História Apaixonado - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 4
Palavras 423
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Capitulo único


Pra ser bem franco, eu não sei o que eu vi em você. Uma mistura louca de menina e mulher que adora me tirar do sério. Você é teimosa, faz birra, faz drama, adora ser “do contra” e implicar comigo. Quando vê que eu realmente fiquei bravo, você pára e me olha com aquela cara que só você sabe fazer e diz: “Você não tá me levando a sério né?!” E eu não consigo ficar bravo mesmo que de brincadeira com você, porque seu olhar me desmonta.
Você me deixa maluco. Se eu não mudar o assunto, você fala por horas sobre o seu trabalho, mas me admira você fazer algo que ama. Você é mulher quando diz que não pode me encontrar porque tem que trabalhar. Quando diz pra passar aí rapidinho porque fez nosso jantar. Quando diz que não importa o tempo, a distância ou nossos estilos de vida, o que tiver que ser, será.
Você é menina. Quando te olho você se esquiva, se esconde, desvia o olhar. É tímida. Posso apostar que lendo isso agora deu aquele sorrisinho que eu adoro. Você é menina quando diz que tem medo de dirigir, mas te acho incrível por enfrentar este medo todos os dias. Ou enfrentar seu medo de avião. Ou de tubarão quando eu te convido para um mergulho no mar.
Você topa todas as minhas loucuras e talvez seja por isso que eu acho você mais maluca do que eu mas preciso confessar que amo isso em você. Você não me pergunta para onde nós vamos, você confia em mim e me deixa te levar para os meus lugares secretos. Você é incrível por isso. E quando a gente demora um pouquinho para chegar, você olha pra mim e diz: “Você sabe aonde estamos?” E eu mesmo que não saiba, te respondo que sim. E você cai na risada porque me conhece e sabe que me perdi.
Você é uma mistura boa e o equilíbrio perfeito de menina e mulher. Sei que dou risada quando você chora assistindo um filme, mas no fundo me encanto pela sua sensibilidade. Sei que as vezes tenho medo quando você precisa resolver seus problemas e compromissos sozinha, mas me admiro ver você assim, crescida. Tão diferente da época em que te conheci.
A verdade é que eu não sei exatamente o que vi nesse mar de qualidades e características tão surpreendentes e por isso não sei dizer uma única coisa que vi em você. Você é essa mistura de timidez com loucura que me ganha todos os dias.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...