História Apaixonadamente Nerd - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amizade, Amor, Colegial, Originais, Romande
Exibições 29
Palavras 369
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpem-me os erros de ortografia!

Capítulo 1 - Amor à primeira vista


Fanfic / Fanfiction Apaixonadamente Nerd - Capítulo 1 - Amor à primeira vista

Oi sou Lisa e vou contar a vcs a historia do meu 1 amor e foi assim:

Eu estava sentada no banco da escola, quando meus livros caíram. De repente, nós nos ajoelhamos e ele me ajudou a pegá-los:

–O-oi...— eu disse, envergonhada

– Oi nunca te vi por aqui . — ele respondeu.

–É...Eu nunca fui notada.- peguei meus livros e saí correndo, tive a impressão de ficar com as bochechas vermelhas.

Ele ficou me olhando correr.

-Como eu nunca a notei?- ele saiu, pensativo.

Fiquei a noite toda pensando nisso.

No outro dia, nos encontramos na sala de aula. Parecia que ele nunca tinha reparado q aquele lugar era ocupado.

Ele ficava me olhando a cada 5 segundos, o que me deixava um pouco constrangida, pois eu era só uma nerd, e ele um galã de cinema. Toda hora sentia a necessidade de retocar a maquiagem ou arrumar o cabelo (coisas que NUNCA dei muita importância).

Na hora do intervalo, ele me achou no pátio.

—O-oi...- ele falou, e tive a leve impressão de ter ficado incomodado por ter gaguejado.

– O-oi... - falei, forçando um risinho sem graça e com a impressão de ter ficado vermelha como tomates maduros.

–Como você se chama? - ele perguntou, mas eu não entendi porquê queria tanto ficar comigo.

– Liana. E você é...?

– Ah, des - desculpe... Meu nome é Bernardo, mas me chame de Ben. Muito prazer, "senhorita Liana".

Fiquei com muita vergonha, então soltei:

– O prazer é meu. Mas porquê você me persegue???

– Ele reponde para mim com uma cara irônica:

_Curiosidade

_Ta...ta bom mas de que?

_De saber sobre vc , quanto tempo está na escola?

_Tr...três anos. –Saí correndo, deixando-o plantado no meio do pátio.

O rosto dele não saía da minha cabeça. Aqueles olhos negros como a noite, que brilhavam como a lua, aquela pele macia como a de um bebê, a boca encantadora que me dava vontade de roubar um beijo, aquele corpo atlético...

Eu não parava de ouvir aquela voz doce.

Foi então que o sinal tocou e eu caí na real. A aula havia acabado, e eu não tinha prestado atenção em nada!

Agora eu só precisava estudar para a prova. Porém "alguém" não me deixava concentrar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...