História Apaixonado Pela Morte


Escrita por: ~


Sinopse:
De tempos em tempos a Morte se torna humana para lembrar da importância de seu trabalho. História de um mortal que conhece a morte e as consequências desse encontro em sua vida.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Mortal, Morte, Vivo
Exibições 103
Comentários 7
Palavras 1.886
Terminada Sim

Fanfic / Fanfiction Apaixonado Pela Morte
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Misticismo, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Capítulo Único
7
103
1.886

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~ElisingerK
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: ~ElisingerK
Usuário
Olha, Rick (outro apelido, rsrs)... Quando eu lí o título dessa one, eu pensei "que é isso?",
Comecei a ficar com certo medo de lê-la, pois não me sinto bem, as vezes, com coisas assim.
Eu também fiquei um pouco triste, imaginando como você foi capaz de pensar em algo assim e
escrever, tonar público! (o poblema não é pensar, pois todos nós temos pensamentos estranhos,
a situação muda quando tornamos o pensamento audível e visível). Eu sei que estava sendo injusta
pensando assim só por causa do título. Me desculpa tá?

Você compreende né? Eu não estava julgando com maldade, só me passou na cabeça esse monte
de coisa (acredito que todo ser humano faz isso...) Mas, a parte positiva é que não
sou de ficar só na superfície, especulando e impondo um rótulo sem antes conhecer pelo
menos um pouco, já estava decidida a ler!

No início da leitura fiquei apreenssiva, tipo esperando o pior, entende?
Temendo como seria o fim, mas você me surpreendeu!
Eu não ví coisas feias e horripilantes (que era o que parte de mim imaginava encontrar),
na verdade fiquei super aiviada com o fato de o personagem sequer saber que aquela garota
era a "morte"! Pra ele foi tudo normal, na inocência.

E mais, enquanto ia lendo o pensamento dele - que é o SEU pensamento, ainda
que de forma indireta - eu reforcei a minha teoria de que quanto mais algo nos atrai, mais
chance há de que - esse algo - envolva mistérios e segredos perigosos - ou não.
Todos sabemos que a maldade possui um certo charme, por isso muitas pessoas são atraídas
por ela e caem na sua armadilha. Concorda?

Então, vou falar da sua one, que é o que interessa aqui (e não meus raciocínios que são
melhores guardados só pra mim...)

Eu gostei! Ainda assustada com o título, mas gostei.

Minha imaginação voou por tantos lugares, lendo essa sua fic!E como eu gosto quando isso
me acontece ao ler algo (sendo sincera mesmo, tudo que você escreve - que eu já tive o
prazer de ler, me faz ter essas sensações de felicidade. Me fazem pensar bastante e aí
descubro mundos desconhecidos até então. Obrigada, Henti, por existir e escrever!)

--> Hey, quem é o irmão da garota???? <--
Postado por ~DonzelaVamp
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: ~DonzelaVamp
Usuário
Você já me ganhou pelo título morte e paixão juntos pareceu uma combinação inusitada. Sua escrita é maravilhosa, leve e descreve os detalhes certos, não sobrecarrega o leitor com informações. Ao mesmo tempo que o personagem sente se cativado por ela, você conseguiu fazer com que eu tivesse a mesma curiosidade sobre a garota misteriosa. Deixou várias perguntas sem respostas e isso me fez querer mais e mais do seu conto. No fim deixou me com um misto de tristeza pelo personagem e curiosidade sobre a morte. Adorei conhecer sua escrita, gostei muito de como explora o mundo das palavras. Estou ansiosa para ler seus outros textos.
Postado por ~NowhereGirl_
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: ~NowhereGirl_
Usuário
Não sei bem o que dizer em relação à isso. Normalmente eu digo o quanto apreciei a leitura, mas nesse caso é diferente, eu não apreciei, eu vivi. Acho que mesmo com tantos comentários meus em histórias, nunca cheguei a adorar uma como adorei essa. Muitas vezes chamei pela morte como se ela fosse me ouvir e, num ato de piedade, me levasse junto a si. De qualquer forma, todos iremos direto para seus braços no final. Não sei porque revelo isso, talvez por sentir a necessidade de compartilhar com alguém. Mas o que quero dizer é: você, com sua história, conseguiu me tocar profundamente. Amei! Tão sombriamente intensa... Sua escrita é maravilhosa, nos prende, nos vicia. Agradeço por ter me proporcionado essa leitura.
Postado por ~Starlet_Blue
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: ~Starlet_Blue
Usuário
Naum moço, está errado U.u

Olá, ~Henti!
Nheeé, quem é vivo sempre aparece (parece ironia falar isso depois da fic, mas você me entendeu -q )
Okay... agora vamos a mais um comentário (perca de tempo, aviso).


Gostei muito dessa OneShot, seu tema é diferenciado e atrativo. E sim, é uma boa história para refletir.
Já li várias fanfics que falam sobre morte, não especificamente, mas que envolvem todo o assunto. Adoro elas =) - continuo com gostos estranhos, somente ignore.

Até agora, nenhuma delas me chamou atenção igual a sua.
Assim como as outras, mostrou o medo que as pessoas tem da morte - não que o rapaz demonstrou ter medo dela, digo isso pelo mesmo ter dito -, que não gostam dela por levar nossos amigos e familiares, por não saber o que nos aguarda depois da morte... enfim. Mas também consta seu lado bom.

Poucas pessoas podem ter pensado nisso, (ou não) e é bom ver que algumas delas têm essa noção e compartilham suas ideias.
Até porque, já pensou como seria? (lógico que sim Dy, caso contrário ele nem teria escrito isso :v)

Tá bom, beleza.
A única coisa que acho estranho é que a Morte, é a única que não morre, sendo assim, "vivendo" para sempre pelo simples motivo de não estar viva.
Vivendo não seria a palavra certa... Ela simplismente existe, mesmo não tendo uma existência humana. Tipo, a morte sempre existiu e sempre vai existir, mas ela não é viva, mas sempre irá existir porque está morta. Cara eu acho muito irônico isso =\/

ESQUECE O QUE EU DISSE!
deixe isso de lado, eu sei, devo ter algum problema .-.

O que achei legal também, foi essa paixão pela Morte.
Já li sim esse 'lance de ter um certo tempo entre os viventes, podendo então ter as mesmas sensações que eles e tals... (varia das ideias dos autores, mas como sabe, faço ligações que até eu mesma não compreendo) mas que não poderiam ter um vínculo muito forte com eles, e na sua teve! Cara, muito legal isso =) show 😎

E o mais curioso também, é que ele não entendeu o que ela quis lhe dizer. Lógico que foi confuso, seria para qualquer um. Alguém aparece do nada, chama muito sua atenção, com conversas estranhas se colocando sempre como se não fosse um vivente. Confuso, claro!
Ah, mas sei lá rs

Algo que realmente me chamou atenção:
"- Sim, se você me conhece, provavelmente é de seu nascimento."
Oi??? A mãe do garoto morreu no parto ou o que? Sério não entendi ;-;

Irônico também é que o rapaz, já senhor, quer continuar vivendo para ter o tão sonhado e aguardado reencontro.
Quando li 104 anos, pensei: "Meu Deus, seu vampiro! Velhinho forte cara, eu com 15 já peço seis para meia dúzia" -qqq
Outra coisa chata deve ser vampiro. Ver todos seus amigos e familiares morrendo e você vai ficar ali, pra semente, pra sempre, criando pó e... parei.

Enfim. Gostei muito de sua história, não desmerecendo a outra que também gostei, apesar de ter sido um pouco confusa pra mim, sua escrita curiosa me atrai bastante. Sou curiosa, fazer o quê?
Sobre essa, a ideia foi ótima, a OneShot ficou ótima e, quando decidir fazer isso novamente, avisa tá? rs
Perfeito como sempre! E como quase sempre, o que mais me impressiona são as Notas Finais, não sei porque '-' rs
Adorei.
Até breve!
Postado por ~Al_
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: ~Al_
Usuário
Sua escrita é bastante curiosa e muito bem detalhada,a cada palavra lida me dava vontade de ler mais e mais,confesso que fiquei triste quando estava no final do capítulo,me dava uma vontade de ler mais é mais era uma vontade incansável de ler mais capítulos como esses,capítulos sentimentais que expressão no leitor o desejo de querer mais!Parabéns por esse capítulo maravilhoso e essa escrita muito bem detalhada!