confirmar! Eu realmente vou ser papai? –Ele perguntou com o sorriso mais lindo do mundo-

-Sim, vai! –Eu dei um beijo nele-

Ele me abraçou forte e eu pude sentir lágrimas em meus ombros, não me importei e logo retribui o abraço

-Isis, você não sabe o quanto eu queria isso! –Ele disse ainda me abraçando-


Notas Finais


Eee, espero que tenham gostado dessa notícia maravilhosa! Beijões!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...